Magnésio e vitamina K2 – Devo suplementar junto com vitamina D?

Ao suplementar vitamina D devo usar magnésio e vitamina K2?

Você que está aí na sua casa, com pensamento lento, dificuldade de raciocínio, intestino preguiçoso, câimbras nas pernas, obesidade, ossos fracos, pressão alta, dificuldade sexual e batimento cardíaco irregular, isso pode ser falta de três nutrientes fundamentais!

São os três mosqueteiros, vitamina D, vitamina K2 e magnésio, que juntos vão proporcionar saúde no seu corpo todo.

Por isso vou resumir aqui, de uma forma bem didática, e em menos de dez minutos, a importância de unir esses três suplementos na sua saúde.

Assista ao vídeo ou leia o artigo

A vitamina D

Relação entre Vitamina D, Magnésio e Vitamina K2

A vitamina D é uma das vitaminas mais importantes com inúmeras funções e para saber mais a respeito, mas eu vou resumir aqui.

  1. A vitamina D é importante na absorção e utilização de cálcio no organismo, e permite a incorporação de cálcio nos ossos;
  2. Ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e ajuda a evitar diabetes. Isso porque ajuda na função da insulina;
  3. Protege contra o câncer;
  4. Combate a doença cardíaca e cardiovascular;
  5. Melhora o sistema imune de defesa;
  6. Facilita a regulação hormonal e ajuda no humor e função sexual;
  7. Ajuda na concentração, aprendizado e memoria.

Assista minha playlist sobre Vitamina D 

A vitamina K2

Três mosqueteiros - Vitamina K2

 

Mas a vitamina D precisa de um fundamental ajudante que se chama vitamina K2, não confunda com a vitamina K1.

Enquanto a vitamina K1 tem o importante papel de prevenir coágulos sanguíneos e distúrbios hemorrágicos, a vitamina K2 funciona de maneira diferente.

De acordo com um estudo de 2019 publicado no International Journal of Molecular Sciences, os benefícios da vitamina K2 incluem ajudar na assimilação de nutrientes, crescimento de bebês e crianças, fertilidade, função cerebral e saúde óssea e dentária.

Ao contrário da vitamina K1, encontrada principalmente em vegetais verdes escuros, como folhas verdes, você obtém o vitamina K2 de alimentos fermentados como o natto, ou de origem animal, como vísceras, especialmente o fígado de animais, carnes orgânicas, queijos crus ou fermentados e ovos.

Ele também é produzido pelas bactérias benéficas no seu microbioma intestinal.

A vitamina K2 teria a principal função de retirar o cálcio da artérias e dos tecidos moles, também impedir o acúmulo deste mineral nos tecidos moles, e especialmente dos rins.

E porque essa deficiência de vitamina K2 se tornou tão comum?

Porque as pessoas não comem mais fígado e comem alimentos industrializados demais.

Além disso, a gema de ovo, e alguns queijos fermentados ou curados, recomendo o de cabra porque tem a caseína do bem A2.

Assista meu vídeo sobre natto

 

Problemas causados pela falta do vitamina K2

Sem a vitamina K2, o cálcio vai parar no lugar errado, fica sem o GPS, é igual a seu amigo distraído que só consegue dirigir com o GPS, se ficar sem o GPS ele vai parar no lugar errado.

A vitamina K2 é o GPS do cálcio.

O vitamina K2 vai ao mesmo tempo evitar a descalcificação do osso ou osteoporose e de outro lado impedir o cálcio de calcificar os tecidos errados. Não vai deixar o cálcio enrijecer seu corpo e deixar ele duro e envelhecido.

Então a vitamina K2 é uma vitamina anti-envelhecimento e antiinflamatória. Além disso a vitamina K2 tem efeito anti-câncer.

Assista meu vídeo para saber mais sobre a vitamina K2

Mas e o magnésio?

Três mosqueteiros - Magnésio

Médicos seguidores do protocolo Coimbra alegam que o próprio grande Dr. Cícero estudou e concluiu que somente o cloreto de magnésio seria o suficiente para promover essa fixação do cálcio no osso e não teria visto vantagem na adição da vitamina K2 para a maioria dos pacientes.

Mas isso no contexto do protocolo de altas doses de vitamina D

Não tive acesso a esses estudos, então não sei dizer se isso são observações empíricas de consultório ou se de fato foram estudos publicados.

Mas, de qualquer forma, quando eu falo de vitamina k2 nesse vídeo eu estou falando de uma maneira ampla, e não especificamente dentro do protocolo Coimbra. Então se você segue o protocolo, siga as orientações prescritas pelo seu médico.

O poder do Magnésio

O magnésio está envolvido em mais de 300 reações químicas no organismo, como regular os batimentos cardíacos e ajudar na função dos neurotransmissores.

Assista ao vídeo para saber mais sobre os efeitos da deficiência de magnésio

  • Ele ajuda a regular a pressão arterial;
  • Atua na saúde dos ossos, em conjunto com cálcio, fósforo, boro, zinco, cobre, silício, estrôncio, vitaminas A, D e K2;
  • Regula os níveis de óxido nítrico no corpo;
  • Apoia o funcionamento correto de nervos e músculos;
  • Ajuda também no funcionamento intestinal.

Como obter esses três elementos?

Então esses três elementos: vitamina D3, k2 e magnésio se ajudam mutuamente, e é recomendado que sejam tomados juntos.

Para quem come alimentos fermentados ou vísceras com certa regularidade, provavelmente tem bons níveis de K2 e talvez não precisem de repor.

Quem já come muitas folhas, muitas crucíferas com destaque para o espinafre, amêndoas e também bastante abacate, não precisaria se preocupar com suplementar o magnésio.

A vitamina D é que é mais complicada porque precisa se expor ao sol do meio dia por 15 minutos todos os dias, então é o item mais difícil dos três para obter naturalmente.

Mas quanto de cada no dia a dia?

Grosseiramente falando, aí eu digo realmente bem grosseiramente falando:

  • 400 mg de magnésio ao dia de reposição seria um número adequado;
  • Em relação a K2, se você não come fermentados e vísceras, cerca de 200 MICROGRAMAS por dia;
  • A vitamina D é extremamente variável as doses mais algo entre 2 mil e 10 mil por dia pode ser uma média.
36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O que é Alergia e Rinite Alérgica?

O que é Alergia e Rinite Alérgica? A principal função do nosso sistema imunológico é nos proteger de antígenos (substâncias estranhas ao organismo que desencadeiam...

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária - 6 tipos mais comuns e tratamentos A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os...

Hormônios e ligação com Artrite

Hormônios e ligação com Artrite As doenças autoimunes são mais comuns em mulheres do que em homens e as condições inflamatórias autoimunes artríticas têm tendência...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect