O que são óleos essenciais?

Óleos essenciais

Hoje se fala muito sobre óleos essenciais, mas será que você sabe o que significa?

Acompanhe esse vídeo até o final e aprenda sobre o que são, algumas de suas propriedades e um pouco de sua história.

Aqui vamos conversar sobre o que são óleos essenciais e o que eles podem fazer para beneficiar a sua saúde.

Óleos essenciais são compostos aromáticos vegetais naturais, altamente concentrados e voláteis, e isso significa que evaporam com facilidade.

Dependendo da planta podem ser extraídos das raízes, das cascas, das sementes ou das flores; mas não estão presentes em todas as plantas, somente em algumas.

São usadas há milhares de anos por diversas culturas diferentes e já existem vários trabalhos científicos comprovando suas propriedades.

É importante entender as diferenças entre óleos vegetais comuns e os essenciais. Por exemplo, o óleo de coco, de semente de uva, de amêndoas, de abacate;

Todos esses óleos não são essenciais.

Na verdade, o que a gente chama de óleos essenciais, apesar do nome, quimicamente não são gorduras ou óleos. Antigamente as substâncias eram caracterizadas não pela sua composição química mas pelas características físicas.

Então os antigos não sabiam a composição química dos óleos essenciais, mas perceberam que tinham viscosidade e outras características parecidas com os óleos verdadeiros.

Portanto pelo tempo de uso e por tradição o termo óleo essencial permanece até hoje.

A palavra essencial se deve a importância desses produtos e também devido ao aroma que essas substâncias têm.

É muito importante nós entendermos que óleos essenciais não são essências.

Isso porque uma essência é sintetizada em laboratório, e os óleos essenciais são naturais.

Enquanto isso uma essência é somente um perfume agradável e não traz nenhum benefício a saúde.

Por exemplo, todos os produtos que você encontra nos supermercados da vida e que dizem conter lavanda, na verdade só têm uma essência sintética que imita a lavanda, ou baseada na lavanda, e nada tem a haver com óleo essencial de lavanda, que tem vários benefícios a saúde como melhorar o sono.

Então a maioria das pessoas só conhecem o cheiro artificial da lavanda mas não conhecem os benefícios do óleo essencial da planta.

As três características dos óleos essenciais

1- São naturais, extraídos sem nenhuma modificação das plantas. Não se trata de triturar a planta e misturar com um óleo qualquer, os óleos essenciais já estão lá e precisam ser extraídos por processos específicos.

2- São eficientes, por serem altamente concentrados e conseguirem atravessar a membrana da célula. Uma gota do óleo essencial de hortelã pimenta equivale a 28 xícaras de chá da planta. Isso significa que poucas gotas são necessárias. Os frascos são pequenos, de até 15 ml. Se você vir um frasco de 100 ml ou mais pode ter certeza que não é óleo essencial puro, pode ser outro tipo de óleo ou até diluído.

3- São seguros. Mas para isso é importante saber a origem desse óleo. Alguns podem ser irritantes para a pele, então é importante observar o jeito correto de usar. E qualquer coisa em excesso pode fazer mal. Portanto se observado o jeito correto de usar são bem seguros.

A medida em que me aprofundo na medicina natural tenho voltado cada vez mais meus olhos e ouvidos para o poder da Natureza… a verdadeira manifestação do verdadeiro poder curativo de Deus.

Quando fui apresentado aos óleos essenciais e vi o que eles podem fazer pela saúde e bem estar das pessoas, questionei: “como demorei tantos anos para conhecer algo tão impressionante e já conhecido pela humanidade há milênios?”

Você deve se preocupar em cuidar da sua própria saúde e da saúde da sua família da forma mais natural possível.

Então por que não dar a oportunidade a natureza, através dos óleos essenciais, cuidar de maneira natural e menos agressiva do organismo das pessoas que você mais ama ?

Algumas curiosidades históricas

A rainha Cleópatra tinha o hábito de cobrir seu corpo com óleo de lavanda e rosas.

Há diversas passagens na Bíblia sobre o uso de perfumes e óleos essenciais. O próprio bebê Jesus foi presenteado com Olíbano (também chamado de Frankincense) e Mirra pelos reis magos.

Tem três formas de uso dos óleos essenciais: A forma aromática, a forma tópica e para alguns óleos a forma de uso interno. Existem duas escolas de uso, a escola inglesa e a escola francesa.

Alguns exemplos de usos de óleos essenciais

  1. Músculos doloridos: misture os óleos de eucalipto, wintergreen e cipreste com uma loção sem perfume ou óleo de coco e aplique nos músculos
  2. Combate a alergia: esfregue os óleos de olíbano e lavanda nas palmas das mãos e inspire profundamente para aliviar a coceira nos olhos e na garganta.
  3. Redutor de ansiedade: coloque o óleo essencial de lavanda no difusor em sua casa para reduzir a sensação de estresse e tensão.
  4. Melhora da artrite: misture duas gotas de óleos de cipreste e erva-cidreira em uma loção sem perfume. Massageie nas áreas afetadas.
  5. Remédio para asma: faça uma massagem combinando eucalipto, hortelã-pimenta e óleo de coco. Esfregue no peito e pescoço.

Esse assunto óleos essenciais é muito extenso e vou fazer vários vídeos sobre esse assunto.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Multivitamínicos e minerais – Dicas para otimizar a absorção

Multivitamínicos e minerais - Dicas para otimizar a absorção Vamos falar a respeito dos melhores horários e esquemas para uso de multivitamínicos e minerais. Para otimizar...

Polifarmácia e depressão

Polifarmácia e depressão Não posso deixar de abordar esse tema, a "Polifarmácia", pois cada dia recebo mais e mais pacientes no consultório com quadros de...

Vitamina B6 – Sintomas de sua falta e do seu excesso

Vitamina B6 sintomas de sua Falta e do seu excesso Você sabia que o excesso de vitamina B6 pode ser tão prejudicial quanto a sua...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect