H Pylori – Conheça essa bactéria e suas complicações

H Pylori – Conheça essa bactéria e suas complicações

O helicobacter pylori (H pylori) é uma bactéria presente em mais de 50% das pessoas.

Muitos podem não saber que têm esta bactéria em seu corpo e as complicações de uma infecção por H pylori podem ser muito sérias, tais como úlceras pépticas que podem estourar, gastrite, sintomas de refluxo gastroesofágico, e pode também, em última instância, causar o câncer gástrico, também conhecido como câncer de estômago, que é o tipo número um de câncer.

98% das pessoas que têm câncer gástrico tiveram uma infecção por H pylori. Isso significa que o H pylori é um dos principais fatores contribuintes no desenvolvimento do câncer gástrico.

Sintomas Associados a uma infecção por H pylori

Enquanto alguns não apresentam sintomas, outros têm os seguintes sintomas comuns.

  • Arrotos;
  • Inchaço abdominal;
  • Dor abdominal quando você está com fome;
  • Náusea;
  • Azia;
  • Febre;
  • Falta de apetite, ou anorexia;
  • Perda de peso inexplicável;
  • Anemia;
  • Sangue nas fezes.

Se você tem fezes pretas ou notou qualquer sangue em suas fezes, úlceras podem ter estourado. Consulte um médico imediatamente!

Tratamento para infecção por H. pylori

01 – Antibióticos

Como uma infecção por H pylori pode se tornar muito grave muito rapidamente e é cada vez mais resistente a antibióticos, o protocolo padrão geralmente usado para eliminar a bactéria H pylori é tomar múltiplos antibióticos como uma primeira linha de defesa.

Porém, eu acredito que os antibióticos devem ser o último recurso.

Há tratamentos alternativos que são mais suaves, e, embora demorem um pouco mais, são mais saudáveis e irão evitar uma reincidências da infecção, além de não causarem outros danos à sua saúde.

02 – Probióticos

Como, a príncipio o H pylori é uma bactéria indesejada, as bactérias boas contidas nos probióticos podem ajudar a combater naturalmente este tipo de infecção.

Existem estudos que comprovaram a erradicação do H pylori em grande parte dos participantes que usaram probióticos (Lactobacilus Fermentum, Lactobacilus Casei e Lactobacilus Brevis).

03 – Cominho preto ou Nigela Sativa

Um estudo concluiu que o uso de 2 gramas de semente de cominho preto moídas juntamente com omeprazol foi mais eficiente no tratamento de H pylori do que a terapia convencional de inibidor de ácido e antibióticos.

O cominho preto apresenta propriedades gastroprotetoras.

Assista meu vídeo sobre cominho preto

04 – Brotos de brocólis

Eles contêm sulforafano que é conhecido pelas sua propriedades antioxidantes e desintoxicantes.

Em um estudo, 78% das pessoas que consumiram estes brotos apresentaram ausência de H pylori no final do estudo.

05 – Chá verde

O consumo de chá verde pode prevenir a inflamação da mucosa gástrica e pode ser usado para prevenir a gastrite causada pela bactéria.

Assista meu vídeo sobre plantas e chás

06 – Alho

Anti-inflamatório natural que possui propriedades antibióticas.

Em um estudo, pessoas que consumiram 2 dentes de alho de tamanho médio durante o almoço e o jantar tiveram uma redução significativas nas bactérias.

Assista meu vídeo sobre as fantásticas propriedades do alho

07 – Própolis

Uma substância resinosa coletada pelas abelhas de várias fontes vegetais e usada para manter estruturalmente a colmeia.

O própolis contém mais de 300 compostos naturais. Vários estudos descobriram que esta substância inibe o crescimento da bactéria.

Assista meu vídeo sobre Própolis

08 – Goma Mastic

A goma mastic é extraída da árvore aroeira (Pistacia lentiscus) e tem sido usado há séculos pela medicina natural para tratar problemas do estômago, como gastrite, refluxo, e até mesmo a bactéria H Pylori.

09 – Biocidin

Outra opção de tratamento pode ser com uma formula de extratos botânicos e óleos essenciais e é segura tanto para crianças quanto para adultos.

  • Bilberry extract;
  • Noni extract;
  • Milk Thistle;
  • Echinacea Purpurea extract;
  • Echinacea Angustifolia;
  • Goldenseal;
  • Shiitake extract;
  • White Willow Bark;
  • Garlic;
  • Grapeseed extract;
  • Black Walnut (hull and leaf);
  • Raspberry;
  • Fumitory extract;
  • Gentian;
  • Tea Tree oil;
  • Galbanum oil;
  • Lavender oil;
  • Oregano oil.

Alimentação adequada para tratamento

Em conjunto com o tratamento, uma alimentação adequada deve ser utilizada:

01 – Consumir mais

  • Alimentos fermentados (Kefir, Natto, Missoh, Tempeh, Kinchi, Chucrute e Kombucha)
  • Peixe selvagem;
  • Semente de linhaça e chia;
  • Mel orgânico cru em moderação (mel Manuka);
  • Chá verde;
  • Frutas vermelhas;
  • Vegetais crucíferos.

02 – Reduzir ou eliminar

Como tratar H. pylori naturalmente – Visão do Dr. Alain Dutra

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O que é Alergia e Rinite Alérgica?

O que é Alergia e Rinite Alérgica? A principal função do nosso sistema imunológico é nos proteger de antígenos (substâncias estranhas ao organismo que desencadeiam...

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária - 6 tipos mais comuns e tratamentos A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os...

Hormônios e ligação com Artrite

Hormônios e ligação com Artrite As doenças autoimunes são mais comuns em mulheres do que em homens e as condições inflamatórias autoimunes artríticas têm tendência...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect