Erva de São João – Conheça uma opção natural de tratamento para depressão e TPM

Erva de São João – Conheça uma opção natural de tratamento para depressão e TPM

A erva de São João, também conhecida como Hypericum perforatum, é uma planta do gênero Hypericum e tem sido usada como uma erva medicinal por suas propriedades antidepressivas e anti-inflamatórias por mais de 2.000 anos.

Leia o artigo ou acompanhe o resto do vídeo e saiba mais!

A erva de São João é mais comumente usada como um remédio natural para a depressão, ansiedade, cansaço, perda de apetite e problemas para dormir.

Ele também é usado para tratar palpitações do coração, mau humor, os sintomas de TDAH, transtorno obsessivo-compulsivo, transtorno afetivo sazonal e menopausa.

As empresas farmacêuticas, particularmente na Europa, preparam formulações padrão desta erva que são tomadas por milhões de pessoas.

Hoje, as vendas anuais mundiais de produtos feitos a base da planta superam vários bilhões de dólares!

As 7 principais propriedades da Erva de São João

Vamos agora falar rapidamente a respeito das propriedades dessa importante planta.

1 – Funciona como antidepressivo

Muitos estudos mostram que a erva de São João pode ajudar a combater a depressão e a ansiedade de leve a moderada e tem menos efeitos colaterais do que a maioria dos outros antidepressivos prescritos, como a perda do desejo sexual.

No entanto, como existem interações medicamentosas entre Hypericum e outras medicações, a erva deve ser tomada apenas sob a orientação de um profissional de saúde, especialmente se você já toma medicamentos para a depressão.

Uma metanálise de 2017, declarando que a erva de São João, tem a mesma potência da classe de antidepressivos mais usada, a de inibidores seletivos de recaptação da serotonina.

2 – Alivia o TPM

Alivia naturalmente os sintomas da TPM, como depressão, fadiga crônica e desequilíbrio hormonal.

Há um estudo feito na Inglaterra comprovando os benefícios para o TPM.

3 – Melhora do humor na menopausa.

Alivia os sintomas psicológicos da menopausa. Um estudo publicado realizado em Berlim investigou 12 semanas de tratamento com hipericão.

Melhoria substancial nos sintomas psicológicos e psicossomáticos foi observada, e as queixas da menopausa diminuíram ou desapareceram completamente em 76% das mulheres.

4 – Combate Inflamação e Irritação da Pele

A erva de São João tem propriedades antibacterianas e também pode ajudar a combater a inflamação crônica.

Quando aplicado na pele, alivia os sintomas de feridas e irritações da pele, agindo como um tratamento natural para o eczema e um remédio caseiro para alívio de queimaduras e hemorroidas.

5 – Melhora os sintomas do Transtorno Obsessivo Compulsivo

Transtorno obsessivo compulsivo é um transtorno mental em que as pessoas realizam certas rotinas repetidamente e são incapazes de controlar seus pensamentos ou atividades.

Esta pode ser uma condição realmente debilitante, e os efeitos positivos da erva de São João são promissores.

Em um estudo conduzido nos EUA, mudanças significativas ocorreram entre portadores da doença TOC, dentro de uma semana e continuaram a aumentar durante o estudo.

Cinco dos 12 pacientes foram classificados como muito melhorados na escala usada no estudo, seis tiveram pouca melhora e um não teve alteração.

6 – Tem propriedades anticâncer

Impede o crescimento de células tumorais e pode tratar células de câncer de pele tanto não-melanoma como melanoma.

Isso em linhagens de laboratório e isso ainda não foi confirmado em estudos em humanos.

Assista meu vídeo sobre Câncer

7 – Pode ajudar a parar de fumar

Um estudo feito no Canadá concluiu que a erva de São João pode promover na cessação do tabagismo, inclusive aliviando os sintomas de abstinência do tabaco.

Nunca é demais reforçar que esse tipo de erva não deve ser usado sem orientação médica.

MATERIAIS EXTRAS

Artigos relacionados

  1. Equinácea – A erva antiviral que ajuda a combater gripes e asma
  2. Artemísia – A super erva que combate doenças e até o câncer!
  3. Sabugueiro – Você conhece uma das principais ervas antivirais do planeta?
  4. Chás para Insônia e Ansiedade – Conheça as melhores plantas!

FONTES E REFERÊNCIAS

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

More from author

2 COMENTÁRIOS

  1. O uso dessa planta tem limite de tempo, ou o uso pode ser contínuo sem interupcoes?
    Vi no texto de estudos com 12 semanas. Mas poderia sem mais?
    E,no caso de suspensão, há necessidade de desmame, como nos ISRSerot?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Multivitamínicos e minerais – Dicas para otimizar a absorção

Multivitamínicos e minerais - Dicas para otimizar a absorção Vamos falar a respeito dos melhores horários e esquemas para uso de multivitamínicos e minerais. Para otimizar...

Polifarmácia e depressão

Polifarmácia e depressão Não posso deixar de abordar esse tema, a "Polifarmácia", pois cada dia recebo mais e mais pacientes no consultório com quadros de...

Vitamina B6 – Sintomas de sua falta e do seu excesso

Vitamina B6 sintomas de sua Falta e do seu excesso Você sabia que o excesso de vitamina B6 pode ser tão prejudicial quanto a sua...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect