Neste vídeo, eu vou te dar uma abrangente guia sobre como curar intestino permeável.

Neste vídeo estamos falando sobre como curar um intestino permeável, o chamado leaky gut.

E isso é um problema que atinge milhões de pessoas, muitos estão sofrendo sem saber. E quando olhamos para o intestino permeável, essencialmente o que acontece é que grandes partículas de comida passam para dentro da corrente sanguínea e são reconhecidas como corpos estranhos pelo sistema imune.

Agora, quando olhamos para esta questão, poderíamos olhar o intestino como se fosse uma rede de pescador.
E o que deveria ser permitido passar por essa rede, são pequenas partículas de comida.

Mas quando a rede se torna desgastada e cheia de furos, o que acontece é que grandes partículas de comida começam a passar através; particularmente partículas de proteína, e isso causa todos os tipos de problemas,

Não acontece somente com partículas de proteína, pode ser também microorganismos. Pode ser todos os tipos de partículas de alimentos.

Pode ser bactérias e, como resultado, o sistema imunológico passa a ter muitos problemas, e começa a atacar o próprio corpo porque várias dessas sequencias de aminoácidos são muito parecidas com o nosso próprio organismo. E surgem doenças com a inflamação da tireóide a chamada tireoidite de Hashimoto.

Como isso aconteceu em primeiro lugar? E, finalmente, quais são os diferentes planos que
você precisa seguir para inverter esse problema ?

Agora, quando olhamos para o intestino permeável, quando as grandes partículas de
a comida entram na corrente sanguínea dos intestinos, o sistema imunológico as detectam e chegam a seguinte conclusão: “Isso não deveria estar aqui.”

Então, como resultado, muitos sintomas surgem. Os primeiros deles são as sensibilidades alimentares.

Então, se você é alguém que tem um crescente lista de sensibilidades alimentares; significa que toda vez que você come um alimento o seu corpo começa a reagir mal a ele, então há uma boa chance de você ter intestino permeável. Podem ser alimentos totalmente saudáveis. Pode ser seu alimento preferido. Você pode começar a reagir a qualquer alimento, não precisa ser uma comida ruim. Tipicamente vão ser os alimentos que você mais gosta de comer. E pode chegar a um ponto em que você apresenta tantas sensibilidades, que parece que você não pode comer nada.

Algumas das reações que você pode ter são inchaço e distensão:
Você acorda de manhã, você tem todos os tipos de dor no intestino, simplesmente porque você tem muito
inchaço e distensão. Você é alguém que é uma pessoa magra, mas parece que você tem uma barriga grande, só porque está muito inchado, então isso poderia ser um resultado de intestino permeável.

Outra reações podem ser dores nos músculos, juntas, coceiras de pele, coceira na garganta, inchaços nos dedos das mãos.
Podem acontecer reações ao açúcar e amido e irritações na pele.

Eu conheço o caso de uma pessoa que, por exemplo, colocava algum colágeno em seu café, e seus dedos inchavam em seguida, E ela nem conseguia tirar o anel do dedo. Conheço também casos de pessoas que tiveram erupções e eczema persistentes, e que simplesmente não iam embora, não importa o que eles fizessem, mesmo o uso abusivo de cremes com corticóides. Muitas pessoas com problemas de pele na verdade tem problema no intestino.

Pessoas com artrites, doenças autoimunes e problemas psicológicos, podem ser todos relacionados ao leaky gut. Como o intestino é o segundo cérebro, problemas nesse órgão podem ser a origem de problemas mentais e psicológicos.

Como isso aconteceu ?

1. Estresse (Causam alteração no Ph e microbioma) .
2. Toxinas
1. Defensivos agrícolas
2. Indústria do plástico
3. Metais tóxicos (Umas das condições que levam ao intestino permeável e a intoxicação por metais tóxicos. Conheça a avaliação gratuita de metais na clínica HRI. No final do vídeo vai aparecer um link para você saber mais a respeito.)
4. Medicações. Dipirona e tylenol. Antibióticos. Crescimento de fungos e cândida
5. Mofo
3. Glúten, caseína e outras proteínas inflamatórias

Como fazer para reparar o dano ?

1. Glutamina
2. DGL (Licorice sem ácido glicirrizico)
3. Aloe vera
4. Caldo de ossos e patê de maçã orgânica
5. Probióticos sem prebioticos
6. Enzimas digestivas
7. Cloridrato de betaína
8. Dieta de eliminação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.