Boswellia serrata: Um potente anti-inflamatório natural

Boswellia serrata: Um potente anti-inflamatório natural

Boswellia serrata é uma árvore nativa da Índia que produz compostos especiais que apresentam fortes efeitos anti-inflamatórios e potencialmente anticâncer.

Muito antes da existência de medicamentos e suplementos para reduzir a inflamação, extratos derivados de diferentes espécies da árvore boswellia eram usados para tratar todos os tipos de condições inflamatórias.

A casca da boswellia contém uma resina rica em fitoquímicos, como os ácidos boswellicos, aos quais se atribui as principais ações medicinais.

Embora a Boswellia serrata seja provavelmente o tipo mais popular de boswellia usado para tratar vários distúrbios e sintomas, não é o único tipo.

Existem pelo menos três outras formas populares de boswellia: boswellia carteri, boswellia frereana e boswellia sacra.

Outras espécies também existem, embora sejam usadas com menos frequência em óleos e suplementos.

Os ácidos boswélicos regulam negativamente a expressão de moléculas de sinalização pró-inflamatórias, como as interleucinas, interferon (IFN) -γ e fator de necrose tumoral (TNF) -α.

Eles também inibem a ativação do fator nuclear kappa beta (NFκB), um fator de transcrição que leva a cascatas inflamatórias.

Além disso, os ácidos boswéllicos inibem a formação de espécies reativas de oxigênio (EROs) e proteases como a elastase, que desempenham um papel destrutivo na doença autoimune.

Assim, a boswellia mostrou-se promissora em distúrbios inflamatórios crônicos.

Boswellia serrata é abundante em benefícios, como reduzir a inflamação corporal e ajudar a tratar doenças como osteoartrite, artrite reumatoide e doença inflamatória intestinal. Também é um analgésico e pode ajudar a inibir a perda de cartilagem.

O extrato de Boswellia serrata é tão poderoso que hoje é considerado comparável aos anti-inflamatórios não esteroides AINEs.

Um estudo randomizado, duplo-cego e controlado por placebo sobre doença de Crohn ativa comparou o extrato de Boswellia serrata com mesalazina (é um fármaco utilizado no tratamento de doenças inflamatórias intestinais).

Ambas as intervenções provocaram reduções significativas no Índice de Atividade de Doença de Crohn e as análises estatísticas concluíram que a boswellia tinha eficácia equivalente à mesalazina.

Como a boswellia foi mais bem tolerada, os pesquisadores concluíram:

Considerando a segurança e a eficácia do extrato de Boswellia serrata, parece ser superior à mesalazina em termos de avaliação de benefício-risco

Os chineses usavam a boswellia como estimulante, pomada tópica para lesões, erupções cutâneas e feridas por hanseníase, enxaguantes bucal para problemas de boca e garganta e analgésico para desconforto menstrual.

Na Índia, a prática ayurvédica contava com a boswellia para ajudar no tratamento:

  • Artrite
  • Dores articulares
  • Colite ulcerosa
  • Bursite
  • Diarreia
  • Distúrbios urinários
  • Doenças nervosas
  • Dismenorreia
  • Gonorreia
  • Micose
  • Ulcerações
  • Feridas
  • Asma
  • Tosse

Os cinco maiores benefícios da Boswellia Serrata e os mais estudados atualmente incluem:

  • Reduzir a inflamação (principalmente em doenças inflamatórias intestinais)
  • Reduzir a dor nas articulações
  • Ajudar a combater o câncer
  • Acelerar a cura de infecções
  • Potencialmente prevenir doenças autoimunes

A melhor combinação natural para combater a inflamação

Boswellia Serrata e Cúrcuma são muito semelhantes em seus benefícios, e os pesquisadores acreditam que agentes anti-inflamatórios à base de plantas podem ser ainda mais protetores quando usados juntos.

Por isso gosto muito de usar em meu consultório, a combinação de Boswellia Serrata e Cúrcuma longa, com resultados bons no controle da inflamação crônica.

Como usar Boswellia Serrata

Se você preferir tomar boswellia em forma de suplemento, procure uma cápsula em pó de alta qualidade. Verifique o nome da espécie – Boswellia Serratta e evite marcas que usem aditivos e enchimentos artificiais.

Procure extratos padronizados que contenham pelo menos 37% de ácidos boswélicos, que podem ser rotulados como boswellina.

Porcentagens mais altas em torno de 65% ou mais são ainda mais puras e eficazes. Quando se trata de dosagens adequadas, depende da concentração do extrato e do nível de ácidos boswélicos presentes; portanto, comece sempre devagar e com cuidado, seguindo as instruções da embalagem e de seu médico.

As seguintes dosagens de boswellia são frequentemente recomendadas, embora dependa de seus objetivos específicos e da condição de saúde atual:

Para diminuir a inflamação, tome 600 miligramas ao dia de boswellia padronizados (60 a 65 por cento de ácido boswélico), divididas em 3 tomadas.

Para tratar condições inflamatórias como artrite, osteoartrite, asma, dor crônica, doença inflamatória intestinal ou lesões, tente uma dose mais alta entre 900-1.000 miligramas por dia.

Se você estiver grávida ou amamentando, só use a boswellia com acompanhamento médico. Se você tiver alguma condição grave de saúde, procure seu médico para orientação.

REFERÊNCIAS:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11215357
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27671822
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20696559

Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Biotina – Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência

Biotina - Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência A Biotina (vitamina B7) faz parte do complexo de vitaminas B - um grupo de nutrientes essenciais necessários...

Esclerose Múltipla – Conheças as abordagens integrativas

Esclerose Múltipla - Conheças as abordagens integrativas A esclerose múltipla (ou EM) é uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central. EM afeta 2,5...

DHEA e seus importantes benefícios para sua saúde

DHEA e seus importantes benefícios Seu corpo produz naturalmente o hormônio desidroepiandrosterona (DHEA) na glândula adrenal. Alguns outros tecidos, como os testículos, por exemplo, produzem DHEA,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...