O cansaço é uma das reclamações mais comuns entre os pacientes que procuram clínicos gerais. Estudos apontam que entre 20% e 50% da população mundial relata sofrer de fadiga, em níveis variados de intensidade, frequência e duração.

Alguns dos fatores associados com o cansaço crônico são o estilo de vida muito atribulado, com horas extras exageradas dedicadas ao trabalho e conflitos entre os desejos e crenças e o ambiente laboral. Também estão associados a dificuldade para dormir, alimentação inadequada e sedentarismo. Outros fatores são a vulnerabilidade orgânica, genética ou psicológica, que também aumentam a predisposição a essas doenças.

Existem algumas causas de fadiga crônica que a maioria dos médicos desconhece ou se esquece de investigar. É muito comum o diagnóstico equivocado de depressão ou fibromialgia. Em muitos casos esses médicos iniciam tratamento inadequado com antidepressivos, sem melhora do quadro. Os pacientes ficam sujeitos ainda aos efeitos colaterais das medicações.

Entre as causas frequentemente negligenciadas estão:

A depressão e fibromialgia só devem ser consideradas após o paciente ter sido extensivamente avaliado para as causas da lista acima.

O problema é que os convênios frequentemente atrapalham muito, não autorizando os exames necessários.

Se você sofre disto provavelmente já foi em muitos médicos e não teve esse problema resolvido. Procure um médico na linha da medicina integrativa.
Dr. Alain Dutra – Médico 🖥 https://alain.med.br

Lives e textos sobre saúde e qualidade de vida. 📱Instagram @dralaindutra

Facebook.com/dralaindutra

Clínica HRI – Av. Industrial 780, Ed. Jd Park Business, salas 2401, 2412, 2413, 2414, bairro jardim, Santo André, SP

#ortomolecular #dralaindutra #habitossaudaveisdevida #habitossaudaveis #qualidadedevida #obesidade #emagrecimento #urologiadescomplicada #medicinafuncional #resultados #produtividade #sucesso #movimento11#medicinaintegrativa #fadiga #fadigacronica #fibromialgia #fadigaadrenal #hipotireoidismo #depressao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.