• Varizes, micro varizes ou telangiectasias, ou “vasinhos” atingem homens e mulheres, mas são elas que mais sofrem. Predisposição genética, anormalidades dos tecidos conjuntivos, a redução na produção de colágeno, permanecer muito tempo numa mesma posição (sentado ou em pé), excesso de peso, falta de atividade física, gravidez, má alimentação são fatores importantes para o aparecimento.
  • As varizes podem também ser atribuídas, entre várias outras causas, à falta de vitamina K2, de acordo com um estudo realizado pelo “Journal of Vascular Research”. A proteína Matriz GLA (MGP) é um potente inibidor da calcificação vascular e necessita de carboxilação dependente da vitamina K2 para a sua atividade. Níveis elevados de MGP não carboxilado desfosforilado (dp-ucMGP) foram associados com deficiência de vitamina K2, calcificação vascular e também processos de varizes.
  • Existem duas formas de vitamina K:
    • A vitamina K1 é encontrada nos vegetais de folhas verdes
    • A vitamina K2 que apresenta algumas variações: MK 4, MK 7, MK 8 e MK 9. A forma mais importante é a MK 7, encontrada em Bife de fígado ou produtos fermentados como o natto.
  • Maior risco de deficiência de vitaminas do complexo K: Dieta pobre ou restrita – Doença de Crohn, Colite , Doença Celíaca e condições que interfiram na absorção do nutriente – Doenças hepáticas – Consumo de medicamentos como antibióticos, medicamentos para colesterol e aspirina.
  • O que fazer para tratar e prevenir?
    • Comer alimentos fontes de vitaminas k1 e k2, ou veja com seu médico a suplementação.
    • Vinagre de Maçã melhora a fluidez sanguínea, sendo um aliado contra o aparecimento das varizes.
    • Evitar o excesso de peso.
    • Praticar atividades aeróbicas com regularidade
    • Utilizar meias elásticas conforme recomendação médica
      #vitaminas #vitaminak #vitaminak2

#varizes #tratamentovarizes #emagrecimento #alimentaçaosaudavel #dralaindutra #medicinaintegrativa #ortomolecular #youtube