Aloe Vera – Conheça os incríveis poderes de cura da babosa

A babosa (Aloe Vera) é mais conhecida por tratar lesões na pele, mas também tem vários outros efeitos benéficos para a saúde, seja uso tópico ou via oral. 

Aloe vera é uma planta suculenta que pertence à família dos lírios. Também conhecida como Babosa tem muitas propriedades medicinais comprovadas.

O gel da babosa (aloe vera) é a substância clara e gelatinosa encontrada na parte interna da folha da planta.

O látex da babosa vem logo abaixo da pele da planta e é amarelo. Alguns produtos de babosa são feitos a partir de toda a folha triturada, portanto contêm gel e látex. Porém, o Latex pode ser irritante e alérgico para algumas pessoas.

Fique atento a produtos que contenham o Latex. 

Na medicina tradicional indiana, o aloe vera é usado para constipação, doenças de pele, infestação por vermes, infecções e como remédio natural para cólicas.

E na medicina chinesa, é frequentemente recomendado no tratamento de doenças fúngicas.

Até o momento, foram identificados 75 nutrientes no gel da planta Babosa.

Contém vitaminas A, C, E, B1, B2, B3, B6, colina, ácido fólico, alfa-tocoferol e beta-caroteno. Além disso, o gel de aloe Vera e os extratos das folhas inteiras melhoram a absorção da vitamina C e vitamina E.

A babosa também fornece aminoácidos essenciais e contém enzimas digestivas como amilase para quebrar amido e açúcar e lipase para ajudar a quebrar gorduras.

Suas excelentes ações farmacológicas incluem anti-inflamatório, antibacteriano, antioxidante, antiviral e antifúngico.

Existem muitos estudos sobre a babosa e seus benefícios a saúde, vou listar abaixo alguns desses benefícios:

1 – Úlceras, aftas na boca e Líquen plano oral

Muitas pessoas experimentaram úlceras na boca, ou aftas, em algum momento de suas vidas.

Estudos têm mostrado que o tratamento com babosa pode acelerar a cicatrização de úlceras na boca.

Em um estudo de sete dias com 180 pessoas com úlceras na boca recorrentes, um adesivo de Aloe vera aplicado à área foi eficaz na redução do tamanho das úlceras e sua cicatrização.

Em outro estudo, o gel de Aloe vera não apenas acelerou a cicatrização de úlceras na boca, como também reduziu a dor associada a elas.

 A aplicação de gel de babosa duas vezes ao dia por oito semanas mostrou reduzir os sintomas do líquen plano oral, condição inflamatória que afeta o interior da boca.

                     Para saber mais sobre problemas bucais, assista esse vídeo!

 

 “A doença não pode se manifestar em um ambiente alcalino. O gel da babosa é um alcalinizante do corpo, ajudando a equilibrar hábitos alimentares excessivamente ácidos.”

 

2 – Doença Periodontal

O aloe vera foi considerado eficaz quando adicionado ao creme dental. Em um estudo, 15 pacientes com periodontite (doença inflamatória das gengivas) receberam injeções de gel de aloe vera nas gengivas ao redor de certos dentes.

Todos os pacientes tiveram melhora no acúmulo de placa e na condição periodontal geral.

 

3 – Queimaduras e feridas

O gel de Aloe vera aplicado topicamente pode reduzir a duração da cicatrização de feridas em queimaduras de primeiro e segundo graus. Também parece promover a cicatrização de feridas em geral.

 

4 – Diabetes

A maioria das pesquisas mostram que tomar babosa por via oral pode reduzir o açúcar no sangue e a HbA1c (Hemoglobina glicosilada) em pessoas com diabetes tipo 2. 

 

5 – Psoríase

o creme de extrato de Aloe Vera pode reduzir os sintomas causados pela psoríase leve a moderada, incluindo vermelhidão, descamação, coceira e inflamação. Pode levar um mês ou mais para ver melhorias com o uso dele.

Em um estudo controlado por placebo, publicado na revista Medicina Tropical e Saúde Internacional, 60 pacientes com psoríase crônica receberam um extrato de 0.5% de Aloe e vera misturado em um creme de óleo mineral.

Foi aplicado 3 vezes ao dia.

                     Para saber mais sobre Psoríase , assista esse vídeo!

 

Quando se examinou os pacientes, após 8 meses, a melhora era muito maior no grupo do Aloe (82.8%) do que no grupo do placebo (7.7%).

Além disso, 83.3% do grupo do Aloe se considerava curado, comparado com somente 6.6% do outro grupo.

 

6 – Doença inflamatória intestinal 

Tomar gel de babosa oral melhora os sintomas do intestino irritável e doenças inflamatórias intestinais em apenas quatro semanas.

Em um estudo duplo-cego, randomizado, controlado por placebo, 44 pacientes com colite ulcerativa ativa de leve a moderada, receberam 100 ml de gel de aloe vera ou placebo duas vezes por dia.

Vários medidores da doença melhoraram de 30 a 47% com o Aloe vera em comparação com apenas 7 a 14% no placebo.

              Para saber mais sobre alimentos para a saúde do intestino, assista esse vídeo!

 

7 – Digestão e gastrite

A babosa também ajuda nos processos digestivos por ter uma grande quantidade de enzimas digestivas.

Por isso, melhora a mucosa, tem ação cicatrizante e ainda acalma o sistema digestivo. É também indicada em casos de úlceras e gastrites.

O Aloe Vera tem o poder de equilibrar o pH gastrintestinal, equilibrar a Flora Intestinal, facilitando a assimilação de nutrientes pelas vilosidades de nosso intestino.

 

8 – Ação Anti-inflamatória e Analgésica

Aloe Vera tem ação similar a esteróides como a cortisona, porém sem seus os efeitos colaterais e nocivos.

Por essa razão pode ser utilizado em todos transtornos inflamatórios como picadas de insetos e aranhas, eczemas, dermatites, erupções, batidas, tendinites, luxações, infecções reumáticas, artroses, bursite, etc…

Como analgésico tópico, atua sobre as camadas mais profundas da pele, com um profundo poder de penetração, reduz a dor ao ser aplicada no lugar do ferimento. Devido a seus componentes ativos e a seu poder anti-inflamatório e penetrante, o Aloe Vera também bloqueia a dor.

 

9 – Estimula a resposta imunológica contra o câncer

O Aloe vera também pode prevenir e tratar o câncer de pele. Um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de Belgrado descobriu que o aloe vera e seus constituintes inibem a proliferação de células da pele que acompanha o câncer de pele. 

Além disso, a babosa melhora os resultados do tratamento para pacientes com câncer.

Em um estudo, 240 pacientes com tumores metastáticos, divididos em dois grupos, recebendo quimioterapia isoladamente ou quimioterapia acompanhados por 10 ml de aloe vera administrados por via oral três vezes ao dia.

O grupo do aloe Vera teve uma regressão significativamente melhor de seus tumores e melhores taxas de sobrevida em três anos.

 

10 – Suporte do sistema imunológico 

As enzimas presentes no Aloe vera decompõem as proteínas que ingerimos, em aminoácidos e transformam as enzimas em combustível para todas as células do corpo, o que permite que as células funcionem adequadamente.

Uma enzima em particular – a bradiquinaseestimula o sistema imunológico e combate infecções.

Para saber mais sobre como melhorar seu sistema imune, assista esse vídeo!

 

Sugestões de uso

Segue algumas sugestões de uso, lembrando sempre de ter acompanhamento médico para seu tratamento

Para constipação, tome 100–200 miligramas de Aloe vera diariamente.

Para cicatrização de feridas, psoríase e outras infecções de pele, use 0,5% de creme de extrato de Aloe vera três vezes ao dia.

Para doenças da placa dentária e da gengiva, use uma pasta de dente que contenha Aloe vera por 24 semanas ou adicione uma colher de chá do gel de Aloe vera a esta pasta de dente.

Para doença inflamatória intestinal, tome 100 mililitros de bebida ou suco de Aloe vera duas vezes ao dia por quatro semanas.

Para queimaduras na pele, use um gel de Aloe de 97,5% na queimadura até curar.

Para couro cabeludo seco ou caspa, adicione uma colher de chá de gel de Aloe em seu shampoo caseiro.

Para proteger sua pele de infecções e bactérias, adicione uma colher de chá de gel de Aloe em uma loção de corpo caseira. 

 

Efeitos colaterais 

O gel de Babosa (Aloe Vera) geralmente é seguro e sem efeitos colaterais, porém o uso do Latex do Aloe Vera pode trazer efeitos colaterais e pode ser alérgico para algumas pessoas. 

O látex da babosa não deve ser tomado em altas doses e por muito tempo, pois pode causar efeitos colaterais adversos, como dores de estômago e cãibras.

O uso prolongado de grandes quantidades de látex de Aloe também pode causar diarreia, problemas renais, sangue na urina, baixo potássio, fraqueza muscular e perda de peso.

Não tome Aloe vera, gel ou látex, se estiver grávida ou amamentando. 

Crianças com menos de 12 anos de idade podem sentir dor abdominal, cãibras e diarreia, por isso não é recomendado para uso infantil.

Consulte seu médico se estiver fazendo uso de algum medicamento antes de iniciar o uso via oral de Aloe vera.


 

Referências

  1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8765459
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19368145
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15043514
  4. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22028505
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6349368/
  6. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK92765/#ch3_r81
  7. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3872617/
  8. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4103709/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.