Bolsas nos olhos – Aprenda a se livrar delas de maneira fácil e natural

Bolsas nos olhos – Aprenda a se livrar delas de maneira fácil e natural

Nesse artigo você vai conhecer em poucos minutos, as verdadeiras causas de bolsas nos olhos e olheiras e como prevenir e eliminar.

Assista ao vídeo ou leia o artigo

Oi pessoal, infelizmente aquela rodelas de pepinos que você vê em filmes e mesmo muitos cremes de beleza por aí não funcionam no longo prazo.

É importante que você saiba quais são as causas e como lidar com as bolsas nos olhos e olheiras.

Causas de bolsas nos olhos

É basicamente um problema interno, que tem haver com os rins e o fígado.

Esses dois órgãos trabalham em conjunto, mas frequentemente o problema começa nos rins.

01 – Evite a sobrecarga de proteínas

Sobrecarga de proteínas

Como você já sabe, os rins filtram nosso sangue das impurezas e das substâncias que não mais tem serventia no organismo.

Uma das coisas que pode sobrecarregar os rins é muita proteína sem a contrapartida dos vegetais.

É importante associar as duas coisas, porque muita proteína vira muito ácido úrico e muita amônia, que podem formar cristais nos seus rins e virar pedras.

Além disso os rins precisam dos minerais dos vegetais para funcionar bem, especialmente potássio e magnésio, que ajudam a evitar a formação de pedras e melhoram a ação do órgão.

Comer de 7 a 10 porções ou xícaras de vegetais ao dia são essenciais para evitar e tratar as bolsas nos olhos.

Equilíbrio entre sódio e potássio

É necessário um equilíbrio de sódio e potássio no corpo para evitar as bolsas nos olhos.

E a grande maioria das pessoas ingere muito mais sódio do que potássio. Esse excesso e desequilíbrio de sódio leva a retenção de líquido e inchaços.

O potássio vai ajudar a eliminar o excesso de sódio e para isso precisamos quatro vezes mais potássio do que sódio no corpo.

Pessoas que não comem vegetais vão ter inchaço nos tornozelos, bolsas nos olhos, e retenção de fluidos em geral.

Então você vai precisar de 4,7 gramas de potássio por dia, 7 a 10 xícaras de vegetais e folhas por dia.

Potássio sobrecarrega os rins?

E é importante esclarecer aqui que muita gente tem medo de ingerir potássio pois supostamente vai sobrecarregar os rins.

Mas na verdade esse fato só é válido para pessoas com insuficiência renal com necessidade de diálise.

Pessoas normais vão evitar danos nos rins comendo vegetais ricos em potássio.

02 – Excesso de consumo de álcool

Bolsa nos olhos e excesso de álcool

Outra causa de bolsas nos olhos, além de muito sódio e pouco potássio e excesso de proteínas animais com falta de vegetais é o excesso de consumo de álcool.

O álcool bagunça com seus rins, e também com seu fígado.

Então muito importante controlar a quantidade de álcool ingerida, não tomar mais de uma taça de vinho por dia, melhor mesmo é só ingerir 2 ou 3 tacas por semana.

03 – Aumento prostático

Aumento Prostático

Também temos o aumento prostático, o aumento dessa glândula dos homens também atrapalha o esvaziamento da bexiga e isso pode a longo prazo atrapalhar o funcionamento dos rins.

A próstata apertando a bexiga atrapalha o esvaziamento além de reduzir a capacidade de armazenamento desse órgão.

Isso sobrecarrega os rins, diminui a capacidade de filtragem deles e causa inchaços no corpo, incluindo as bolsas nos olhos.

04 – Glutamato monossódico

Bolsa nos olhos e glutamato monossódico

Outra causa é o glutamato monossódico.

Esse realçador de sabor é usado já há muitos anos na indústria de alimentos desde que pesquisadores japoneses descobriram que ele estimula os receptores umami da língua.

Isso faz com que os alimentos fiquem bem mais interessantes, e a indústria usa e abusa dele para vender mais.

Além de ser tóxico para seus neurônios, o glutamato faz você reter líquidos.

Se não bastasse isso, ele também causa picos de insulina, que também é inflamatório e ajuda no inchaço.

05 – Resistência insulínica

Bolsa nos olhos e resistência insulínica

Quando o açúcar está aumentado no sangue, isso cria bolsas nos olhos, afinal o açúcar puxa água.

Então a resistência insulínica, a pre diabetes e própria diabetes, tudo isso aumenta a quantidade de açúcar e de insulina, que são inflamatórios e puxam água para os tecidos, dando inchaço em tornozelos, pés, mãos e bolsas nos olhos.

Como tratar as bolsas no olhos?

01 – Dieta Low Carb

A saída para isso é uma dieta low carb rica em vegetais e gorduras saudáveis e com quantidade moderada de proteínas.

Cortar:

02 – Dormir bem

Dormir bem é muito importante, pelo menos 7 horas por dia, para evitar as bolsas nos olhos e olheiras.

Comer até 3 horas antes e desligar as luzes até uma hora antes de dormir.

Tomar um banho relaxante, ficar longe de telas acesas, e usar óleo essencial de lavanda em um ambiente escuro antes de dormir ajudam muito.

03 – Tratar alergias

Tratar e prevenir alergias ajudam muito também, tanto as respiratórias quanto as alimentares.

04 – Beba água

Beber oito copos de água por dia, também faz parte de uma rotina de saúde e vai ajudar seus rins trabalharem melhor, com exceção das pessoas que já estão em franca insuficiência renal ou do coração, nesse caso é necessário restrição de líquidos.

05 – Cuidado com o sal refinado

Cuidado com o sal refinado comum de cozinha, como já falamos o sódio em excesso vai fazer mal para seus rins.

Prefira o sal marinho integral, o sal rosa, o celta e o negro, entre outros.

Essas variedades de sal integral vão te dar cerca de 70 minerais e equilibrar as coisas no seu corpo.

06 – Compressa fria

Use uma compressa fria. Você pode reduzir o inchaço dos olhos colocando um pano úmido frio nas pálpebras por cerca de 10 minutos.

Isso pode ajudar a drenar o excesso de líquido sob os olhos.

Uma compressa gelada de saquinhos de chá verde ou preto também podem ajudar bastante.

O chá contém antioxidantes e cafeína que podem reduzir a inflamação e contrair os vasos sanguíneos.

07 – Cremes naturais

Creme para olhos naturais com camomila, pepino e arnica podem ajudar.

Lembrando que sozinho não fazem milagres e precisam ser associados a alimentação anti-inflamatória discutida nesse artigo.

Cirurgias

Em último caso temos as cirurgias estéticas.

Devem ser reservadas como última opção se as outras opções não foram suficientes. Um tipo de cirurgia é a blefaroplastia, que é a plástica da pálpebra.

Durante esse procedimento, o médico remove o excesso de gordura, músculo e pele da pálpebra.

Outras opções são tratamentos a base de laser ou peelings químicos.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O que é Alergia e Rinite Alérgica?

O que é Alergia e Rinite Alérgica? A principal função do nosso sistema imunológico é nos proteger de antígenos (substâncias estranhas ao organismo que desencadeiam...

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária - 6 tipos mais comuns e tratamentos A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os...

Hormônios e ligação com Artrite

Hormônios e ligação com Artrite As doenças autoimunes são mais comuns em mulheres do que em homens e as condições inflamatórias autoimunes artríticas têm tendência...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect