Terapia com Óxido Nítrico sendo testada contra COVID-19

Terapia com Óxido Nítrico sendo testada contra COVID-19

Desde que os primeiros casos de COVID-19 apareceram, entidades, médicos e cientistas têm se debruçado sobre essa questão, buscando formas de tratamento diversos.

Alguns focados em formas com menos efeitos colaterais e mais naturais para tratar, nisto engloba protocolos com vitaminas e minerais, terapias como Ozonioterapia e agora alguns especialistas estão avaliando a terapia com Óxido Nítrico.

O que é Óxido Nítrico?

Naturalmente produzido pelo corpo, o Óxido Nítrico é conhecido por sua capacidade de ajudar os vasos sanguíneos a relaxar e dilatar adequadamente, assim aumentando a quantidade de oxigênio que flui no corpo.

A molécula, já é usada para tratar doenças cardíacas, disfunção erétil e doenças respiratórias.

Estudos atuais

Dr. Roger Alvarez, professor assistente de pneumologia da Miller School of Medicine em Miami, começou a tratar seus pacientes em 26 de março usando o sistema de óxido nítrico inalado INOpulse (iNO).

Hospitais em Boston, Miami, Alabama, Louisiana, Suécia e Áustria iniciaram um ensaio clínico para testar a terapia com Óxido Nítrico em pacientes com sintomas leves a moderados de COVID-19.

Os pacientes inalam o gás de óxido nítrico através de um aparelho respiratório por 20 a 30 minutos.

O tratamento é administrado duas vezes por dia durante duas semanas.

Resultados dos estudos

Esse tratamento mostrou-se promissor em pacientes com COVID-19 na Itália, aparentemente aumentando significativamente os níveis de oxigênio no sangue, disse ao Los Angeles Times Dr. Lorenzo Berra, especialista em cuidados intensivos do Hospital Geral de Massachusetts.

Um segundo estudo no Hospital Geral de Massachusetts, atualmente em revisão, tentaria testar a capacidade do gás de mitigar o início do COVID-19 a profissionais de saúde que correm maior risco de contrair o vírus devido à exposição constante.

Neste estudo, os trabalhadores inalariam o gás por 10 a 15 minutos no início e no final do turno, todos os dias.

O estudo também testará se o tratamento pode reduzir o número de pacientes que precisam de um ventilador para respirar, pois atualmente eles são escassos em vários países.

A terapia com óxido nítrico já foi usado anteriormente para tratar outros coronavírus, incluindo a SARS. A capacidade de replicação do vírus diminuiu significativamente quando o gás foi administrado, de acordo com um estudo sueco de 2004.

Minhas considerações:

Toda doença crônica vem acompanhada de redução da produção de óxido nítrico pelo organismo, pacientes mais graves de COVID-19, normalmente, já apresentam condições crônicas anteriores e, portanto, já vem naturalmente com uma diminuição de óxido nítrico no organismo, além as condição crônica existe a diminuição natural pela idade.

Então podemos supor que essa terapia com óxido nítrico pode realmente ser uma ajuda importante para o organismo combater a doença.

Na minha opinião, se associada a Vitamina D, poderia ter muito mais valia ainda, já que ela (vitamina D), além e inúmeros efeitos diversos no organismo, melhora também a função endotelial ao aumentar os níveis de óxido nítrico, através da regulação da óxido nítricosintase endotelial (eNOS).

Existem duas vias pelas quais o organismo produz Óxido Nítrico:

  • Via 1: Mais ativa na juventude – Produzida a partir do aminoácido arginina. Citrulina também pode ser um precursor.
  • Via 2: Mais importante a partir dos 40 anos de idade – Os nitratos dos alimentos são convertidos em nitrito pelas bactérias da boca e em contato com o HCl do estômago viram Óxido Nítrico.

Portanto, podemos também melhorar a produção de Óxido Nítrico, através de uma alimentação adequada.

Principalmente para pessoas acima de 40 anos, que são em maior parte, as vítimas mais graves do COVID-19.

Como aumentar o Óxido Nítrico com alimentação e estilo de vida?

  • Cacau (puro ou acima de 80%)
  • Vinho tinto
  • Melancia – Principalmente a parte próxima a casca.
  • Semente de abóbora
  • Óleo de peixe
  • Couve  
  • Raiz de beterraba, espinafre, rúcula, repolho
  • Hidratação adequada
  • Probióticos também ajudam
  • Atividade física em moderação
  • Meditação e respiração profunda abdominal.
  • Acupuntura
  • Sauna
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O Fim do Alzheimer – A esperança existe de verdade

O Fim do Alzheimer - A esperança existe de verdade Nos últimos anos um programa revolucionário foi instituído que tem sido a primeira...

Quercetina – O flavonoide anticâncer, anti-inflamatório e antiviral

Quercetina - O flavonoide anticâncer, anti-inflamatório e antiviral A quercetina é um dos flavonoides mais abundantes na natureza e também dos mais estudados. Tem efeito...

Resistência a testosterona – O que é e como combater

Resistência a testosterona - O que é e como combater Você quer conhecer o que é a resistência a testosterona nos receptores, e os jeitos...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...