Produtos Íntimos Femininos: Conheça o problema e as alternativas naturais

  • Será que essa onda de produtos de higiene pessoal “naturebas” é tudo frescura ou talvez um novo jeito de ganhar dinheiro ? Acompanhe esse vídeo até o final e tire suas próprias conclusões.
  • Considere que a pele e mucosa da região íntima é altamente absorvente e considerado um método eficiente para distribuir drogas para todo o organismo, ou seja tudo que entra em contato lá é facilmente absorvido e cai na circulação do corpo todo.
  • Por que devemos nos preocupar com a exposição a produtos femininos? A maioria das mulheres só usa absorventes e outros produtos íntimos por apenas alguns dias todos os meses, mas quando você acumula isso ao longo de três décadas de anos reprodutivos, isso vai significar de 2.000 a 4.000 dias na vida de uma mulher.
  • Você provavelmente pensa que esses produtos que ficam em contato direto com as suas mucosas altamente absortivas não podem ser assim tão ruins, que existem órgãos regulatórios do governo responsáveis por vigiar e não permitir abusos. O fato concreto é que mesmo nos países mais desenvolvidos existe uma frouxidão nessas liberações. As mulheres precisam estar cientes de que a exposição a toxinas de fontes inesperadas ainda pode ter um impacto significativo em sua saúde, e os produtos femininos não são exceção.
  • A maioria das toxinas encontradas em produtos femininos não são facilmente decifráveis ao apenas ler o rótulo. Vamos aqui conversar sobre produtos químicos que facilmente podem estar nos produtos não orgânicos, já que as companias não são totalmente abertas a respeito.
    1. Ftalatos: Encontrados em tampões vaginais perfumados, ele tem ação disruptora endócrina, o que significa que se liga a receptores hormonais e bloqueia a ação dos hormônios naturais.
    2. Dioxinas: Você sabe como esses tampões e absorventes são tão branquinhos ? As dioxinas são substâncias químicas que aparecem como resultado do processo de branqueamento, e estão associadas a perturbações hormonais e autoimunidade.
    3. Mercúrio: Embora ninguém esteja adicionando de propósito o mercúrio aos produtos femininos, ele pode ser encontrado em absorventes e tampões porque é um subproduto do processo de fabricação e branqueamento, e está associado à danos dos sistemas nervoso, imunológico e digestivo.
    4. Glifosato: O algodão, um dos principais ingredientes dos tampões e absorventes, é uma das principais culturas de transgênicos que são fortemente tratadas com o glifosato. O glifosato é um dos piores e mais utilizados agrotóxicos disponíveis. Um estudo descobriu que 85% dos tampões não orgânicos continham glifosato.
    5. Rayon: É uma fibra manufaturada derivada da reconstituição da celulose, cuja principal origem é pó de serragem. A origem pode ser natural, mas é uma manipulação não encontrada na natureza. O contato prolongado com o Rayon pode provocar uma doença chamada síndrome do choque tóxico. Os tampões recebem uma etiqueta de aviso de que não devem ser deixados por mais de oito horas por causa disso. O sintomas dessa síndrome são febre, erupção cutânea, pressão baixa, vômitos, diarréia e até convulsões.
    • 6. Fragâncias sintéticas: Elas são usadas para mascarar odores, como em produtos femininos. O problema com isto é que só porque algo cheira limpo e fresco não significa que é. Os produtos químicos usados em fragrâncias são geralmente de propriedade intelectual e com composição protegida e não precisam ser divulgados, o que significa que você não faz ideia do que está inalando, ingerindo ou inserindo. Algumas fragrâncias contêm até substancias cancerígenas conhecidas.
  • Mais quais são as consequências do uso desses químicos ?
    • 1. Mais infecções: Produtos químicos e ingredientes sintéticos encontrados em produtos femininos aumentam o risco de infecção por fungos ou bactérias na região genital, porque a presença desses materiais não naturais interrompem o equilíbrio normal e saudável.
    • 2. Risco de câncer: Apesar de que a maioria das empresas nega que seus produtos ou ingredientes sejam carcinogênicos, as dioxinas e outros componentes dos produtos de higiene feminina têm componentes causadores de câncer.
    • 3. Danos Reprodutivos: Todas as exposições cumulativas que uma mulher enfrenta diariamente de várias fontes diferentes podem trabalhar juntas para atacar a fertilidade. Os receptores hormonais são sensíveis as perturbações e as mulheres correm risco devido ao uso dos produtos químicos encontrados nos produtos femininos.
  • O que nos faz concluir: As horas de exposição associadas ao volume de uso fazem dos produtos íntimos femininos uma das fontes mais significativas de exposição a produtos tóxicos.
  • Bem, uma queixa muito comum e de certa forma justificada, é que os produtos femininos orgânicos custam mais do que as versões não-orgânicas. Muitas pessoas reclamam que as empresas metem o rótulo orgânico só para poderem cobrar mais. A verdade é que os produtos são totalmente diferentes, e se você comparar com carinho vai entender o porquê.
  • Alternativas naturais existem para tudo, desde tampões e absorventes de algodão orgânico e que não são alvejados até produtos reutilizáveis e laváveis, para serem usados no período menstrual.
  • Embora muitas mulheres vejam a lavagem de produtos utilizados durante a menstruação como algo inconveniente e até nojento, todos esses produtos orgânicos e reutilizáveis foram projetados com cuidado pensando na saúde das mulheres e no meio ambiente. Então, explore as várias opções livres de produtos químicos e escolha um sistema que funcione melhor para você. Existem quatro marcas internacionais que trabalham com orgânicos: Seventh Generation, NatraCare, Maxim e The Honest Company. Desses quatro eu achei a Natracare facilmente disponível no Brasil. Mas temos disponíveis no Brasil uma boa marca nacional que foi fundada em 2013 por um jovem casal, essa empresa se chama Korui e ela fabrica coletores menstruais, absorventes reutilizáveis e calcinhas absorventes. Olhe aqui na descrição do vídeo o link do canal da bela que é uma YouTuber que fez parceria com a Korui e lançou uma linha desse tipo de produto.
  • Então vamos discutir com um pouco mais de detalhes os três tipos de produtos alternativos
    • 1.Absorvente reutilizável e protetor de calcinha – Esse tipo de produto funciona da mesma forma que os absorventes descartáveis, exceto que são feitas de algodão e são altamente absorventes. Estes também vêm em diferentes tamanhos e espessuras, e são projetados para serem lavados e reutilizados por vários ciclos. O processo de lavagem é descrito por cada empresa e é simples e higiênico. No Brasil a Korui vende esse tipo de produto. Também tem uma empresa chamada artemísia que trabalha com um versão com carvão de bambu. Eu vou deixar na descrição um link que explica com detalhes a manutenção desse tipo de absorvente.
    • 2.Coletores menstruais – Eles coletam o sangue menstrual e não absorvem. Podem ser usados com segurança por mais tempo do que os absorventes internos e não carregam o risco da síndrome do choque tóxico. Eles estão disponíveis em diferentes tamanhos e formas, e podem ser usados por vários ciclos, precisando apenas ser enxaguados antes de cada uso e lavados completamente no final do ciclo antes de serem armazenados até o próximo. Essas são ótimas opções para mulheres de qualquer idade. Vai ter um link também com o produto da Korui e com detalhes de como usar.
    • 3.Calcinhas absorventes – Os produtos orgânicos mais recentes são calcinhas especificamente projetadas para serem usadas durante a menstruação. Algumas são projetadas para serem usados sem quaisquer absorventes ou coletores adicionais, enquanto outras são feitos para serem usadas em conjunto com esses produtos. Eles são feitos de materiais altamente absorventes e à prova de vazamentos, e são projetados para durar por muitos anos. Também vou colocar um link com mais detalhes.
  • Se você conhece outras marcas de produtos íntimos orgânicos e quiser compartilhar suas experiências não deixe de deixar seu comentário abaixo.
  1. Canal da Bela
  2. Absorvente reutilizável
  3. Coletor menstrual
  4. calcinha absorvente
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Açafrão – 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas!

Açafrão - 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas!!! Comece a ingerir açafrão da terra todos os dias. Ele é também conhecido como...

Contaminação por Chumbo – Quão ruim é o chumbo para saúde humana?

Contaminação por Chumbo Quão ruim é o chumbo para saúde humana? Antes de responder vamos falar um pouco de história. Fatos históricos Pesquisas revelaram grandes concentrações de...

Vitamina D e Covid-19 – Principais estudos recentes

Vitamina D e Covid-19 - Principais estudos recentes Os principais estudos recentes sobre Vitamina D e Covid-19 são todos Fake news? Quando publiquei em abril um...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...