Os benefícios da graviola e seu efeito anticâncer | Acompanha receita

  • A graviola tem substâncias antioxidantes, sendo várias delas comuns à quinoa falada em outro vídeo. Ela pode ajudar na doença ocular. O National Eye institute descobriu que uma combinação de antioxidantes, incluindo vitaminas C, E, beta caroteno e zinco podem reduzir a evolução da degeneração macular, que é a principal causa de cegueira, em 25%.
  • A graviola tem propriedades antiinfecciosas. Tem efeito contra vírus, bactérias, parasitas e leishmaniose. Essa é uma doença tropical que tem grande impacto no Brasil e pouco é falada pela mídia. Extratos da fruta também podes ser usados para irrigar o leito dos tratamentos de canal e assim prevenir a colonização por bactérias. A graviola apresenta propriedades analgésica, antiinflamatória e anti-reumática.
  • A presença das chamadas acetogeninas na graviola é uma das promessas da botânica no tratamento do cancer. Ela aumenta a morte celular programada, diminui a proliferação, a invasão e as metástases em várias linhagens de células de cancer, especialmente de mama, pâncreas e cabeça e pescoço. O extrato das folhas ativa o sistema imune, ativando as células de defesa chamadas macrófagos. Dos 1220 extratos de plantas brasileiras a mais eficiente em células do câncer prosaico foi a graviola. Já foi estudada em 12 tipos diferentes de câncer.
  • Porém existe um lado negativo na graviola. Existem dúvidas quanto a casca e sementes poderem produzir distúrbios de locomoção. Portanto, pelo menos em teoria, elas poderiam piorar ou desencadear a doença de Parkinson. Portanto é importante usar somente o extrato aquoso fluido ou seco da folha da planta. E portadores da doença de Parkinson devem usar a fruta com cautela.
  • Aqui segue uma deliciosa receita com graviola: Milkshake de graviola e canela
  • INGREDIENTES:
    • 1 graviola madura
    • 1/2 xícara de água de coco
    • ½ xícara de leite de amêndoa
    • 1 banana congelada média
    • 1/8 colher de chá de noz-moscada
    • ⅛ colher de chá de canela
    • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • INSTRUÇÕES:
    • No liquidificador, coloque a graviola, a água de coco e o leite de amêndoa. Misture até ficar homogêneo.
    • Em seguida, adicione os ingredientes restantes e misture até ficar homogêneo.
    • Para um batido mais espesso, use menos ingredientes líquidos. Para um batido mais fino, adicione mais leite de amêndoa.
    • Depois de ter o shake na sua consistência desejada, despeje em um copo e polvilhe o topo com canela.
    • Adicione um pedaço de canela para um toque final.
36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

Mais Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Dieta Ketoflex – Como recuperar seu cérebro com essa dieta – Guia completo

Dieta Ketoflex - Como recuperar seu cérebro com essa dieta revolucionária - Guia completo Essa dieta Ketoflex 12-3, quando praticada corretamente, torna-se um estilo de...

Dieta Low carb e cetogênica podem piorar o Hipotireoidismo?

Dieta Low carb e cetogênica podem piorar o Hipotireoidismo? Dieta Low carb e cetogênica podem piorar o Hipotireoidismo? Essa é uma questão um pouco controversa. As...

Magnésio e vitamina K2 – Devo suplementar junto com vitamina D?

Ao suplementar vitamina D devo usar magnésio e vitamina K2? Você que está aí na sua casa, com pensamento lento, dificuldade de raciocínio, intestino preguiçoso,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect