14 Suplementos para um sistema imune forte

14 Suplementos para um sistema imune forte

Conheça os 14 Suplementos para ter um sistema imune forte!

O que é importante para o bom funcionamento do nosso sistema imunológico?

Uma boa nutrição é um dos fatores que determina uma boa resposta imune.

A resposta imunológica pode ser mais fraca em pessoas mais velhas – principalmente aquelas que são frágeis – em obesos ou naqueles que estão desnutridos e/ou têm baixa ingestão de micronutrientes.

Estas deficiências nutricionais aumentam a suscetibilidade à infecção e permitem que infecções se tornem mais graves, até mesmo fatais.

Se pensarmos na atual pandemia de Covid19, veremos esta relação bem clara, visto que pessoas mais velhas ou obesas tiveram maior risco de desfechos mais graves.

Há também diversos estudos de micronutrientes individuais, incluindo vitamina D e zinco, que relacionaram a sua deficiência com um maior risco de gravidade da doença.

Uma boa nutrição também é essencial na promoção de uma microbiota intestinal diversificada, que por sua vez suporta e ajuda a ter um sistema imune forte.

As bactérias no trato gastrointestinal desempenham um papel importante na nossa defesa imunológica, criando uma barreira contra a colonização por patógenos e através da produção de ácido láctico e proteínas antimicrobianas que podem inibir diretamente o crescimento de patógenos.

Organismos probióticos, particularmente alguns lactobacilos e bifidobactérias, podem ser usados para apoiar a nossa imunidade.

Um grande número de estudos tem comprovado a influência positiva de vários organismos probióticos, sozinhos ou em combinação, sobre função imunológica e infecção em seres humanos.

Quais são as vitaminas e micronutrientes que nos ajudam a ter um sistema imune forte?

01 – Vitamina D3

É um pró-hormônio produzido pelo nosso corpo por meio da exposição solar, sendo vital para uma boa resposta imunológica.

A deficiência desta vitamina está associada ao aumento da suscetibilidade à infecção.

Vários estudos atuais correlacionaram a deficiência de vitamina D com desfechos mais graves de Covid19.

Assista essa Live completa e saiba tudo sobre Vitamina D – Dr. Alain entrevista Dr. Cícero Galli Coimbra

02 – Zinco

Ajuda a manter seu sistema imunológico forte e reduz o estresse oxidativo.

Como ele é necessário para a função das células imunes e a sinalização celular, uma deficiência pode levar a uma resposta imune enfraquecida.

Assista meu vídeo 6 sinais estranhos de deficiência de zinco

03 – Selênio

O Selênio desempenha um papel importante na saúde do seu sistema imunológico, ajudando a diminuir o estresse oxidativo, reduzindo a inflamação e aumentando a imunidade.

Estudos demonstraram que o aumento dos níveis sanguíneos de selênio está associado a uma resposta imune mais aprimorada e um sistema imune forte.

04 – Vitamina C

A vitamina C Contribui para o seu sistema de defesa imunológica, suportando múltiplas funções celulares.

Sendo um antioxidante, também pode combater radicais livres no corpo, diminuindo assim a inflamação, protegendo contra o estresse oxidativo e aumentando a imunidade.

Suporta a produção de anticorpos, a função de neutrófilos, monócitos e macrófagos, incluindo fagocitose, suporta a atividade das células NK (Natural Killer) que são células de defesa do sistema imune que tem a função de reconhecer as células estranhas ao organismo, células infectadas por vírus ou com algum tipo de alteração.

Foi e está sendo usada tanto no tratamento profilático quanto no tratamento coadjuvante de Covid19.

Assista meu vídeo Conheça 6 mitos sobre a vitamina C que podem estar prejudicando sua saúde.

05 – Vitamina E

É encontrada em maior concentração em células imunes em comparação com outras células no sangue, sendo um dos nutrientes mais eficazes conhecidos por modular a função imunológica tendo relevância clínica, pois afeta a nossa suscetibilidade a doenças infecciosas.

Ela também suporta a função a produção de anticorpos. Estudos revelaram que a deficiência desta vitamina prejudica as funções normais do sistema imunológico em animais e humanos.

Assista meus dois vídeos Conheça a Verdade sobre a Vitamina E – Família dos tocotrienóisConheça a Verdade sobre a Vitamina E – Família dos tocoferóis.

06 – Vitamina A

É conhecida como uma vitamina anti-inflamatória devido ao seu papel crítico no aumento da função imunológica, estando envolvida no desenvolvimento de um sistema imune forte e desempenhando papéis regulatórios nas respostas imunes celulares, tendo demonstrado um efeito terapêutico no tratamento de várias doenças infecciosas.

Ela regula o número e a função das células NK (Natural Killer) e suporta atividade fagocíticas e oxidativas de macrófagos.

07 – Cobre

A deficiência e a baixa ingestão de cobre podem resultar em neutropenia, que é uma condição em que há poucos neutrófilos, um tipo de glóbulo branco.

Eles, da mesma forma que outros glóbulos brancos, são produzidos por células-tronco em sua medula óssea.

Mas se suas células-tronco não produzirem o suficiente, seu sistema imunológico pode ficar fraco, colocando-o mais em risco de infecção bacteriana.

Como o cobre promove a produção de neutrófilos e tem propriedades antibacterianas, manter os níveis de cobre do seu corpo é vital para manter seu sistema imune forte.

Assista meu vídeo Zinco e cobre – Como equilibrar?

08 – Ferro

Vários estudos recentes mostram que o ferro é um elemento fundamental para o desenvolvimento normal do sistema imunológico.

Sua deficiência afeta a capacidade de ter uma resposta imune adequada, pois ele é necessário para a proliferação e maturação de células imunes, particularmente linfócitos, associados à geração de uma resposta específica à infecção.

Níveis baixos de ferro, assim como níveis muito altos, podem prejudicar o sistema imunológico.

Assista meu vídeo A importância de checar os níveis de ferro no organismo. Entenda a ferritina.

09 – Magnésio

O magnésio é peça-chave para o funcionamento de várias engrenagens do organismo. Ele está envolvido em mais de 300 reações bioquímicas no corpo.

O magnésio é um grande aliado do desenvolvimento celular com várias funções importantíssimas, como:

  1. Sua estabilidade elétrica;
  2. A manutenção da sua membrana;
  3. E a permeabilidade da célula.

Essa última função é primordial para a respiração celular, selecionando a entrada de do que é importante para ela e dispensando substâncias desnecessárias e perigosas.

E tem uma forte relação com o sistema imunológico, tanto na resposta imune não específica quanto na específica (resposta imune inata e adquirida).

Assista meu vídeo Cinco sintomas da deficiência de magnésio

10 – Vitaminas do Complexo B

A vitamina B6 (piridoxina) é vital para o desenvolvimento cerebral normal e para manter o sistema imunológico e o sistema nervoso funcionando corretamente.

Ela está envolvida em mais de 100 reações enzimáticas nas células do nosso corpo, ajudando-nos a metabolizar aminoácidos da alimentação e a construir novos glóbulos vermelhos.

Ela também ajuda no suporte da atividade das células NK (Natural Killer).

A vitamina B12 desempenha um papel significativo na função nervosa, na formação de glóbulos vermelhos e na produção de DNA, essencial para construir células sanguíneas e manter células nervosas saudáveis no corpo.

Ela também é um Co-fator importante para a microbiota intestinal. para a produção de anticorpos e suporte a função das células NK.

A deficiência de vitamina B1 (tiamina) não apenas causa disfunção mitocondrial, mas também resulta em estresse oxidativo, que é um gatilho para a perpetuação de doenças autoimunes.

Ela também foi usada como tratamento coadjuvante em pacientes com Covid19, ajudando a reduzir a mortalidade de pacientes na UTI e complicações decorrentes da internação (trombose).

Assista meu vídeo Porque usar Vitamina B1 (tiamina) na pandemia?

A vitamina B9 (ácido fólico) desempenha um papel crucial no equilíbrio saudável do sistema imunológico.

Níveis inadequados de ácido fólico podem alterar drasticamente a resposta imune. também é importante para a produção de anticorpos e suporte a função das células NK.

11 – Vitamina K

Desempenha papéis-chave em diferentes funções fisiológicas, como coagulação sanguínea, metabolismo ósseo e regulação de alguns sistemas enzimáticos.

Também pode atuar como um cofator para algumas proteínas plasmáticas, afetando assim respostas imunes e inflamatórias particularmente mediadas por células T.

Estudos encontraram ligações entre níveis de vitamina K e doenças, incluindo doenças inflamatórias e câncer.

Coagulopatia e tromboembolismo são prevalentes em COVID-19 grave e esses fatores estão associados à redução da sobrevida.

A coagulação é um equilíbrio fundamental entre os processos de promoção e dissolução de coágulos nos quais a vitamina K desempenha um papel essencial.

12 – Quercetina

A quercetina é um dos flavonoides mais abundantes na natureza e também dos mais estudados. Ele possui um papel muito importante no combate dos radicais livres, efeitos do envelhecimento e da inflamação.

Além disso, tem ação antiviral, antimicrobiana, e antialérgica. Pode beneficiar também a saúde do coração e dos vasos sanguíneos.

Em estudos, a quercetina reduziu marcadores de inflamação em células humanas, incluindo as moléculas fator de necrose tumoral alfa (TNFα) e interleucina-6 (IL-6).

De acordo com estudos, a quercetina também estabiliza os mastócitos e tem um efeito regulador direto nas propriedades funcionais básicas das células do sistema imunológico.

Um dos atributos mais bem estudados da quercetina é sua capacidade antiviral, atribuída a três mecanismos principais de ação:

  1. Inibir a capacidade do vírus de infectar células;
  2. Inibir a replicação de células já infectadas;
  3. Reduzir a resistência das células já infectadas ao tratamento com outros medicamentos.

Assista meu vídeo Quercetina – O flavonoide top contra o câncer

13 – Ômega 3

Vários estudos têm demonstrado efeitos benéficos da suplementação dos Ômegas-3 para a ter um sistema imune forte e na capacidade anti-inflamatória.

Essa função é atribuída à incorporação dessas gorduras do bem na composição das membranas celulares, inclusive das células imunes.

Estudos sugerem que a suplementação de Ômegas-3 é capaz de equilibrar as respostas inflamatórias, contribuindo para que não se tornem exacerbadas e também que o óleo de peixe rico em DHA aumenta a atividade dos glóbulos brancos.

Assista meu vídeo sobre 15 sinais de que seu corpo está com falta de ômega 3

14 – Própolis

O própolis tem a capacidade de ajudar a fortalece a imunidade, além de suas conhecidas atividades contra vírus, bactérias e fungos.

Estudos mostraram a participação do própolis no sistema imunológico.

Suas substâncias promovem maior ativação das células de defesa, favorecendo o reconhecimento e a destruição dos patógenos.

Conclusão: Tenha um sistema imune forte!

Nunca a evidência de que um sistema imune forte – obtido através de uma boa alimentação e/ou suplementação com indicação médica – é essencial para nos proteger de doenças foi tão forte quanto durante a pandemia atual.

Converse com o seu médico e veja como você pode melhorar a sua alimentação ou ingestão de vitaminas para fortalecer as suas defesas.

MATERIAIS EXTRAS

VÍDEO – Descubra como melhorar o sistema imune em 3 dias

VÍDEO – Conheça os dois tipos de defesa TH1 e TH2 e sua importância para doenças autoimunes

VÍDEO – Perguntas e Respostas Sobre Imunidade

ARTIGOS

  1. LDN Naltrexona em baixas doses trata doenças autoimunes e câncer
  2. Cravo da índia – Auxilia a digestão e melhora o sistema imune

REFERÊNCIAS

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Multivitamínicos e minerais – Dicas para otimizar a absorção

Multivitamínicos e minerais - Dicas para otimizar a absorção Vamos falar a respeito dos melhores horários e esquemas para uso de multivitamínicos e minerais. Para otimizar...

Polifarmácia e depressão

Polifarmácia e depressão Não posso deixar de abordar esse tema, a "Polifarmácia", pois cada dia recebo mais e mais pacientes no consultório com quadros de...

Vitamina B6 – Sintomas de sua falta e do seu excesso

Vitamina B6 sintomas de sua Falta e do seu excesso Você sabia que o excesso de vitamina B6 pode ser tão prejudicial quanto a sua...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect