Psoríase – Tratamento natural

  • Psoríase é uma doença de pele que pode ter grande impacto psicológico nos seus portadores. É uma doença autoimune que pode ter grande melhora a partir de uma abordagem integrativa e com mudanças de estilo de vida. Nesse vídeo iremos discutir tratamentos naturais para essa doença.
  • Trata-se de uma doença inflamatória da pele com origem auto-imune, o que significa que o corpo ataca suas próprias células. A pele inflama e descasca e dá aquela aparência de crosta descamando e espessamento da pele. Vai aparecer aí na sua tela imagens destes tipos de lesões.
  • Sabemos que a psoríase começa no sistema imunológico e envolve um tipo de glóbulo branco ou célula de defesa chamada célula T. Quando você tem psoríase, as células T são colocadas em ação por engano e tornam-se excessivamente ativas, levando a um inchaço e à rápida renovação das células da pele. Existem vários tipos de psoríase, e inclusive uma forma que atinge as articulações – a artrite psoriárica.
  • O tratamento convencional da psoríase pode funcionar, mas muitas vezes não atinge a raiz do problema e acaba sendo uma solução temporária. Existem muitos remédios naturais para a psoríase, e no topo da lista é necessário ajustar a alimentação.
  • Mas porque a dieta é tão importante? Estudos demonstram que a permeabilidade intestinal ou síndrome do intestino permeável é muito comum em pacientes com psoríase. Para isso assista meu vídeo sobre o assunto no card. Então fazer as escolhas alimentares certas pode fazer uma enorme diferença quando se trata de psoríase. As regiões do corpo mais afetadas pela psoríase são os cotovelos, pernas, couro cabeludo, parte inferior das costas, rosto, palmas das mãos e solas dos pés. No entanto, também pode ocorrer em outros locais, como unhas, unhas, genitais e dentro da boca. Psoríase do couro cabeludo afeta cerca de 50 por cento das pessoas com psoríase, tornando-se uma das preocupações mais óbvias em pessoas com a doença. Essa lesões inclusive podem incomodar muito os portadores da doenças, atrapalhando muito o convívio social porque as pessoas em geral costumam achar que se trata de uma doença infecciosa. Então pode ter grande impacto psicológico.
  • Fatores que podem contribuir para o surgimento e perpetuação da doença são deficiência de vitamina D, o excesso de permeabilidade intestinal, estresse emocional, fatores genéticos, alterações hormonais e má função do fígado. O tratamento convencional envolve o uso de drogas com muitos efeitos colaterais como corticóides e imunosupressores. Em se tratando de tratamentos naturais, vamos aqui pontuar as principais linhas de tratamento.
  • 1. Reduzir o estresse. Oração, meditação, mindfullness, Yoga, Tai Chi Chuan e outras técnicas de relaxamento são muito úteis. Para saber mais assista os outros vídeos do canal sobre esses assuntos.
  • 2. Exercícios físicos e beber água. Beba bastante água, cerca de 8 copos por dia. Não tome banhos quente demais. Faça banhos com Sal de Epsom, que é um tipo de magnésio, ou com aveia. Muitos spas de Saúde, como é o caso do Centro de Spa Médico no interior de São Paulo chamado Cevisa, que tive oportunidade de recentemente conhecer, tem esses tratamentos de pele, além de ajudar a reduzir o estresse e mudar os hábitos alimentares. Certifique-se de aplicar hidratante em sua pele assim que sair de um banho ou ducha – desta forma isso pode ajudar a acalmar as lesões de psoríase.
  • 3. Vários tratamentos na pele com produtos naturais podem ajudar como é o caso de creme de uva (10%), creme de abacate e de vitamina B12, creme de aloe vera (0,5%); óleo de coco, de amêndoa e de oliva, além dos banhos de Epsom e de aveia já mencionads, todos esses podem ajudar.
  • 4. Homeopatia, acupuntura, MTC e medicina Ayurveda, todos esse podem ajudar.
  • Em se tratando de dieta, é fundamental uma dieta antiinflamatória, evitando o máximo o glúten, leite convencional e seus derivados. Precisa ser rica em frutas antioxidantes e sem açucar como é o caso do açaí orgânico [card], das frutas vermelhas, das sementes e nuts e cereais integrais não refinados sem glúten. Os alimentos fermentados também são muito importantes, como kefir, kombucha, natto, misso e tempeh. Para saber mais sobre dietas antiinflamatórias assista aos vídeos desse canal e compre os livros de doenças autoimunes da Amy Myers ou do Tom O’Bryan.
  • Os top 5 suplementos para a psoríase são probióticos, suporte digestivo com cloridrato de betaína ou ácido clorídrico diluído, omega 3 de peixe, Vitamina D3 e silimarina.
  • Para quem faz parte do clube de apoiadores vai conhecer um esquema de tratamento da psoríase com mais detalhes.
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Biotina – Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência

Biotina - Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência A Biotina (vitamina B7) faz parte do complexo de vitaminas B - um grupo de nutrientes essenciais necessários...

Esclerose Múltipla – Conheças as abordagens integrativas

Esclerose Múltipla - Conheças as abordagens integrativas A esclerose múltipla (ou EM) é uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central. EM afeta 2,5...

DHEA e seus importantes benefícios para sua saúde

DHEA e seus importantes benefícios Seu corpo produz naturalmente o hormônio desidroepiandrosterona (DHEA) na glândula adrenal. Alguns outros tecidos, como os testículos, por exemplo, produzem DHEA,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...