Óleo de Copaíba versus Canabidiol. Qual seria o melhor?

Óleo de Copaíba versus Canabidiol. Qual seria o melhor?

Dois óleos que foram muito comparados nos últimos anos foram os óleos de CBD e o óleo essencial de copaíba porque ambos atuam em receptores canabinóides semelhantes.

Mais qual seria o melhor? Acompanhe o artigo ou assista ao vídeo até o final e chegue a sua conclusão.

Nesse vídeo nós iremos comparar o CBD que é o derivado daquela planta que rima com pamonha com o óleo de copaíba.

Vocês vão me desculpar eu não ser mais claro do que isso porque já tive vídeo sobre esse assunto bloqueado pelo Youtube. Mas eu acho que vocês entenderam.

Eu vou apresentar aqui duas visões sobre o tema e deixar você decidir a respeito.

Óleo de Copaíba x CBD

Aqui nós vamos discutir duas visões, a primeira visão que puxa sardinha para a copaíba e a segunda visão que puxa sardinha para o CBD.

Quando se faz a comparação, ela é normalmente feita entre o beta cariofileno ou BCP presente em altas concentrações no óleo de copaíba com o óleo CBD.

Algumas fontes alegam ser ambas canabinóides e outras fontes alegam que não, que apesar do beta cariofileno estimular o sistema endocanabinóide ele de fato é um terpeno.

Então ao longo desse vídeo eu vou ficar falando de duas siglas o tempo todo, preste bem atenção – CBD vem da planta parecida com pamonha, aquela que os artistas gostam de queimar e o BCP ou beta-cariofileno vem do óleo de copaíba, entenderam?

Receptores canabinóides

Pra explicar a importância do CBD e o BCP, primeiro devemos explicar a importância dos receptores canabinóides do nosso cérebro.

Os receptores canabinóides estão nos órgãos, tecidos, cérebro, glândulas e células do nosso sistema imunológico e seu objetivo é a homeostase, que é a estabilidade que o nosso corpo precisa para realizar suas funções adequadamente.

Temos no nosso corpo 2 tipos diferentes de receptores canabinóides, o CB1 e o CB2. O CB1 prevalece no tecido nervoso, no cérebro, medula espinhal e algumas glândulas e o CB2 prevalece no sistema imunológico, endócrino e no sistema digestivo.

As vezes nossos tecidos podem possuir os 2 receptores. O CBD é muito utilizado porque possui propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, anti-convulsivas e ansiolíticas, porém, apesar dos benefícios, não consegue ser totalmente isolado do THC (TetraHydroCannabinol), ou seja, sempre vai ter um restinho de THC nos óleos CBD.

O THC é a substância responsável pelo efeito psicoativo da “pamonha”, que faz as pessoas se sentirem desorientadas, extremamente relaxadas e famintas.

Óleo de Copaíba x CBD – Primeira visão

A primeira visão defende que a copaíba seria melhor que o CBD.

Isso porque o BCP encontrado no Óleo essencial de copaíba, é uma substância diferente do CBD, mas afeta os mesmos receptores CB2, dando os mesmos benefícios, e sendo que as fontes que defendem a copaíba alegam que o BCP seria 200% mais eficiente que o CBD e sem os efeitos psicoativos.

A concentração de Betacariofileno no óleo essencial de Copaíba seria muito mais eficiente e possuiria ação direta nos receptores CB2 o que resultaria em uma absorção e efeito sistêmico mais relevante…

E o principal, seria DIRETA, ao contrário do Canabidiol, que utilizaria uma absorção por “efeito cascata”.

Estamos falamos aqui do óleo essencial de Copaíba, não estamos tratando dos óleos baseados na resina que são vendidos por aí.

Óleo de Copaíba – Vantagens

Outras duas grandes vantagens relativas da copaíba é a ausência dos problemas legais  e o menor custo.

A planta de onde é retirada o CBD tem grandes desafios regulatórios por ser considerada droga, e isso encarece o custo, devido a regulamentação excessiva.

Outra desvantagem é que o óleo CBD teria somente de 5 a 35% do princípio ativo, além de traços indesejados de THC, que é o que causaria o efeito psicotrópico.

E a copaíba não teria qualquer canabinóide com efeito psicoativo, além de ter concentração de cerca de 50% do CBD.

Óleo de Copaíba x CBD – Segunda visão

A segunda visão, de quem defende o uso do CBD preferencialmente ao uso da copaíba, se baseia principalmente no fato de que o CBD é mais estudado.

Eles defendem que os estudos da copaíba são ainda limitados a ciência básica e a estudos não controlados em humanos.

Uma frase que reflete isso é a seguinte, extraída de um artigo:  “Nos relatos de casos, indivíduos com dor nas articulações e inflamação que usaram copaíba relataram resultados favoráveis, no entanto, essa hipótese é promissora, mas ainda não comprovada.”

Essa visão também reconhece que a copaíba é rica em beta-cariofileno, que demonstrou capacidade anti-inflamatória. No entanto, alega que, como remédio anti-inflamatório, não se compara com o óleo CBD.

Isso ocorreria, segundo essa visão, porque o CBD tem como alvo a inflamação de muitas maneiras diferentes além dos terpenos do beta-cariofileno.

Talvez mais estudos mostrem que a copaíba seria igual à CBD a esse respeito, mas, no momento, essas alegações não foram confirmadas.

Essa visão também alega que ingerir muito óleo de copaíba pode causar náuseas, vômitos e problemas gastrointestinais, que é uma experiência semelhante à intoxicação alimentar, enquanto a tolerância ao CBD seria bem maior, sendo que em alguns casos até a dose de 1000 mg de óleo de CBD seria tolerada.

Essas fontes também dizem que os sites de óleos essenciais referem-se erroneamente ao beta-cariofileno que está presente no óleo de copaíba como um canabinóide, que na verdade ele seria um terpeno, mas mesmo eles reconhecem que o beta cariofileno se liga aos receptores canabinóides.

Óleo de Copaíba x CBD – Qual seria a conclusão?

Escolha qual a visão que você considera mais coerente.

A minha visão pessoal é a de que pelo menos no Brasil temos acesso mais fácil e barato ao óleo essencial de copaíba e eu tentaria utilizá-lo primeiro antes de optar pelo CBD, a não ser que a indicação fosse para um problema de saúde que foi somente documentado eficácia com o CBD.

Aí nesse caso optaria por esse derivado da “pamonha”.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

8 COMENTÁRIOS

  1. muito interessante….mas não entendi a referência sobre a diferença “de resina vendida por aí” e o óleo essencial da Copaíba..sendo que o óleo da Copaíba é retirado do cerne, portanto é óleo resina retirada à frio in natura..óleo essencial se faz por arraste a vapor, ou por hidrodestilação, ou supercrítico CO2….nunca soube que se extrai óleo essencial de Copaíba por arraste a vapor… a menos que se destile o óleo resina exudado..embora não faça muito sentido..rs

  2. Dr Alain Dutra, boa noite!
    Li recentemente um estudo do Canadá que relaciona um aumento na propabilidade de uma criança nascer autista se a mãe ingerir maconha durante a gestação. A pesquisa não cita um componente responsável, nem se focou em gestantes que já usavam rotineiramente. Se essa pesquisa estiver correta, levando em conta que existe uma possibilidade de uma pessoa autista ter um filho não autista, o consumo de canabidiol a longo prazo não poderia diminuir ou até impossibilitar a mulher gestar filhos neurotípicos?
    Sou AAF

      • Dr. Alain, mas se não se sabe qual das 400 substâncias presentes no CBD que poderia aumentar a possibilidade, como afirmar que não se trata da que está presente no óleo? Qual estudo que pode garantir isso? A pesquisa não atribui o aumento ao THC, por exemplo. Para ter certeza que a substância que consta no óleo pode estar associado, era necessário um estudo com cada uma das substâncias isoladas, não acha? Do contrário ninguém pode dizer que seguramente o óleo não possa aumentar essa possibilidade.
        Agora se existe estudos do CBD nesse sentido, gostaria de saber onde posso encontrar.
        Se existe uma dúvida, ou se falta um estudo nesse sentido, não me parece razoável recomendarem o uso. Era mais fácil focarem os estudos na copaíba, não acha?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Fosfatidilserina para melhora da Atenção, Concentração e memória

Fosfatidilserina para melhora da Atenção, Concentração e memória A fosfatidilserina combate o declínio na memória e nas habilidades de pensamento que podem ocorrer com o...

Como ficar muito tempo sentado pode afetar a sua saúde

Como ficar muito tempo sentado pode afetar a sua saúde Você passa muitas horas sentado? Você sabia que esse hábito pode lhe trazer inúmeros problemas...

Conheça os 6 tipos de Alzheimer

Conheça os 6 tipos de Alzheimer De acordo com dados atualizados, há uma estimativa de que existam 35,6 milhões de pessoas com Alzheimer no mundo,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect