Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os sexos em hospitais e asilos.

As mulheres mais velhas geralmente têm mais incontinência do que os homens; no entanto, as faixas de incidência podem variar devido à relutância em relatar sintomas.

A incontinência urinária pode levar à diminuição da integração social, atividade, ansiedade, depressão, além da prevenção de medicamentos prescritos devido a efeitos colaterais.

Embora mais comum em populações mais velhas, a incontinência urinária não é uma consequência normal do envelhecimento, é tratável e pode ser reversível.

Assista meu vídeo sobre urina solta – incontinência urinária

Os 6 tipos de incontinência urinária

A incontinência urinária pode apresentar-se como aguda ou crônica, e ambas são potencialmente reversíveis dependendo da causa básica.

As seguintes classificações diferenciam cada tipo:

01 – Impulso ou urgência

Mais comum em idosos, a incontinência de impulso é caracterizada por um forte desejo de urinar mesmo quando a bexiga não está cheia, resultando em vazamento involuntário.

02 – Estresse ou esforço

Caracterizada pela urinação após um aumento repentino da pressão intra-abdominal, a incontinência do estresse envolve disfunção do esfíncter interno e/ou hipermobilidade uretrais.

Pacientes normalmente experimentam sintomas de incontinência durante uma tosse, espirro, risada ou exercício.

03 – Misto

Uma combinação de incontinência de impulso e estresse, a incontinência mista é o tipo mais comum relatado para as mulheres em geral.

04 – Estouro ou transbordamento

Mais comum em homens idosos devido ao aumento da próstata, a incontinência do transbordamento também afeta as mulheres e é marcada pela incapacidade do paciente de esvaziar totalmente a urina.

Esta condição aumenta a chance do paciente desenvolver uma infecção do trato urinário.

05 – Funcional

Causada por outras doenças, incapacidades, medicamentos ou condições que resultem em redução da capacidade de armazenamento da bexiga, a incontinência funcional é definida por perda de urina involuntária sem disfunção do trato urinário.

06 – Reflexo

Marcada pela falta de sensação de necessidade de urinar, a incontinência reflexo ocorre com comprometimento neurológico mais grave e pode ser causada por lesão no cérebro ou medula espinhal, complicações de cirurgia ou radiação, ou condições como esclerose múltipla ou doença de Parkinson.

Tratamentos

Uma vez feito um diagnóstico, o tratamento para incontinência urinária varia de acordo com o tipo e a causa básica.

Tratamentos Convencionais

Os tratamentos farmacológicos convencionais incluem agentes anticolinérgicos, antagonistas alfa-adrenérgicos, terapia de substituição de estrogênio e injeção de toxina botulínica-A.

Estes medicamentos trazem, porém, uma série de efeitos colaterais, e o tratamento com a toxina botulínica tem duração de apenas seis meses, o que torna o tratamento caro.

Existe também o tratamento cirúrgico com slings pubovaginais que suspendem a uretra média com o uso de próteses com grande eficácia, 85% de cura e 90% de satisfação.

Há um risco, embora raro, de infecção e deslocamento da prótese que pode levar a outra cirurgia.

Tratamentos naturais para incontinência urinária

Existem tratamentos naturais que são eficazes e que podem ser adaptados às necessidades e padrão de sintomas do paciente individual.

Os medicamentos à base de plantas são muitas vezes úteis.

A escolha dos nutracêuticos deve ser baseada na apresentação de sintomas, bem como quaisquer dados laboratoriais disponíveis.

01 – Extrato de semente de abóbora (para incontinência em mulheres)

  • Tem efeito direto na musculatura pélvica;
  • Aumenta o teor de anabólicos na parede da musculatura pélvica, aumentando a força muscular desta região;
  • Aumenta a testosterona;
  • Aumenta o óxido nítrico que melhora o relaxamento da bexiga na contração muscular;
  • 40-50% de melhora nos sintomas;
  • Sem efeitos colaterais;

02 – Chá de cavalinha e Catraeva tapia

  • São também usados para tratar incontinência e infecção urinária;
  • Não temos estudos científicos comprovando a eficácia.

03 – Saw palmetto (para incontinência em homens)

  • Usado para tratamento de próstata grande e incontinência urinária;
  • Diminui o tamanho da próstata e melhora a micção;
  • Não pode ser usado por mulheres.

04 – Podemos considerar também

  • Revisar o tipo e o volume de ingestão de fluidos o que eliminará ou reduzirá o número de episódios de incontinência;
  • Exercícios de Kegel para fortalecer a musculatura pélvica com encaminhamento a um fisioterapeuta para biofeedback. Ao medir a pressão do assoalho pélvico durante os exercícios, os pacientes aprendem a fazê-los corretamente, maximizando suas chances de sucesso;
  • Eletroestimulação funcional do assoalho pélvico para aumentar o fluxo sanguíneo, melhorar a musculatura e condução nervosa, combinada com exercícios kegel;
  • Encaminhamento para acupuntura e/ou terapia auricular. Elas podem ser úteis quando usadas em conjunto com outras terapias.
36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Multivitamínicos e minerais – Dicas para otimizar a absorção

Multivitamínicos e minerais - Dicas para otimizar a absorção Vamos falar a respeito dos melhores horários e esquemas para uso de multivitamínicos e minerais. Para otimizar...

Polifarmácia e depressão

Polifarmácia e depressão Não posso deixar de abordar esse tema, a "Polifarmácia", pois cada dia recebo mais e mais pacientes no consultório com quadros de...

Vitamina B6 – Sintomas de sua falta e do seu excesso

Vitamina B6 sintomas de sua Falta e do seu excesso Você sabia que o excesso de vitamina B6 pode ser tão prejudicial quanto a sua...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect