Fibrinogênio – Exame importante para sua saúde

Fibrinogênio – Exame importante para sua saúde

Você quer conhecer a importância do fibrinogênio como marcador inflamatório e a implicação para a sua saúde? Leia esse artigo ou assista ao vídeo até o final.

Mas que raios é fibrinogênio?

É uma proteína, um fator de coagulação, também chamado de Fator I, que é essencial para a formação dos coágulos sanguíneos.

Então se você se cortasse e não tivesse isso no seu sangue, certamente iria sangrar até a morte. Então é fundamental à vida.

Mas como tudo na vida, nem tanto ao mar nem tanto a terra, precisa de um equilíbrio. De menos é péssimo, de mais é ruim também.

Ele é produzido no fígado e depois vai para o sangue, então doenças do fígado graves podem afetar a sua produção.

Desnutrição grave e doenças genéticas raras também são causas da baixa dessa proteína.

Mas o que os médicos veem muito mais frequentemente na prática, são níveis altos ou próximo do limite superior no dia a dia.

E as causas do fibrinogênio alto?

  1. Inflamação;
  2. Infecções;
  3. Câncer;
  4. Doença coronariana e infarto;
  5. Trauma;
  6. Fumo.

Calma, meu querido ou querida, na maioria das vezes esse aumento vai baixar rapidamente e deve ser alguma infecção ou inflamação que você pegou.

Então muita calma nessa hora, ok?

Se a sua concentração de fibrinogênio estiver elevada devido a um processo inflamatório agudo, provavelmente voltará ao normal assim que a condição for resolvida.

Se é devido a alguma doença mais grave, como artrite reumatóide, é importante atuar nas causas para reduzir esse marcador.

Assista nossos vídeos sobre alimentação saudável, exercícios físicos e alterações no estilo de vida.

Como baixar o nível de fibrinogênio?

Duas intervenções podem ajudam a baixar o nível de fibrinogênio, entre elas o uso de ômega 3 em boas doses e outra é o uso da nattokinase.

Assista meu vídeo sobre esse interessante suplemento nattokinase.

Algumas drogas ou medicações podem reduzir os níveis de fibrinogênio, como é o caso dos anabolizantes, dos remédios para convulsões ou epilepsia gardenal ou fenobarbital, e o depakene ou ácido valpróico.

Os top 25 fatores de risco para doença cardiovascular

O fibrinogênio é um dos top 25 marcadores de doença cardiovascular, e também dos vasos, e isso inclui infarto, AVC e tromboses.

Infelizmente, aparentemente a maioria dos médicos só pensa em colesterol quando está analisando o risco cardiovascular de seus pacientes.

Acessar o link alaindutra.com/top25 e mostrar para o seu médico se quiser.

Só tenha tato na hora de fazer isso para não criar atrito, seja educado e respeitoso ok?

Eu te convido a assistir o vídeo em que discutimos os top exames que os médicos as vezes esquecem de pedir nos checkups.

Artigos e estudos

Um artigo tipo metanálise, que é um dos níveis mais altos de qualidade de estudos científicos, do ano de 1999, revelou que quem tinha os maiores níveis de fibrinogênio no sangue, perto do limite superior da normalidade tinha duas vezes mais risco de doença do coração do que o pessoal no limite inferior da normalidade.

Cada aumento de cinquenta miligramas por decilitro aumenta em trinta por cento o risco.

O problema é que o fibrinogênio alto ou perto do limite superior do normal engrossa o sangue, deixa grosso, usando o palavreado mais simples para você entender.

E também aumenta a ação dos radicais livres na parede das células, chamado no linguajar médico de peroxidação lipídica.

Um estudo de 2002 da American Heart Journal mostrou resultados parecidos.

Então é importante que o fibrinogênio esteja entre o seus exames de checkup, pelo menos uma vez por ano.

Converse com jeitinho com seu médico, ok?

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

1 COMENTÁRIO

  1. Dr. Alain, meu exame deu fibrinogênio baixo (100), mas seu artigo apenas citou que baixo é péssimo, mas não explicou as implicações do nível baixo. Quem sabe sai um artigo sobre isso! Grato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O que é Alergia e Rinite Alérgica?

O que é Alergia e Rinite Alérgica? A principal função do nosso sistema imunológico é nos proteger de antígenos (substâncias estranhas ao organismo que desencadeiam...

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária - 6 tipos mais comuns e tratamentos A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os...

Hormônios e ligação com Artrite

Hormônios e ligação com Artrite As doenças autoimunes são mais comuns em mulheres do que em homens e as condições inflamatórias autoimunes artríticas têm tendência...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect