Obesidade e COVID-19

Obesidade e COVID-19

A obesidade e as doenças metabólicas crônicas estão matando os pacientes com COVID-19!

A obesidade é considerada o fator mais importante para a hospitalização por COVID-19, tanto quanto a pressão alta ou diabetes, embora elas geralmente andem juntas!

Em um estudo com quase 17.000 pacientes hospitalares com Covid-19 no Reino Unido, aqueles que eram obesos – com um índice de massa corporal (IMC) superior a 30 – tiveram um risco 33% maior de morrer do que aqueles que não eram obesos.

E outro estudo de pacientes críticos em unidades de terapia intensiva do Reino Unido descobriu que quase 34,5% estavam acima do peso, 31,5% eram obesos e 7% obesos mórbidos (total de 73%), em comparação com 26% com um IMC saudável.

Obesidade e COVID-19 – Por que ser obeso é um risco?

Vou listar algumas das maiores preocupações e razões:

01 – Obesidade leva a síndrome metabólicas

Obesidade e COVID-19 - Síndrome metabólica

Ser obeso já é um risco para várias doenças, inclusive o obeso pode ter outras condições associadas, mas que ainda não foram diagnosticadas ou estão a um passo de causar sintomas e problemas – como diabetes, hipertensão e doenças coronarianas.

E Isso pode não vir à tona até o desenvolvimento de uma infecção grave como o Covid-19 e todos esses problemas juntos colocarem um estresse extra no corpo.

02 – Aumento da enzima ACE2

Os cientistas descobriram que uma enzima chamada ACE2, presente nas células, é a principal maneira de o vírus entrar no corpo.

E provavelmente níveis mais altos dessa molécula sejam encontrados no tecido adiposo, que as pessoas obesas têm mais – sob a pele e ao redor de seus órgãos.

03 – Menor resposta imune

Obesidade e COVID-19 - Menor resposta imune

A capacidade do corpo de combater o vírus – conhecido como resposta imune – não é tão boa em pessoas obesas.

Isso se deve à inflamação causada por células imunológicas chamadas macrófagos que invadem nosso tecido adiposo.

Eles interferem na forma como nossas células respondem à infecção. E isso pode levar a uma “tempestade de citocinas” – uma reação excessiva potencialmente fatal do sistema imunológico que causa inflamação e danos sérios.

04 – Maior circulação de citocinas pró-inflamatórias

Obesidade e COVID-19 - Maior circulação citocinas inflamatórias

A obesidade ou sobrepeso causam inflamação crônica constante.

Ter mais citocinas pró-inflamatórias em circulação devido a essa inflamação crônica aumenta o risco de sofrer uma tempestade de citocinas já citada acima.

05 – Altos níveis de glicose no sangue

Obesidade e COVID-19 - Altos níveis de glicose

Com a obesidade, muitas vezes se tem níveis mais altos de glicose no sangue e isso parece desempenhar um papel significativo na replicação viral e também no desenvolvimento da tempestade de citocinas.

06 – Menor a capacidade pulmonar

Obesidade e COVID-19 - Menor capacidade pulmonar

Um dos fatores que também levam a gravidade do quadro para obesos é que quanto mais excesso de peso você tiver, mais gordura estará carregando, menos apto e menor a capacidade pulmonar, também mais você precisa lutar para obter oxigênio no sangue e para chegar aos principais órgãos.

07 – Vitamina D em baixas dosagem

Obesidade e COVID-19 - Baixa Vitamina D

Além disso pessoas acima do peso tendem a ter menos vitamina D, estudos mostraram que indivíduos obesos possuem menores níveis séricos de vitamina D comparados a indivíduos não obesos e identificaram diversos fatores envolvidos nesta relação.

E sabemos que a vitamina D está intimamente ligada com a resposta imune positiva do nosso organismo.

Obesidade e COVID-19 – Mude seus hábitos de vida

Obesidade e COVID-19 - Mude seus hábitos de vida

A pandemia está mostrando que hábitos bons de vida e comer saudável são as medidas mais importantes de prevenção.

Os alimentos processados, industrializados, farinhas refinadas, produtos que são carregados com açúcares, grãos processados e óleos vegetais processados, Fast food – são os principais culpados por causar obesidade, resistência à insulina, diabetes tipo 2, síndrome metabólica entre outras doenças.

E além de tudo a minha maior preocupação é que muitas pessoas estão em casa, paradas e sem atividade física, pedindo fast food, comendo industrializados, não tomando sol, não respirando ar puro e muitas delas com problemas para dormir, tomando medicações fortes e com depressão e ansiedade. 

Uma campanha de conscientização informativa sobre hábitos de vida, nutricional e psicológica seria realmente muito importante em um momento como esse.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

Mais Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Doença Autoimune – Como identificar sinais de que você tem uma?

Doença Autoimune - Como identificar sinais de que você tem uma? Neste artigo vamos falar sobre o primeiro passo no diagnóstico de uma doença autoimune,...

Endometriose – Guia para um tratamento adequado

O que é Endometriose? Guia para um tratamento adequado Atualmente a endometriose ganhou atenção nas mídias e, infelizmente, ainda não é sobre o tratamento adequado...

Colesterol HDL pode ajudar a proteger contra o Alzheimer

Colesterol HDL pode ajudar a proteger contra o Alzheimer Alzheimer e Colesterol HDL - Será que o "colesterol bom" ajuda na prevenção do Alzheimer? Nós...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect