Equinácea – A erva antiviral que ajuda a combater gripes e asma

Equinácea – A erva antiviral que ajuda a combater gripes e asma

Você provavelmente deve ter ouvido na equinácea, que ganhou grande popularidade recentemente nesse tempos difíceis, devido aos seus efeitos antivirais.

Se você pesquisou ervas antivirais você também viu que ela também ajuda a combater o resfriado comum ou gripe, além do COVID-19 como eu disse em vídeos meses atrás.

Assista ao vídeo sobre tratamento natural do COVID-19

Além dos seus conhecidos efeitos antivirais, agora a equinácea está rapidamente se tornando conhecida por seus múltiplos usos e benefícios – desde o combate ao câncer até o alívio da dor.

E adivinha? Você não precisa necessariamente comprar suplementos de equinácea.

Você pode fazer seu próprio chá ou extrato e aproveitar as incríveis propriedades curativas desta planta.

Conheça a equinácea

Trata-se de uma planta nativa da América do Norte que foi descoberta e usada como remédio tradicional por mais de 400 anos pelas tribos indígenas das Grandes Planícies.

Classificada tecnicamente como uma erva, várias espécies da planta equinácea são utilizadas para fazer remédio a partir de suas flores, folhas e raízes.

Antes da introdução dos antibióticos, a equinácea tinha um grande status medicinal.

Após a mudança em direção a medicina feita com produtos químicos da indústria farmacêutica, especialmente após o relatório Flexner nos EUA, e a descoberta da penicilina, os antibióticos se tornaram o padrão, e a equinácea perdeu muito de sua popularidade e uso.

Desde então tornou-se mais uma planta ornamental devido a sua beleza.

Propriedades da equinácea 

Muitos dos constituintes químicos da equinácea são, na verdade, poderosos estimuladores da imunidade e podem ter grande valor terapêutico.

Alguns você provavelmente já conhece, como óleos essenciais, flavonóides, inulina, polissacarídeos e vitamina C.

Na Alemanha, as ervas terapêuticas são regulamentadas pelo governo, e a equinácea é aprovada como remédio natural para:

  • Infecções do trato urinário;
  • Infecções do trato respiratório superior;
  • Resfriados;
  • Cicatrização de feridas.

Principais aplicações

Vamos agora citar as principais aplicações dessa maravilhosa planta.

1 – Combate do câncer

Uma pesquisa fascinante sobre os benefícios da equinácea em relação ao câncer cerebral foi publicada pelo National Institutes of Health americano.

Os pesquisadores afirmam que “é claramente evidente o valor medicinal dos fitoquímicos contidos na equinácea e indica que esses agentes, bem como os fitoquímicos ainda não descobertos em outras ervas, podem ser ferramentas valiosas para combater tumores”.

O uso de equinácea como outra alternativa de tratamento do câncer está agora sendo estudado, e em breve, deverá ser recomendado em conjunto com tratamentos mais convencionais, de acordo com os pesquisadores.

2 – Resfriados e gripes

Foi publicado recentemente um estudo de meta-análise da University of Connecticut, revista Lancet Infectious Diseases.

Esse trabalho avaliou os efeitos da equinácea ao agregar 14 estudos diferente.

As conclusões foram de que a Equinácea pode reduzir as chances de pegar um resfriado comum em 58%.

E também que a Equinácea reduz a duração do resfriado comum em quase um dia e meio.

Parece que 10 miligramas de equinácea por quilo de peso corporal, ingerido diariamente durante um período de 10 dias, é eficaz como estimulante da imunidade.

Além disso, o jornal médico Hindawi publicou material sugerindo que a equinácea interrompe os resfriados virais.

3 – Alivio da dor

É um analgésico especialmente eficaz para vários tipos de dor, como:

  • dor intestinal
  • dores de cabeça;
  • dor por infecção pelo herpes;
  • dores associada à gonorréia;
  • dor associada ao sarampo;
  • dores de garganta;
  • dor de estômago;
  • Amigdalite;
  • Dor de dente.

Algumas maneiras comuns de uso é beber chá de equinácea ou fazer uma pasta com a erva seca e esfregá-la diretamente na área afetada.

No final vou ensinar como fazer o chá, é super fácil.

4 – Ação como laxativo

Como muitas ervas, a equinácea é particularmente benéfica para o estômago e todo o trato digestório.

De acordo com a Medical Herbalism, por exemplo, a equinácea demonstrou funcionar como um laxante suave que proporciona alívio da constipação e atua como um agente calmante.

Beber o chá de ervas é especialmente eficaz para ajudar nisso.

Para constipados crônicos, uma xícara de chá todos os dias pode ajudar a soltar os intestinos – enquanto 2–3 xícaras por dia podem ajudar em crises agudas, se usado por poucos dias.

5 – Ação anti-inflamatória

Conforme explicado pela Universidade da Columbia Britânica, o consumo regular de equinácea pode reverter e aliviar efetivamente vários tipos de inflamação.

Produtos que contêm equinácea podem até ajudar no tratamento de uveíte também conhecida como inflamação ocular.

Pode ajudar em inflamações de juntas, como artrite reumatóide, e nesse caso recomenda-se consumir regularmente o chá de ervas para reduzir a inflamação sistêmica, do corpo todo.

6 – Melhora os problemas da pele

A equinácea também beneficia a pele, incluindo a melhora da hidratação da pele e a redução das rugas.

A pesquisa mostra que o uso de produtos para a pele contendo extratos de plantas pode ajudar a melhorar a saúde da pele.

Além disso, não apresentou efeitos colaterais, como irritação na pele.

Pode ser usada para:

  • Cicatrizar lesões;
  • Como desinfetante de abcessos;
  • Furúnculos;
  • Feridas superficiais;
  • Queimaduras;
  • Intoxicações como picadas de serpentes.

7 – Ajuda na saúde mental

Echinacea angustifolia é a espécie recomendada para ajudar com doenças específicas relacionadas ao TDAH.

Adultos e crianças que sofrem de TDAH têm uma chance maior do que o normal de sofrer distúrbios emocionais, especialmente ansiedade, depressão e fobias sociais.

Novamente, a dosagem é a chave.

É recomendado que as pessoas tomem apenas 20 miligramas de cada vez e não mais.

Na verdade, tomar mais de 20 miligramas por dose pode realmente cancelar os benefícios da equinácea que aliviam a ansiedade.

8 – Alívio de sintomas respiratórios

Por causa de seus efeitos de reforço imunológico e antiinflamatórios, pesquisas indicam que a equinácea pode funcionar para melhorar os seguintes sintomas respiratórios superiores:

  • Sinusite aguda;
  • Gripes;
  • Asma ou bronquite;
  • Resfriado comum;
  • Crupe
  • Difteria;
  • Inflamação;
  • Amigdalite;
  • Tuberculose;
  • Coqueluche.

Na verdade, em um estudo clínico de pessoas com asma, a equinácea agiu de forma semelhante às drogas sintéticas clássicas no tratamento da asma.

A equinácea mostrou efeitos broncodilatadores e antiinflamatórios que são muito bons para asma.

Para problemas leves, o chá é apropriado.

Já para problemas mais graves, os suplementos são a melhor opção, já que beber chá, por exemplo, pode não ser concentrado o suficiente.

9 – A equinácea também é um remédio fantástico para uma série de infecções

Pode ajudar com herpes genital, como foi falado em artigo recente.

Além disso:

  • Doença gengival;
  • Mmalária;
  • Sífilis;
  • Febre tifóide;
  • Infecções urinárias;
  • Infecções vaginais por fungos.

Lembrando que no caso das doenças mais graves faladas nessa transmissão, nunca se automedique, faça em conjunto com um médico ou profissional de saúde.

Mas como usar a equinácea?

Ela é vendida em muitas formas diferentes, incluindo:

  • Extratos líquidos;
  • Ervas secas;
  • Cápsulas ou pílulas;
  • Chá.

o NIH recomenda que o uso diário é benéfico para a imunidade e a saúde em geral, para pessoas com infecções de repetição ou sistema imune comprometido.

Algumas fontes afirmam que a equinácea parece ser mais eficaz quando tomada assim que os sintomas aparecem, muitas vezes ao dia, durante sete a 10 dias.

Também se acredita que as formas líquidas de equinácea podem ser mais eficazes do que as cápsulas, e isso se deveria à maior taxa de absorção.

Como fazer um chá de equinácea

O chá de equinácea é uma ótima solução para tomar em casos de gripe e resfriados, pois alivia os sintomas como tosse e coriza.

Os ingredientes são:

  1. 1 colher de chá de raiz ou folhas de equinácea;
  2. 1 xícara de água fervente.
  3. O modo de preparo é colocando 1 colher de chá da raiz ou folhas da Equinácea em uma xícara de água fervente.
  4. Deixar repousar por 15 minutos
  5. Coar e beber 2 vezes por dia.

No caso de problemas de pele, faça compressas de equinácea.

  1. Use uma pasta uma à base de raízes e folhas de equinácea.
  2. Os ingredientes são folhas e raízes de equinácea;
  3. Um pano umedecido com água quente;
  4. O modo de preparo é amassando as folhas e raízes com a ajuda de um pilão, até formar uma pasta;
  5. Em seguida, deve-se aplicar na zona afetada com o auxílio de um pano umedecido com água quente.

E os efeitos colaterais possíveis?

É importante saber que pode haver efeitos ruins no uso da equinácea em excesso.

Em alguns casos, altas doses de extratos de plantas às vezes podem causar náuseas e tonturas, principalmente em quem tem alergia.

Portanto, não é considerado seguro usar equinácea para o tratamento de alergias sazonais, aquelas de dão na primavera, por exemplo.

Outros efeitos colaterais são febre passageira, e gosto desagradável na boca.

A erva está contraindicada no caso de alergia as plantas da família Asteraceae, assim como para pacientes com:

  • HIV;
  • Tuberculose;
  • Colagenose;
  • Esclerose múltipla.

É importante não exceder a ingestão de quantidades seguras recomendadas.

Para evitar o uso excessivo, faça uma pausa a cada poucas semanas se estiver usando todos os dias de forma prolongada.

Se você que está acompanhando essa live tiver alguma observação ou sugestão, deixe aqui nos comentários.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Como ficar muito tempo sentado pode afetar a sua saúde

Como ficar muito tempo sentado pode afetar a sua saúde Você passa muitas horas sentado? Você sabia que esse hábito pode lhe trazer inúmeros problemas...

Conheça os 6 tipos de Alzheimer

Conheça os 6 tipos de Alzheimer De acordo com dados atualizados, há uma estimativa de que existam 35,6 milhões de pessoas com Alzheimer no mundo,...

Acetilcolina e a importância para a função cerebral

Acetilcolina e a importância para a função cerebral Você tem tido dificuldade para se focar em algo? Ou anda se esquecendo de mais coisas do...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect