Os 10 remédios letais do Mundo

Esses 10 remédios “inocentes” estão entre os remédios letais do Mundo.

Bem pessoal, eu sei que esse assunto é bem espinhoso…

Mas certamente você precisa saber que existem muitos medicamentos que parecem a primeira vista inocentes, mas são remédios que matam, e são a terceira causa de morte na maioria dos países.

Lista dos remédios letais do Mundo

Bem, essa lista certamente muda muito de acordo com a fonte consultada. Aqui vou procurar equilibrar o perigo do remédio com a popularidade dele.

Então, o que quero dizer é que remédios pouco utilizados e muito tóxicos não vão entrar na lista, vou dar preferência aos mais populares.

Vou excluir daqui drogas pouco populares no Brasil como a oxicodona e as drogas recreativas que não tem nenhum uso terapêutico.

A lista também não vai seguir nenhuma ordem particular de gravidade.

E aviso muito importante: Se você toma qualquer um desses remédios, não é para suspender simplesmente porque assistiu esse vídeo. Discuta com seu médico opções.

01 – Varfarina, nome comercial coumadin

Remédios letais - Varfarina

Ta aí um negócio muito perigoso. Por isso que está na lista de remédios que matam.

Já vi muita gente ser hospitalizada por conta disso… Qualquer erro de uso leva a complicações graves.

Embora a varfarina tenha sido usada com sucesso no tratamento de pacientes há várias décadas, uma análise recente realizada pelo ProPublica sugere que o medicamento é mais arriscado do que muitas pessoas suspeitam.

As casas de repouso de idosos, em particular, tem muitos problemas devido a varfarina. Especialistas estimam que milhares de hospitalizações e mortes relacionadas a esse remédio não são relatadas a cada ano.

Outros anticoagulantes podem ter problemas semelhantes, mas a varfarina é o pior. Os indivíduos que tomam esses tipos de medicamentos devem ter extremo cuidado, pois um sangramento grave pode resultar mesmo com o menor corte ou arranhão.

A morte pode resultar da perda excessiva de sangue, e o sangramento pode ser externo ou mesmo em algum órgão interno como estômago, intestino e bexiga.

02 – Prednisona

Remédios letais - Prednisona

O corticoide artificial mais comum.

É um medicamento de curto prazo muito eficaz para doenças como alergias graves. No entanto, se a prednisona for usada em tratamentos de longo prazo, poderão surgir alguns riscos à saúde potencialmente perigosos.

Pode parecer que não faz parte da lista dos remédios que matam, mas o uso prolongado de prednisona pode causar distúrbios importantes na saúde, como:

  • Pressão alta
  • Osteoporose
  • Úlceras de estômago
  • Diabetes
  • Catarata
  • Sangramento intestinal

Apenas para citar alguns, e todos esses efeitos colaterais podem levar a morte.

E dos remédios com lista de efeitos colaterais mais extensa que existe.

É importante observar que, se a prednisona tiver sido tomada por um período prolongado, precisa desmamar e não simplesmente parar de tomar o medicamento de uma vez.

03 – Prozac ou fluoxetina

Remédios letais - Prozac

É um antidepressivo muito famoso e o primeiro da classe dos inibidores seletivos de recaptação de serotonina.

Este neurotransmissor afeta o humor, a ansiedade e o sono. Altos níveis de serotonina no cérebro podem causar agitação e ansiedade, enquanto níveis baixos podem causar depressão.

Medicamentos como o Prozac podem causar uma condição conhecida como acatásia, que é uma agitação constante.

A Akathasia geralmente ocorre em conjunto com pensamentos suicidas, hostilidade e comportamento violento.

Então muitas pessoas se suicidaram por conta desse remédio e de outros antidepressivos. Por isso que está nessa lista de remédios que matam.

04 – Alprazolam e outros da classe dos ansiolíticos benzodiazepínicos

Remédios letais - Alprazolam

Estudos mostram que provocam queda da cognição e aumento de risco de demência após vários anos de uso.

Os ansiolíticos e tranquilizantes podem ser facilmente abusados.

Também podem provocar uma variedade de efeitos negativos com o uso a longo prazo, incluindo mudanças de humor e fadiga.

Esses efeitos podem levar a morte direta ou indireta.

05 – Anfetaminas e remédios para distúrbios de atenção e hiperatividade, o chamado TDAH.

Remédios letais - Anfetaminas

Medicamentos como Ritalina e Adderall podem ter alguns efeitos colaterais preocupantes.

Esses medicamentos têm ação relativamente curta e não produzem dependência física. No entanto, dependência psicológica grave pode ocorrer.

O Adderall pode causar pressão alta, distúrbios do sono ou batimentos cardíacos irregulares com o uso prolongado.

Essa classe para TDAH também podem produzir efeitos colaterais como ansiedade, insônia e hostilidade, levando a comportamentos agressivos que podem levar a morte involuntária ou suicídio.

06 – Analgésicos e anti-inflamatórios

Remédios letais - Analgésicos

São usados e abusados com uma frequência absurdamente alta, já que são vendidos sem receita, e podem provocar muitos problemas.

Pessoas que usam quantidades excessivas por muito tempo podem abrir úlceras no sistema digestório, ter perda de função dos rins e falha no fígado.

Muita gente já morreu nas filas de transplantes esperando um rim ou fígado perdidos com essas medicações.

07 – Remédios antidiabéticos

Remédios letais - Antidiabéticos

Muitos diabéticos morrem por complicações por overdose de insulina e outros medicamentos hipoglicemiantes.

O tratamento ideal do Diabetes tipo II, responsável por 90% dos casos deve ser acima de tudo nutricional, com controle rígido da quantidade de carboidratos ingeridos.

08 – Metotrexato e outros imunossupressores

Remédios letais - Metotrexato

Usados para doenças autoimunes, tem uma lista enorme de efeitos colaterais.

Um dos piores é a falência do funcionamento da medula óssea que produz as células do sangue.

Faz parte da classe de remédios que matam por anemia ou por infecções generalizadas devido a deficiência de células brancas de defesa.

09 – Estatinas

Remédios letais - Estatinas

Apesar de serem as “queridinhas dos cardiologistas”, as estatinas não são as maravilhas que eles dizem.

O uso prolongado de medicamentos com estatina pode produzir efeitos colaterais como lesão no fígado, inflamação muscular e catarata.

Elas também podem causar:

  • Deficiência de uma substancia importantíssima ao organismo, a coenzima Q10;
  • Atrapalhar a vitamina K2;
  • Aumentar o risco de câncer de mama;
  • Diabetes;
  • Doenças degenerativas como Parkinson e Alzheimer;
  • Atrapalhar o funcionamento do coração;
  • Diminuir a fertilidade;

Para saber mais a respeito dos problemas das estatinas, assista ao vídeo.

10 – Antibióticos

Remédios letais - Antibióticos

Metade das vezes em que são prescritos nos pronto socorros, seu uso não é necessário… e às vezes pode ser perigoso.

Isso pode levar a efeitos colaterais importantes. O abuso desses remédios condenaram muitas pessoas a morte, por infecções generalizadas incontroláveis, devido ao surgimento de bactérias resistentes a tudo nos hospitais.

Outros remédios letais

Deixei aqui de mencionar beta-bloqueadores e algumas drogas de uso exclusivo hospitalar como quimioterápicos, fentanil e metadona.

E aí, você acha que eu deixei de mencionar algum medicamento importante? Escreva nos comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.