A Doença de Parkinson é uma das famigeradas e temidas doenças neurodegenerativas. Existem poucas coisas tão degradantes para o ser humano quanto perder o controle sobre sua autonomia, movimentos e funções fisiológicas. É isso que acontece após 20 anos ou mais desta doença. Por isso é tão importante evitar ou tratar logo no início.

Os medicamentos tradicionais melhoram os sintomas mas falham em combater as bases da doença que são muito semelhantes a da Doença de Alzheimer por mim abordada no último Domingo.

Devemos adotar medidas para proteger nosso cérebro, e para isso muito importante evitar a inflamação crônica silenciosa, controlar níveis de homocisteína, estresse oxidativo, glicação, metais pesados, hábitos saudáveis de vida, etc.

Nesta live discutimos todos estes aspectos.

76 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite doutor, meu pai tem a doença. Não sei se já foi perguntado, mais gostaria de saber o que pode acontecer ou o quanto complica a doença já que meu pai consome bebida alcoólica e também não toma a medicação no horário certo?

  2. Moacir Antonio Furlan, assisti toda live! Achei fantástica a proposta de tratamento, pois envolve medicina funcional: modulação hormonal, fitoterapia avançada, suplementação e hábitos de vida! Boa parte já fazemos, mas acredito que ele tenha muito a acrescentar!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.