• O magnésio está envolvido na contração muscular, produção de ATP, que é a molécula de energia, na formação dos ossos, no reparo de DNA, necessário para ação hormonal; enfim, é até difícil encontrar algo em que o magnésio não está envolvido.
  • O problema é que é muito difícil descobrir se alguém está com deficiência de magnésio. Isso porque ele é um mineral que mora dentro das células e não fica boiando muito no sangue. E como você sabe, 99% dos exames por aí são de sangue. Existe um exame que mede a quantidade de magnésio dentro das células vermelhas do sangue, mas é caro, o convênio não cobre e o SUS não faz. Como fazer então ? O jeito é apelar para identificar sinais de que pode estar faltando magnésio no corpo. Outro detalhe importante que eu gostaria de dividir com vocês é que a necessidade diária de magnésio foi estipulada como 450 mg por dia, mas muitas autoridades questionam esses números e acreditam que deve estar em torno de 600 mg. Então é necessário ficar muito atento em relação a esse mineral
  • A falta do magnésio pode desequilibrar o cálcio e aumentar os seus níveis. E isso pode causar calcificação em partes moles e nas artérias, mais sobre aterosclerose assista o vídeo do card dentro do vídeo. Então, o que acontece no seu corpo quando os níveis de magnésio caem, mas não caem muito ? O se corpo vai priorizar o magnésio que resta para partes essencial como a produção de proteínas importantes, coisas que envolvem a sobrevivência imediata e não o reparo de longo prazo. Então estar deficiente de certos nutrientes a longo prazo vai comprometer a sua longevidade e qualidade de vida. Então vamos as grandes pistas que podem indicar que você pode estar deficiente de magnésio:
    • 1 – fadiga – isso porque o Mg está envolvido com a produção de energia, com a formação da molécula de ATP, que é a moeda energética do corpo.
    • 2 – câimbras nas batatas da perna ou nos pés, especialmente a noite.
    • 3 – hipertensão, porque sem o magnésio você nao terá a mesma elasticidade nas paredes das artérias e isso vai aumentar a pressão arterial.
    • 4 – Você passa a se sentir com os membros enrijecidos de manhã, infelizmente não é membro certo e sim os errados, braços e pernas.
    • 5 – Batimento cardíaco irregular, e nisso o potássio também está envolvido. Então pode ser uma combinação da falta dos dois. Então trata-se de uma palpitação, ou batimento descompassado do coração.
  • Mas, onde podemos conseguir o nosso magnésio do dia a dia ? As fontes alimentares são os vegetais verdes. O magnésio está no centro da molécula de clorofila que é o que faz o vegetal ter a cor verde. Então a solução é bem simples, coma duas saladas médias por dia e está resolvido. Ou se você não come seus vegetais faça suplementação com cloreto ou citrato de magnésio; e se estiver com fadiga ou doença crônica use uma forma quelada de magnésio como dimalato ou glicina. A forma treonato é mais apropriada para pessoas com distúrbios de memória ou de foco.
  • Para saber mais detalhes faça parte do grupo de apoiadores.
  • Existem 6 sinais de que pode estar faltando zinco no seu corpo, e você vai conhecer quais são eles se acompanhar esse vídeo até o final
  • O zinco é um mineral necessário em pequenas quantidades no corpo, menos de 100 mg por dia, então pode ser considerado um mineral traço. Quando a maioria das pessoas pensa em deficiência de zinco pode até pensar em acne, porque a maioria dos cremes de espinhas tem zinco na sua composição. Mas o zinco também está envolvido na sensação do paladar e do olfato, ou seja, a falta de zinco faz a pessoa não sentir tanto cheiro ou sentir o gosto dos alimentos. A falta desse mineral também tem haver com cicatrização inadequada de feridas e funcionamento inadequado dos testículos, isso faz produzir menos testosterona e os ovos podem diminuir de tamanho. Artrites e condições inflamatórias também tem haver com a falta do zinco.
  • Mas nesse vídeo vamos falar de outros sinais menos conhecidos da deficiência do mineral
    • 1 – Estrias em lugares incomuns
    • 2 – Cabelos e unhas frágeis
    • 3 – Manchas brancas nas unhas
    • 4 – Pressão alta, que também pode ser deficiência de magnésio e de potássio, mas uma possibilidade é o zinco
    • 5 – Extremidades frias
    • 6 – Nanismo
    • 7 – Perda de audição
  • E uma coisa importante. Muitas vezes você fica com deficiência de zinco não porque não ingeriu o mineral mas porque comeu açúcar, farinha ou alimentos processados demais, porque eles roubam zinco do seu corpo. Mesmo grãos integrais as vezes te ferram, porque eles contem algo chamado de fitato que é um tipo de fibra que se liga ao zinco e não deixa absorver. Cozinhar alguns alimentos pode também fazer perder o zinco. O excesso de estresse vai fazer perder zinco também. Problemas no fígado como cirrose ou excesso de gordura nesse órgão, diverticulite, intestino irritável, também pode prejudicar a absorção de zinco.
  • Mas qual é a importância do zinco ? Ele é o ajudante de muitas reações químicas no corpo, atua como cofator de enzimas, ajuda no reparo e na fabricação do DNA, na resposta imune do organismo, na função neurológica e na reprodução. Quando falta zinco no corpo um dos principais órgãos a sofrer é a pele, então um monte de doenças de pele tem haver com o zinco. Pode acontecer queda do sistema imune e o revestimento interno dos intestinos passa a funcionar mal.
  • Mas onde obter o zinco ? Frutos do mar é uma boa, especialmente ostras, algas marinhas, peixes em geral, fígado de boi criado de forma orgânica, vegetais e nozes também. É importante também evitar o açucar e alimentos processados como já falado nesse video.
  • Tem um teste muito interessante que você pode fazer na sua casa. Coloque um pouco de zinco na sua língua. Se sentir o gosto metálico está tudo bem. Se não sentir gosto nenhum está faltando zinco no seu corpo.
  • Para saber mais detalhes faça parte do grupo de apoiadores

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.