Vários atletas como Michael Phelps têm aparecido com estranhas marcas arrocheadas na pele.
Essas marcas são provocadas pela aplicação de copos ou ventosas na pele, a chamada ventosaterapia ou no termo inglês “Cupping”.
Trata-se de técnica antiga da medicina chinesa que pode estimular os músculos e aumentar o fluxo de sangue, e possivelmente, aliviar a dor. A prática tornou-se recentemente moda entre os atletas e celebridades.
Os copos ou ventosas são aplicados contra a pele , e é aplicado sucção através de vácuo que é criado através de aquecimento interno ou através do uso de uma bomba de ar .
” Quando você coloca suficiente sucção em qualquer parte do corpo , você tem uma equimose.”, disse Dr. Brent Bauer, diretor do Programa de Medicina Complementar e Integrativa da Mayo Clinic, em Rochester, Minnesota . ” Você está basicamente rompendo alguns dos capilares sanguíneos . ”
O interesse na ventosoterapia tem crescido desde de que suas marcas características começaram a aparecer em celebridades nos últimos dois anos, disse Dr. Houman Danesh , diretor do manejo integrativo de dor no Mount Sinai Hospital , em Nova York . Jennifer Aniston , Gwyneth Paltrow e Lena Dunham estão entre as celebridades que já ostentaram as contusões redondas típicas. Existem duas explicações, uma ocidental e outra oriental, para justificar o efeito terapêutico das ventosas. A justificativa oriental é de que a terapia ajuda a melhorar o fluxo de Chi, a força vital que corre por todo o corpo , diz Dr. Danesh . A idéia é colocar os copos em torno de determinadas áreas para liberar Chi estagnada ou bloqueada”, disse Dr. Danesh . “Imagine um rio que está bloqueado . Você faz as ventosas para remover o bloqueio . ”
Já a explicação ocidental sustenta que a ventosaterapia aumenta o fluxo sanguíneo e estimula as respostas naturais do corpo, para eliminar as toxinas ou reparar qualquer dano que foi feito. O aumento de fluxo também aumenta a oferta de oxigênio para as áreas envolvidas. Pode também melhorar a flexibilidade, soltando os músculos tensionados, melhorando a extensão de movimento do atleta assim como uma boa massagem faz. Alguns estudos pequenos sugerem que a técnica pode ter um efeito anti-inflamatório, ao aumentar os agentes antioxidantes e anti-inflamatórios na área aplicada, segundo Dr. Danesh.
Tanto a Mayo Clinic como o Mount Sinai oferecem este tratamento como parte de seus programas de medicina integrativa . Os Drs. Danesh e Bauer ambos dizem que têm pacientes satisfeitos com a prática.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.