Conheça os benefícios do Óleo de mamona

  • O óleo de rícino também é conhecido como óleo de mamona, e nos países de língua inglesa como Castor oil. Ele fortalece os fios e combate a queda de cabelos. Acompanhe o vídeo a aprenda mais a respeito.
  • O óleo de rícino é o óleo extraído das sementes da mamona, uma planta bastante comum em nosso país. As sementes da mamona contém entre 40 e 50% de óleo. A semente em si é tóxica, mas o seu óleo, rico em ácido ricinoleico, não é tóxico.
  • O uso do óleo de mamona remonta aos antigos egípcios, além de ser comumente usada em práticas tradicionais de medicina ayurvédica.
  • Ao longo da história, o uso mais popular do óleo de mamona tem sido o tratamento de infecções da pele, diminuindo a constipação e aumentando a saúde do cabelo.
  • Quase 90% de seu conteúdo de ácidos graxos é um composto específico e raro chamado ácido ricinoleico. É produzido por prensagem a frio das sementes de mamona para extrair o seu teor natural de óleo. Vai aparecer aí na tela várias condições de saúde para as quais o óleo de rícino já foi utilizado.

Imagem enviada por usuário: image.png

  • Um dos principais órgãos alvo da ação benéfica do óleo de rícino é a pele, já que ele tem efeito emoliente, penetra na pele, hidratando e estimulando a produção de colágeno e elastina, prevenindo assim, rugas e linhas de expressão. Além disso, trata com eficácia acne, furúnculos, verrugas, pele seca e dermatites.
  • Em se tratando de cabelos, vai fortalecer os fios, combater a queda e a quebra, ativar a circulação do couro cabeludo, e ajudar no tratamento do caspa. Tem propriedades antifúngicas, e anti-bacterianas, hidrata e recupera os fios profundamente, além de encorpá-los. Isso porque é rico em ácidos graxos omega 6 e omega 9 cujo principal constituinte é o óleo ricinoléico. Também é rico em sais minerais e vitamina E.
  • Esse óleo condiciona e hidrata os cabelos, prevenindo pontas duplas. Por exemplo, se você tiver pontas duplas, misture o óleo de rícino com óleo de coco. Passe a mistura apenas nas pontinhas dos fios, deixe agir por 2 horas e lave os cabelos normalmente.
  • O óleo de de mamona apresenta muitos compostos naturais altamente benéficos que estimulam o crescimento capilar, e embora não seja uma solução definitiva contra a calvície, pode ser utilizado como um tratamento auxiliar para amenizar a perda de cabelo e fazer os cabelos crescerem mais espessos e fortes.
  • Então resumindo: O óleo de mamona serve para: 1- restauração e crescimento dos cabelos, 2-hidratação dos fios, 3-combate a caspa, 4-combate a oleosidade excessiva, 5-ajuda no combate a queda de cabelo.
  • O óleo de rícino também age nos pelos da barba da mesma forma como nos cabelos e pode ser usado para estimular o crescimento de uma barba com pelos mais grossos e fortes, deixando-a mais cheia. No entanto, ele não ajuda no crescimento do fio, não sendo uma alternativa em casos de barba com falhas.
  • A aplicação não requer nenhum preparo especial: basta utilizar o óleo de rícino diretamente no couro cabeludo, ou na barba, massageando por mais ou menos 5 minutos. Após isso, é recomendado colocar uma touca plástica e deixar o produto agir por algumas horas. Depois lave os cabelos normalmente. Você pode misturar com seu creme hidratante preferido, ou com óleo de coco, como já mencionado nesse vídeo.
  • Uma das principais razões pelas quais o óleo de rícino tem fortes efeitos imunológicos é porque ele dá suporte ao sistema linfático do corpo. O papel mais importante do sistema linfático, que se espalha por todo o corpo em pequenas estruturas tubulares, é que ele absorve e remove o excesso de fluidos, proteínas e resíduos das nossas células. Ele tem importante função detox e de distribuição das células de defesa.
  • Então o óleo de mamona vai ter ação de melhora da função imunológica, aumento da circulação, hidrata a pele e estimula a cicatrização de feridas, ajuda a induzir o trabalho de parto e diminuir assim as taxas de cesarianas, ajuda a hidratar a pele, especialmente após queimaduras solares, ajuda a tratar a acne, alivia a prisão de ventre e reduz os sintomas de artrite.
  • Vamos agora discorrer um pouco mais sobre os benefícios do óleo de rícino.
    • 1. Melhora a função imunológica: O óleo de mamona pode ajudar a melhorar a drenagem linfática, o fluxo sangüíneo, a saúde da glândula timo e outras funções do sistema imunológico. Um pequeno estudo duplo-cego publicado no Journal of Naturopathic Medicine demonstrou que emplastros de mamona provocou aumentos significativos na produção de células de defesa em comparação com os pacientes que usaram pacotes de placebo
    • 2. Aumenta a Circulação: A capacidade do óleo de mamona de afetar positivamente nossos sistemas linfáticos significa uma melhor circulação geral e um aumento de saúde para os principais órgãos, como os nossos corações.
    • 3. Hidrata a pele e estimula a cicatrização de feridas: O óleo de mamona também pode ajudar na cicatrização de feridas, graças às suas propriedades hidratantes e antibacterianas. A pesquisa em laboratório mostrou que o óleo de mamona é eficaz contra muitos tipos de bactérias.
    • 4. Indução do trabalho de parto: As mulheres grávidas usam o óleo de rícino por via oral há séculos para ajudar no trabalho de parto. O uso de óleo de mamona está relacionado a uma maior probabilidade de início do trabalho em 24 horas. O óleo de mamona pode ser considerado um método não farmacológico seguro para a indução do parto.
    • 5. Ajuda a pele seca, irritada, queimada pelo sol ou propensa a acne: Como é um agente antibacteriano natural, o óleo de mamona funciona de forma semelhante ao óleo de coco para melhorar a saúde da pele. Ele também funciona como um hidratante geral da pele e como tratamento antiinflamatório.
    • 6. Alívio da constipação: O óleo de mamona funciona como um laxante suave natural quando tomado por via oral, ajuda a diminuir o esforço da evacuação e promove a sensação de evacuação completa. Ume estudo na Turquia comprovou esses efeitos.
    • 7. Reduz os sintomas da artrite: O óleo de mamona é frequentemente usado como um tratamento natural para a dor da artrite , inchaço das articulações e inflamação. Tem propriedades anti-inflamatórias naturais que o tornam um óleo de massagem ideal que pode ser aplicado a dores nas articulações, músculos ou tecidos. Um estudo duplo cego randomizado confirmou esses achados.
    • Mais como nem tudo sao flores, vamos falar aqui sobre os possíveis efeitos colaterais: Tomar muito óleo de rícino é um risco, e causa náusea, diarréia e cólicas. Por isso alguns regimes políticos utilizaram o óleo de mamona como instrumento de tortura. Reações alérgicas ao óleo de rícino são possíveis, então ficar atento quanto a isso. Ao usar na pele, é melhor começar devagar e fazer teste em uma pequena área primeiro. Alguns efeitos colaterais raros são náuseas, vômitos, diarreia persistentes, cãibras, fraqueza muscular, batimentos cardíacos irregulares, tonturas, diminuição da micção, confusão mental ou sangramento retal.
    • Para conhecer mais detalhes sobre essa e outras condições, faça parte do grupo de apoiadores.

 

Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Síndrome do Intestino Irritável – Seu diagnóstico está correto?

Síndrome do Intestino Irritável - Seu diagnóstico está correto? Talvez pode ter passado em consulta e ter sido diagnosticado ou diagnosticada com síndrome do intestino...

Excesso de Ferro e falta de ferro! Sintomas e perigos!

Excesso de Ferro e falta de ferro! Sintomas e perigos! Neste artigo eu vou te explicar da forma mais simples possível o que é ferritina...

Açafrão – 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas!

Açafrão - 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas!!! Comece a ingerir açafrão da terra todos os dias. Ele é também conhecido como...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...