Cabelo com buraco? Dr. Alain Dutra fala sobre a alopécia areata e tratamentos naturais

Você quer conhecer o que é alopécia areata, um tipo de calvície que deixa a pessoa com buracos no cabelo e os tratamentos naturais disponíveis?

Leia o artigo ou assista ao vídeo que vamos discutir a respeito desse assunto.

Então vamos falar sobre a alopécia areata.

Dr. Alain Dutra fala sobre a alopécia areata e tratamentos naturaisEsse é um tipo de calvície cuja principal apresentação são buracos no cabelo, como se alguém tivesse raspado somente em um ou mais locais e o resto do cabelo ficasse intacto.

 

 

 

 

Mas existem outras formas mais raras como a perda total de cabelo, barba e sobrancelhas.

A alopécia areata afeta 2% da população mundial.

E, embora não cause dor física ou faça você se sentir doente, pode ser uma doença psicologicamente devastadora.

 

Esta doença auto-imune envolve a perda de cabelo ao redor do couro cabeludo, face e partes do corpo. Pode começar a qualquer momento, sem aviso prévio.

– É comumente confundida com outros tipos de perda de cabelo, como a alopecia androgenética que é a calvície de padrão masculino.

 

 

Mas com a alopecia areata, seu sistema imune de defesa, os soldados do seu sangue que normalmente te defendem de doenças, nesse caso não estão cumprindo sua missão original e ao invés disso estão atacando os folículos capilares, que são as raízes onde nascem os pelos.

É o seu sistema de defesa atacando seu próprio corpo.

Portanto, os planos de tratamento devem abordar a resposta autoimune que está ocorrendo.

Existem medicamentos e cremes convencionais que os médicos geralmente prescrevem para ajudar no crescimento do cabelo.

Mas a maioria deles tem efeitos colaterais e apenas resulta em crescimento temporário do cabelo.

Existem também remédios naturais para perda de cabelo que ajudarão a impulsionar seu sistema imunológico, reduzir a inflamação e corrigir deficiências nutricionais que podem estar piorando a condição.

Estudos mostram que, quando os pacientes começam os sintomas de alopecia areata mais precocemente na vida, experimentam uma queda de cabelo mais acentuada.

Isto é ainda mais comum se a perda de cabelo começar nas duas primeiras décadas de vida. No entanto, o comportamento da doença pode ser imprevisível.

O cabelo volta a crescer espontaneamente em 80% dos pacientes no primeiro ano. Mas recaídas repentinas podem ocorrer a qualquer momento.

A alopécia areata normalmente envolve perda de cabelo irregular, como já falei, e na maioria das vezes são buracos do tamanho de uma moeda no couro cabeludo ou em outras áreas do corpo.

Alopecia areata pode virar outros tipos de calvície. Isso ocorre em cerca de 7% dos pacientes.

Alterações na unha podem ocorrer em dez a 38% dos pacientes com alopecia areata.

Pessoas com a doença também correm risco de:

O estresse pode ser um gatilho para a doença, sendo que eventos estressantes ocorrem antes do início da alopécia areata em cerca de 10% dos adultos e 10-80% das crianças.

E as causas da doença?

Então, trata-se de uma doença autoimune, como eu já comentei, o que quer dizer que o soldados de defesa do corpo atacam o próprio corpo, e fatores tanto genéticos como ambientais estão envolvidos.

Estudos feitos com gêmeos idênticos mostram que existe uma taxa de concordância de 55%, o que quer dizer que se um dos gêmeos tiver o outro tem mais ou menos uma chance de 50% de ter também.

Mas os fatores do ambiente são muito importantes.

Os cientistas acreditam que fatores ambientais perpetuam uma resposta inflamatória que interage com a base dos pelos e aumenta a resposta imune do corpo.

Essa interação desencadeia os processos que levam à perda de cabelo. Um desses fatores é o leaky gut, o intestino hiper permeável.

E como resolver esse problema?

Não há cura para a alopecia areata. O cabelo geralmente volta a crescer por conta própria.

Os tratamentos disponíveis fazem com que o cabelo volte a crescer mais rapidamente e evitam o retorno da doença.

O tratamento convencional envolve corticóides, imunossupressores, minoxidil e antralina.

Mas aqui a gente vai se concentrar nos tratamentos naturais alternativos.

01 – Probióticos

Essas bactérias do bem ingeridas como suplementos melhoram a qualidade do couro cabeludo e ajudam a reequilibrar o intestino diminuindo o leaky gut. Isso comprovado experimentalmente em ratos no MIT dos EUA.

Também é importante o consumo de alimentos fermentados como kombucha, kefir, chucrute ou picles orgânicos.

02 – Zinco

Ajuda a equilibrar o sistema imune e reparar o intestino com leaky gut.

Um estudo de 2016 demonstrou que a deficiência de zinco é mais comum entre aqueles com a doença.

Então pode usar suplementos de zinco ou comer alimentos ricos no mineral, como sementes de abóbora, carne orgânica, cordeiro, grão de bico, castanha de caju, iogurte e espinafre.

03 – Quercetina

É um flavonoide que eu uso muito para tratar alergias de forma natural. Ele reduz a inflamação e combate os danos dos radicais livres.

Tem forte efeito na imunidade e trabalha para reduzir as vias inflamatórias.

04 – Ginseng

Um estudo de 2012 realizado na Faculdade de Medicina da Universidade da Coréia descobriu que o ginseng vermelho serve como um tratamento natural e eficaz para a alopecia areata.

05 – Aromaterapia com Óleo de lavanda, alecrim e outros.

Um dos muitos benefícios do óleo de lavanda inclui sua capacidade de curar e proteger a pele.

Funciona como um poderoso antioxidante e reduz a inflamação. Um estudo, realizado na Escócia, envolveu tratamento com aromaterapia para alopecia areata.

Os pacientes do grupo de tratamento massagearam óleos essenciais de lavanda, alecrim, tomilho e cedro, misturados com óleos carreadores de jojoba e semente de uva. O grupo controle usou apenas óleos carreadores.

Quarenta e quatro por cento do grupo de tratamento apresentaram melhora em comparação com apenas 15 por cento dos pacientes no grupo de controle.

06 – Acupuntura

Reduz as células de defesa T1 que estão atacando os folículos capilares e causando perda de cabelo.

Também trabalha para estimular e aquecer os folículos capilares, reduzir a inflamação e aumentar a circulação sanguínea na área afetada.

A acupuntura também trabalha para reduzir a ansiedade e a depressão. Estas são duas condições muito comuns nos pacientes com alopecia areata.

07 – Coma uma alimentação antiinflamatória

falada em exaustão nesse canal, como vegetais folhosos, beterraba, brócolis, mirtilo, nozes, sementes, especiarias (como açafrão e gengibre), salmão selvagem, caldo de osso e óleo de coco. E corte açúcar e alimentos processados.

08 – Reduza o estresse

É importante reduzir os níveis de estresse e permitir que seu corpo se cure, para que seu cabelo volte a crescer rapidamente.

Existem várias técnicas relaxantes que podem ajudar a incentivar a circulação sanguínea e promover o crescimento do cabelo. Isso inclui ioga, meditação, tai chi chuan e tchi gung (Qi Gong).

Lidar com a perda de cabelo pode ser difícil emocionalmente, então cerque-se de amigos e membros da família durante esse período difícil.

E conecte-se com outras pessoas que também estão lidando com essa condição da pele, como grupos online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.