Seria o óleo de coco um veneno ? Conheça a chocante verdade

  • Você vai aprender a verdade sobre o óleo de coco, tudo isso muito bem substanciado. Então vou falar em linguagem bem simples e para quem quiser se aprofundar mais vai ter os links dos estudos. Será que o óleo de coco faz mal a você ? 
  • Tudo o que vou falar aqui é apenas a minha opinião pessoal, mas embasada por muito estudo e evidências científicas. Ouça todos os pontos de vista e formule a sua própria opinião, ok ? Muita gente fica preocupada, existem por aí instituições oficiais de nutrição e sociedades médicas falando mal do óleo de coco. Dentro do Brasil não vou falar para não ter problemas, porque já comecei a ter, mas eu posso falar aqui das instituições americanas que tem as suas falas reproduzidas aqui no nosso país. A Associação Americana de Cardiologia e algumas autoridades de Harvard estão falando que o óleo de coco é veneno. Eles se baseiam principalmente no fato de ser gordura saturada. Mas vamos falar a respeito da história do óleo de coco, dos estudos publicados e também dos povos do Mundo que usam esse produto.
  • Tanto aqui como nos EUA as sociedades médicas oficiais recebem patrocínio de industria de alimentos. A AHA (Sociedade Americana de cardiologia) tem um histórico de aprovar e desaprovar alimentos de acordo com as suas necessidades financeiras. Já aprovaram no passado o óleo Crisco e hoje desaprovam. Mas continuam aprovando vários alimentos industrializados cheios de aditivos, gorduras artificiais e carbos refinados. Então existe esse risco de ter uma organização que se posiciona como uma autoridade e que tem um monte de dinheiro de financiamento de empresas e te dando informações falsas baseadas em quem financia ou não. Isso tem acontecido com médicos também. Muitos por aí tem falado que médicos que recomendam alimentos e produtos naturais são picaretas e que os médicos “reais” são aqueles que passam fármacos ou drogas sintéticas. Gravei recentemente um vídeo falando mais sobre porque se considera que remédios naturais não tem respaldo ou peso científico, dê uma checada no card.
  • Bem vamos continuar e falar sobre as evidencias a favor do óleo de coco. O principal argumento contra é que é rico em gordura saturada. Isso é falado como fato contra o óleo de coco pela autoridade de Harvard e a AHA. Mas vamos analisar as tribos antigas que comem muita gordura saturada e tem taxas baixíssimas de doença cardíaca.
  • Essa tribo Maasa do Quênia e da Tanzânia têm uma dieta composta de 66% de gordura saturada, e surpreendentemente taxas muito baixas de problemas cardíacos e cardiovasculares. A tribo Rendille do Quênia tem uma dieta que é de 63% em gordura saturada. Eles parecem não ter problema de coração e dos vasos também. A tribo esquimó Inuit do Canadá e da Groenlândia, esses consomem 75% de gordura saturada. E a tribo Takelau da Nova Zelândia, 60% de gordura saturada, mesma situação, eles têm algumas das taxas mais baixas em problemas cardiovasculares e doenças cardíacas.
  • O óleo de coco é rico em triglicerídeos de cadeia média. Entre eles o ácido láurico, o caprílico e o cáprico. O láurico é um antimicrobiano poderoso, o caprílico é ótimo antifúngico e ajuda a combater a inflamação. O cáprico ajuda na saúde dos ossos, dá apoio a digestão e a perda de peso. O óleo de coco tem 65% de gorduras saturadas e já foi provado que faz muito bem para a nossa saúde. Quando a gente examina os estudos, eles dizem que esse óleo ajuda na prevenção e tratamento das doenças cardíacas. Ajuda a aumentar o HDL colesterol e melhorar o perfil das gorduras do sangue. Vai estar na descrição os links dos estudos que eu estou me referindo aqui. Já os estudos que falam mal do óleo de coco, quando a gente examina com mais cautela a gente pode averiguar que as pessoas também estavam consumindo grande quantidade de óleos processados poliinsaturados e também muitos carboidratos refinados. Então nada é o que de fato parece ser e a gente precisa destrinchar os estudos. Então se você faz um estudo em que as pessoas estão consumindo gorduras saturadas junto com montes de açúcar, farinhas e óleos hidrogenados, é lógico que vai ter resultados ruins. Você não pode combinar óleo de coco com uma dieta horrível e esperar bons resultados.
  • Bem, novamente, esse vídeo é produto da minha opinião baseado em estudos, mas existem estudos falando contra o que eu disse nesse vídeo. Eu, do meu lado, vou continuar consumindo todos os produtos do coco, mas você faça suas buscas, chegue a suas próprias conclusões, ninguém é dono da verdade.
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Biotina – Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência

Biotina - Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência A Biotina (vitamina B7) faz parte do complexo de vitaminas B - um grupo de nutrientes essenciais necessários...

Esclerose Múltipla – Conheças as abordagens integrativas

Esclerose Múltipla - Conheças as abordagens integrativas A esclerose múltipla (ou EM) é uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central. EM afeta 2,5...

DHEA e seus importantes benefícios para sua saúde

DHEA e seus importantes benefícios Seu corpo produz naturalmente o hormônio desidroepiandrosterona (DHEA) na glândula adrenal. Alguns outros tecidos, como os testículos, por exemplo, produzem DHEA,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...