COVID-19 e Vitamina D – Resposta do sistema imune

A vitamina D pode modular as respostas imunes inatas e adaptativas! Leia nesse artigo algumas relações entre o COVID-19 e Vitamina D e a resposta imune.

Efeitos no corpo do COVID-19

A medida que aprendemos mais sobre o coronavírus, também aprendemos as várias maneiras que ele pode afetar o corpo – não apenas pode prejudicar os pulmões, mas também o coração, os rins e o fígado.

Pode causar problemas digestivos, aumentar o risco de coágulos sanguíneos. Alguns acabam com erupções cutâneas, outros sofrem fadiga implacável.

E há aqueles que nem sabiam que tinham ou que ficam com sintomas muito leves e sem consequências.

COVID-19 e Vitamina D – Papel do sistema imunológico

O sistema imunológico atua como nossas forças armadas, protegendo-nos de invasores prejudiciais.

Quando funciona adequadamente, somos resistentes a infecções como o resfriado comum, por exemplo.

Muitas pessoas relatam que após aumentarem os níveis de vitamina D no sangue, nunca mais ficaram gripadas, ou diminuíram o número de vezes que pegaram um resfriado ou infecção.

A vitamina D pode modular as respostas imunes inatas e adaptativas!

COVID-19 e Vitamina D – Vamos entender melhor sobre o sistema imune

COVID-19 sequestra nossas células

Quando o COVID-19 entra no corpo, ele se liga às nossas células, “as sequestra” e depois cria cópia de si mesmo (se replica) para invadir ainda mais células.

Nosso sistema imunológico entra em ação para tentar impedir isso. Primeiro, ele envia sua defesa de linha de frente – a resposta imune inata – para lidar com o invasor.

Como parte dessa resposta inicial, são liberadas proteínas inflamatórias chamadas “interferons”, que possuem funções antivirais.

O objetivo é interromper o vírus!

Enquanto o sistema imunológico inato está tentando combater o vírus, ele também “conversa” com a resposta imune “adaptativa” mais específica.

Esta é a solução personalizada do seu corpo para lidar com o COVID-19 e envolve a liberação de células B, que produzem anticorpos, bem como células T, que matam células infectadas.

Isso pode levar uma semana para começar a combater.

“Tempestade de citocinas”

COVID-19 e Vitamina D - Tempestade de citocinas

Se suas defesas não estão funcionando bem, se não dão conta e o sistema imunológico falha, começa uma reação inflamatória e são liberados altos níveis de citocinas que geralmente dizem ao corpo para ativar a inflamação para tentar conter o vírus.

Mas os altos níveis podem resultar em algo chamado “tempestade de citocinas” – onde a inflamação ocorre e o líquido se acumula no corpo, e o sistema imunológico começa a atacar tecidos saudáveis.

Isso pode resultar em:

  • Vias aéreas bloqueadas;
  • Órgãos sobrecarregados;
  • Potencialmente levar à falência de vários órgãos;
  • E morte.

Então, porque sempre repito aqui que o importante é estar com sua defesa de linha de frente funcionando bem?

Para não chegar ao processo inflamatório e potencialmente perigoso!

E manter suas defesas preparadas sempre, pode ser feito com prevenção.

O que mais abala nossas defesas para que não funcionem bem?

01 – Saúde intestinal comprometida

COVID-19 e Vitamina D- Saúde intestinal comprometida

As bactérias do nosso intestino não apenas mantêm o sistema imunológico sob controle durante os períodos de saúde, mas também ajudam a controlar a defesa imunológica contra patógenos invasores, por exemplo, estimulando a produção de anticorpos contra o microrganismo estranho.

Um microbioma intestinal saudável é fundamental para o desenvolvimento da imunidade adequada, modulando quase todos os aspectos do sistema imunológico adaptativo e até mesmo parte do sistema imunológico inato.

02 – Falta de Vitamina D

COVID-19 e a falta d Vitamina D

A falta de vitamina D é a peça fundamental que vai agravar o funcionamento adequado das suas defesas.

Nossas células imunológicas contêm receptores para a vitamina D.

Há evidências de que os humanos precisam de vitamina D suficiente para que os macrófagos, glóbulos brancos que atacam patógenos, façam seu trabalho corretamente.

Os benefícios da vitamina D podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico, diminuindo a capacidade de alguns vírus se replicarem.

Além de atuar nas defesas, foi demonstrado que a vitamina D beneficia a função imunológica geral de várias maneiras, inclusive impedindo respostas inflamatórias prolongadas ou excessivas.

Ela também pode ser importante para ajudar a controlar a “tempestade de citocinas”.

Foi demonstrado em estudos anteriores que ela melhora a expressão de uma enzima chamada ACE2, que consegue proteger contra lesões pulmonares agudas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.