Blue Zones – Conheça os nove segredos dessas regiões

Blue Zones – Como ter uma vida longa e saudável

As chamadas blue zones são as regiões do Mundo onde as expectativas de vida são as mais altas do Mundo. Essas regiões apresentam alguns segredinhos.

Você quer saber quais são os nove segredos para uma vida longa e saudável?

Nos Estados Unidos, a expectativa média de vida é de 78 anos. No Brasil são 75 anos.

Mas existem alguns lugares no mundo – especificamente:

  • Okinawa no Japão;
  • Sardenha na Itália;
  • Nicoya na Costa Rica;
  • Icaria na Grécia

Lugares onde viver com mais de 100 anos não é incomum. Nessas regiões, conhecidas como zonas azuis, ou blue zones, as expectativas de vida não são apenas maiores.

Os centenários geralmente também são saudáveis, com mentes e corpos ainda funcionando bem.

Conheça os nove segredos dessas regiões do globo, as blue zones

O jornalista da National Geographic Dan Buettner passou anos estudando cada cultura, identificando as razões exatas pelas quais elas prosperaram antes de publicar suas descobertas no best seller já traduzido para o português, cujo nome é zonas azuis: A solução para comer e viver como os povos mais saudáveis do planeta.

O link para você adquirir este livro sobre as blue zones

Buettner descobriu que, apesar das diferenças geográficas, todas as pessoas que vivem nas blue zones tinham nove hábitos-chave de estilo de vida em comum, que ele chamou de “Power nine”, é o que nós vamos discutir aqui.

1 – Mova-se naturalmente

Buettner descobriu que, em todas as comunidades das blue zones, o movimento fazia parte da vida cotidiana dos moradores.

Isso pode ser visto no interior da China. É possível ver centenários trabalhando nos campos e isso não é incomum.

Mas como podemos transportar isso para a nossa realidade de trabalhos sedentários?

Simples, faça uma decisão consciente para não usar cadeiras rolantes ou elevadores. Sempre que possível use escadas.

Evite o máximo possível usar o carro, vá por exemplo se possível até a padaria ou supermercado a pé.

Organize suas férias em torno de esportes, como bicicleta, caminhadas e esportes aquáticos. Faça um mínimo de 30 minutos de exercício três vezes por semana.

2 – Tenha uma missão

Ter uma noção clara do que por que você acorda de manhã está ligado a uma vida longa e saudável.

Quem tem um objetivo normalmente tem mais felicidade, e a felicidade está associada a uma saúde melhor.

Você precisa ter um motivo para sair da cama todas as manhãs. Algo que empurra e motiva você.

Pois sem propósito, é quase impossível manter comportamentos e estilo de vida saudáveis, que são propícios a uma vida longa e saudável.

Se seu objetivo é vencer doenças cardiovasculares ou câncer, ou mesmo viver uma vida longa e saudável, estudo após estudo comprova que ter uma missão é fundamental pra isso.

3 – Gerencie seu estresse

O gerenciamento de estresse é um dos pilares para uma vida longa e saudável. E nesse ponto a percepção do estresse é fundamental.

Se você vê o estresse como algo que o fortalece ou te aprimora, pode ser uma coisa boa.

Se você vê o estresse como algo destrutivo, é porque ele é.

Assista ao vídeo sobre estresse

 

4 – Coma até ficar 80% cheio.

No Brasil e na maior parte do Ocidente, porções generosas de alimentos são muito valorizadas.

Mas nas blue zones, assim como é comum no Japão, é muito comum parar de comer quando as pessoas estão quase cheias, e não quando você se sente farto de comida.

Ele também observou que a maior refeição do dia ocorreu no final da tarde ou no início da noite, várias horas antes de dormir.

Pesquisas científicas mostraram que comer tarde da noite está relacionado a ganho de peso prejudicial, o que vai com certeza prejudicar o tempo total de vida.

5 – Invista em um dieta com predomínio de vegetais.

Cortar açúcar, os alimentos processados e industrializados, e comer carnes com moderação, carnes vermelhas duas vezes por semana.

E comer peixes no mínimo duas vezes por semana. Comer vegetais e carnes orgânicas

6 – Consumo moderado de álcool.

Isso é muito polêmico, porque enquanto algumas fontes recomendam 2 doses por semana outras recomendam uma a duas taças por dia.

Mas o consumo precisa ser moderado e não intenso.

Segundo um estudo de 333 mil pessoas de 2017, o consumo moderado de álcool foi associado a diminuição de 20% a 30% de mortalidade.

7 – Vida em comunidade

Muitos estudos mostraram taxas mais baixas de pressão alta, obesidade, diabetes e possivelmente até câncer para pessoas com muitos amigos e relacionamentos amorosos em suas vidas.

Então se relacione o máximo possível. O sentimento de pertencimento a uma comunidade é de extrema importância. 

8 – Fique perto da família.

Nas blue zones, as famílias tendem a ser próximas, tanto geográfica quanto emocionalmente.

Gerações mais jovens nessas regiões valorizam e ajudam a cuidar das mais velhas.

O envelhecimento saudável exige uma rede próxima de amigos e familiares que compartilhem suas metas e valores de saúde. 

9 – Fé aumenta a longevidade.

As pessoas nas áreas das blue zones não só têm famílias e comunidades de apoio, como participam ativamente delas.

Para alguns, a fé pode ser a pedra angular de sua vida social, e isso pode proporcionar conforto e companheirismo por meio de um sistema de crenças compartilhadas.

A fé tem características interessantes, que geralmente envolve reuniões sociais freqüentes.

 
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Biotina – Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência

Biotina - Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência A Biotina (vitamina B7) faz parte do complexo de vitaminas B - um grupo de nutrientes essenciais necessários...

Esclerose Múltipla – Conheças as abordagens integrativas

Esclerose Múltipla - Conheças as abordagens integrativas A esclerose múltipla (ou EM) é uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central. EM afeta 2,5...

DHEA e seus importantes benefícios para sua saúde

DHEA e seus importantes benefícios Seu corpo produz naturalmente o hormônio desidroepiandrosterona (DHEA) na glândula adrenal. Alguns outros tecidos, como os testículos, por exemplo, produzem DHEA,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...