Deficiência de Ômega 3 – 15 sinais de que seu corpo está precisando!

Deficiência de Ômega 3

15 sinais de que seu corpo está com deficiência de ômega 3.

Você vai conhecer em poucos minutos, o que acontece com o seu corpo quando falta ômega 3.

Assista ao vídeo ou leia o artigo

Vamos enumerar os problemas associados com deficiência de ácidos graxos ômega 3, conhecido popularmente por óleo de peixe.

As melhores fontes de ômega 3

Alimentos que são ricos em ômega 3 As melhores fontes da natureza são os peixes gordos de águas profundas.

  • Salmão selvagem não criado em cativeiro e sardinhas são excelentes pedidas.
  • O bacalhau também seria, senão fosse o fato de que é um peixe menos gordo.
  • Então nesse caso é melhor consumir o óleo de fígado de bacalhau, que além de ser rico em Omega 3 é rico nas Vitamina A e D.

15 coisas que podem acontecer contigo com a deficiência ômega 3

01 – Pele seca, escamosa e áspera

É um tipo de dermatite, que pode variar de Eczema a Psoríase.

Quando você começa a repor ômega 3, percebe melhora nisso, a pele fica muito mais suave, hidratada e elástica.

02 e 03 – Olhos e cabelos secos

Deficiência de ômega-3 - Olhos e cabelo secos

Ômega 3 também vai ajudar nisso.

04 – Degeneração macular

Deficiência de ômega-3 - Degeneração macular

É a causa mais comum de cegueira em idosos.

A parte principal da retina se deteriora e a pessoa vai perdendo visão.

Assista meu vídeo sobre degeneração macular

05 – Arritmias

O coração bate de um jeito irregular que pode em algumas circunstancias evoluir para flutter ou fibrilação ventricular, que é quando o seu coração bate de um jeito que não impulsiona sangue e você pode morrer por parada cardíaca.

Outras vezes a arritmia pode gerar coágulos que podem viajar para os pulmões ou para o cérebro, gerando trombose pulmonar ou AVC.

Então usar omega 3 pode ajudar a te prevenir disso.

06 – Fígado gordo

Você poderia pensar que é o contrário, já que a gente associa gordura ingerida com gordura acumulada nos órgãos, o que não é verdade.

O ômega 3 vai ajudar o fígado trabalhar melhor.

07 – Pressão alta

Muitos trabalhos publicados comprovam que ômega 3 ajuda a reduzir a hipertensão arterial, além de ajudar a afinar o sangue evitando a trombose.

08 – Angina

Aquela dor no peito que dá quando falta oxigênio no músculo cardíaco e que normalmente precede, antecede o infarto.

O ômega 3 também previne isso.

09 e 10 – Perda de memória e demência

Deficiência de ômega-3 - Perda de memória e demência

Eu já mencionei que 80% do seu cérebro é feito de gordura?

11 – Inflamação

O ômega 3 de alta qualidade tem efeito anti-inflamatório.

12 e 13 – Depressão e ansiedade

Doenças psiquiátricas aumentam o risco por falta de DHA, um tipo de ômega 3.

14 – Alergias

Vão aumentar se estiver faltando ômega 3.

15 – Distúrbios de atenção

Distúrbios de atenção

Viram como é fundamental evitar a deficiência do ômega 3?

E cabe aqui um comentário muito importante.

Muitos trabalhos mal conduzidos dizem que o ômega 3 não tem ação no colesterol ou no coração.

Mas esses estudos usaram ômega 3 de má qualidade e oxidado.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O que é Alergia e Rinite Alérgica?

O que é Alergia e Rinite Alérgica? A principal função do nosso sistema imunológico é nos proteger de antígenos (substâncias estranhas ao organismo que desencadeiam...

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária - 6 tipos mais comuns e tratamentos A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os...

Hormônios e ligação com Artrite

Hormônios e ligação com Artrite As doenças autoimunes são mais comuns em mulheres do que em homens e as condições inflamatórias autoimunes artríticas têm tendência...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect