Folha de Louro: Tempero medicinal que ajuda a digestão e combate fungo

Folha de Louro – O tempero medicinal que ajuda na digestão e combate fungos

A folha de louro oferece alguns benefícios impressionantes à saúde, como ajudar a reduzir os gases e o inchaço e combater os danos dos radicais livres.

Pode ajudar a tratar a caspa, dores musculares e articulares e infecções de pele.

Acompanhe o artigo ou assista ao vídeo abaixo para aprender seus efeitos anti-inflamatórios e antienvelhecimento.

Folha de Louro – Um tempero muito conhecido

Você bem sabe que essa erva aromática é muito utilizada na culinária brasileira, para dar aroma e sabor aos pratos.

Mas você pode se perguntar, de onde vem aquele cheiro e sabor agradáveis do louro que adicionado aos alimentos os torna mais interessantes?

O cheiro e o sabor vêm do óleo essencial da planta, que representa cerca de 2% do peso.

Como você já sabe, nós usamos a folha inteira ao cozinhar, mas removemos dos pratos antes de serem servidos.

Isso porque as folhas inteiras podem ser engolidas e podem entupir as vias aéreas, causando interrupção da passagem de ar ou asfixia.

Por isso as folhas são retiradas de receitas como molhos, pratos de arroz e sopas antes de servir, embora seu sabor ainda permaneça no prato.

Existem várias variedades da folha de louro, e são várias plantas diferentes, como por exemplo, o louro comum usado no Brasil, da espécie Laurus nobilis, que é o mais utilizado, mas também temos a folha de louro californiana, as versões indiana, da Indonésia, e do México.

Os cinco principais benefícios da folha de louro

1. É antibiótico, antimicrobiano e antioxidante;
2. Ajuda a prevenir Cândida e ajuda na cicatrização de feridas;
3. Pode ajudar a combater câncer;
4. Ajuda no diabetes;
5. Pode ajudar na digestão.

01 – Antibiótico, antimicrobiano e antioxidante

Isso significa que ela vai ter efeito contra bactérias perigosas, como Stafilococus aureus.

02 – Ajuda a prevenir Cândida e ajuda na cicatrização de feridas

Então ela vai ajudar a matar fungos do tipo Candida.

Além de combater a cândida, em estudos com animais o extrato da folha de louro tem sido aplicada em feridas na forma de emplastro.

O extrato de louro apresentou melhora na cicatrização de feridas.

03 – Pode ajudar a combater câncer

Tanto as folhas quanto os frutos da planta do louro são capazes de ajudar a combater o câncer de mama.

Outras pesquisas sugerem que o extrato do louro também pode ajudar a combater o câncer de intestino grosso.

04 – Pode ajudar no diabetes

É possível que a folha de louro ajude a reduzir os níveis de açúcar no sangue.

Estudos revelam que as folhas de louro podem melhorar a função da insulina.

O resultado geral mostra que o consumo diário de folhas de louro pode ajudar a diminuir o risco para diabetes e até doenças do coração e dos vasos sanguíneos.

É importante observar que os participantes envolvidos nos estudos continuaram tomando seus medicamentos normais para diabetes.

Então não faça substituições sem acompanhamento médico, ok?

05 – Pode ajudar na digestão

As folhas de louro podem ajudar na dor de estômago, e ajudar a eliminar toxinas pelos rins, assim ajudando na saúde desse tão nobre órgão.

Além disso protege contra:

  1. Pedras nos rins;
  2. Alivia o intestino irritável, melhorando inchaço e gases;
  3. Combate úlceras estomacais.

Mas como consumir essa maravilhosa planta?

O jeito mais fácil e direto é usar na preparação de pratos.

Uso na preparação de pratos

Você pode usar em peixes, frangos, no feijão, na sopa de ervilhas, no molho de tomate, em muitos pratos.

Ao comprar esta erva, procure folhas de louro secas que não apresentem manchas, certificando-se de que não haja rachaduras ou rasgos.

Se você estiver procurando por folhas de louro frescas, procure aquelas que são verdes brilhantes e com aparência de cera, e que permitam dobrar e torcer sem rasgar.

Você pode cozinhar usando a folha de louro inteira, mas certifique-se de remover as folhas de louro inteiras do prato antes de servir para evitar engolir e engasgar.

Guarde as folhas de louro selando bem, como em um frasco de vidro com tampa bem fechada.

Se armazenadas corretamente, as folhas secas podem durar até dois anos.

Chá de folhas de louro

  1. Para fazer o chá use a proporção de uma xícara de água para três folhas de louro.
  2. Leve a água ao fogo e quando alcançar fervura desligue.
  3. Acrescente as folhas de louro proporcionais ao tanto de água colocado;
  4. Tampe e deixe em infusão por dez minutos.
  5. Tire as folhas de louro e beba uma xícara antes das refeições para auxiliar na digestão.

Tem algum problema ou contraindicação?

Se você tiver alguma reação alérgica, que é raro, como um vermelhão na pele, coceira na boca ou língua inchada, pare de comer esta erva imediatamente e procure assistência médica ou um pronto socorro.

E ao colocar na preparação de alimentos cuidado para não engasgar!

Lembre-se de tirar as folhas dos molhos, ensopados e demais pratos para evitar que alguém se engasgue com elas.

Evidências científicas e estudos

A folha de louro oferece benefícios anti-inflamatórios, antimicrobianos e antioxidantes devido aos antioxidantes e outros compostos protetores encontrados na planta.

Esta erva contém mais de 80 compostos identificados, incluindo polifenóis, eucaliptol, cineol, sabineno e linalol.

Estudo com óleos essenciais

Um estudo conduzido na Universidade Estadual Técnica e Agrícola da Carolina do Norte focou nas atividades antimicrobianas e antioxidantes de óleos essenciais específicos de absinto, gerânio e louro em produtos contra bactérias perigosas, incluindo Salmonella e E. coli.

Todos os três óleos essenciais apresentaram propriedades antioxidantes, com a maior atividade ocorrendo no óleo essencial de louro.

Também foi demonstrado que o extrato reduz a expressão de citocinas pró-inflamatórias que podem contribuir para doenças crônicas.

Também apresenta efeito anti cândida ou antifúngico.

Estudo do óleo essencial de louro na defesa contra a cândida

Um estudo publicado no Archives of Oral Biology mostrou que o óleo essencial de louro é uma defesa contra a cândida.

No estudo, o louro interrompeu a adesão da candida às paredes celulares, reduzindo, portanto, sua capacidade de penetrar na membrana, tornando-se um ótimo complemento à dieta anticandida baixa em açúcar e carboidratos para combater essa condição fúngica.

Além de combater a cândida, em estudos com animais a folha de louro tem sido usada como cataplasma para ajudar a curar feridas.

O extrato de louro apresentou melhora na cicatrização de feridas em comparação com o grupo de controle.

Pode ter efeito anticâncer

Um estudo in vitro observou que a folha de louro pode ser um potencial agente natural para a terapia do câncer de mama, no estudo foram comparadas células que foram expostas aos extratos e as que não foram.

Ocorreu morte celular nas células expostas, tornando a folha de louro uma possível opção natural de tratamento do câncer.

Outras pesquisas publicadas na Nutrition and Cancer sugerem que este extrato também pode ajudar a combater o câncer colorretal.

Estudos in vitro foram conduzidos usando extratos de folha de louro contra o crescimento de células cancerosas do cólon.

Os resultados exibiram potencial para propriedades reguladoras do câncer de cólon, mostrando proteção contra esse câncer durante os estágios iniciais.

Observou-se efeito antidiabético.

Um estudo descobriu que ao ingerir folha de louro duas vezes por dia, os níveis de açúcar no sangue e os níveis de colesterol LDL caíram nos participantes.

É importante observar que os participantes envolvidos neste estudo continuaram tomando seus medicamentos regulares para diabetes.

No entanto, os benefícios da adição de folha de louro foram positivos – por exemplo, também ajudou a aumentar os níveis de colesterol bom (HDL).

Outras pesquisas publicadas no Journal of Clinical Biochemistry and Nutrition revelam que as folhas de louro podem melhorar a função da insulina.

O estudo foi realizado para determinar se as folhas de louro podem ajudar a controlar o diabetes tipo Dois.

Quarenta pessoas receberam quantidades variadas do extrato da folha de louro, na forma de cápsulas durante um período de 30 dias.

Todas as quantidades reduziram a glicose sérica e o colesterol total, mas não houve mudanças significativas no grupo do placebo.

O resultado geral mostra que o consumo regular de folhas de louro pode ajudar a diminuir os fatores de risco para diabetes e até doenças cardiovasculares.

E por fim efeito digestivo

As folhas de louro podem ter um impacto no sistema gastrointestinal, prevenindo contra danos gástricos e promovendo a micção, o que ajuda a liberar toxinas no corpo e ajuda na saúde dos rins.

Dentro das folhas de louro estão certos compostos orgânicos contendo enzimas que também podem ajudar a aliviar dores de estômago, proteger contra cálculos renais e reduzir os sintomas da síndrome do intestino irritável, como inchaço e gases.

Em alguns casos, os produtos de folha de louro também mostraram diminuir os sintomas de úlceras estomacais.

No geral, a erva parece proporcionar alívio digestivo ao melhorar o processo de digestão, combatendo certas bactérias, como H. pylori, que podem contribuir para úlceras.

Estudos:

 

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Fosfatidilserina para melhora da Atenção, Concentração e memória

Fosfatidilserina para melhora da Atenção, Concentração e memória A fosfatidilserina combate o declínio na memória e nas habilidades de pensamento que podem ocorrer com o...

Como ficar muito tempo sentado pode afetar a sua saúde

Como ficar muito tempo sentado pode afetar a sua saúde Você passa muitas horas sentado? Você sabia que esse hábito pode lhe trazer inúmeros problemas...

Conheça os 6 tipos de Alzheimer

Conheça os 6 tipos de Alzheimer De acordo com dados atualizados, há uma estimativa de que existam 35,6 milhões de pessoas com Alzheimer no mundo,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect