Prevenção de câncer de cólon – O que comer e o que evitar!

Prevenção de câncer de cólon – O que comer e o que evitar!

Aprenderemos sobre alimentos certos e suplementos para a prevenção de câncer de cólon ou câncer de intestino grosso. Medidas simples e muito efetivas.

O câncer de intestino grosso ou cólon é uma doença terrível que está afetando cada vez mais pessoas em todo o mundo.

E porque será que até mesmo o rei do futebol Pelé caiu nessa armadilha?

Todo mundo anda falando sobre câncer de colón, no entanto, o que muitos não falam é que existem medidas simples que podem ser tomadas para prevenir esse câncer.

A prevenção é fundamental, e essa é a mensagem que quero transmitir neste artigo.
Mesmo que você tenha genética ruim e histórico familiar, você pode aprender sobre os alimentos certos e suplementos que ajudam na prevenção de câncer de cólon, e evitar aqueles que estão relacionados ao seu desenvolvimento.

Esse conhecimento pode ser a diferença fundamental para afastar esse mal e te salvar dessa doença.

Dados sobre o câncer de cólon

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, o Brasil apresenta cerca de 44 mil casos de câncer de intestino grosso ou colorretal ao ano, com a maior parte dos casos concentrados nas regiões Sul e Sudeste.

E o que me assusta amigos, é que os números tem aumentado muito, antes eram 25 mil casos por ano há 5 anos atrás, porém as projeções dos próximos cinco anos é que o país atinja cerca de 80 mil casos de câncer intestinal ao ano.

Um estudo científico publicado no Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention da American Association for Cancer Research em 2022, mostra que houve aumento de casos entre pessoas mais jovens.

A conclusão do artigo diz que o adenocarcinoma de cólon aumentou 49% em pessoas de 30 a 39 anos, o câncer retal aumentou 133% em pessoas de 20 a 29 anos, o mesmo câncer aumentou 97% em pessoas de 30 a 39 anos e 48% em pessoas de 40 a 49 anos.

É muito triste ver pessoas tão jovens passando por isso, ainda sabendo que boa parte desses casos poderiam ser evitados com um estilo de vida saudável.

Você sabe a diferença entre intestino delgado e o grosso?

E você sabe a diferença entre intestino delgado ou fino e o grosso, também chamado de cólon?

Bom pessoal, o intestino delgado é mais longo, fino e responsável por 90% do processo de digestão e absorção de nutrientes que chegam do estômago.

Isso devido a suas poderosas enzimas que quebram os constituintes dos alimentos.

Nosso organismo não possui enzimas para digerir as fibras. Quando as fibras chegam no intestino grosso, que é mais espesso porém menor em comprimento que o delgado, as bactérias que vivem ali passam a fermentar estas fibras.

No intestino grosso, além deste processo de fermentação, ocorre também a absorção de eletrólitos ou sais minerais e o importante processo de absorção de água.

Portanto, beber água adequadamente e ter uma dieta boa em fibras, é parte fundamental para ter um cólon saudável.

Quais são os principais sintomas?

Como estamos vendo muito aumento no número de casos de câncer intestinal, é fundamental que você conheça quais são os sintomas.

A maioria das pessoas que tem câncer de cólon no estágio inicial é assintomática, por isso o exame de colonoscopia anual ou bianual pode ser muito importante após os 50 anos de idade.

Mas esteja atento aos sintomas. Os mais comuns são:

  1. Alterações nos hábitos intestinais e na consistência e cor das fezes;
  2. Constipação;
  3. Estreitamento e afinamento das fezes;
  4. Pode aparecer sangue ou fezes negras cor de borra de café, muito mal cheirosas;
  5. Podem ocorrer cólicas;
  6. Dor abdominal;
  7. Vômito;
  8. Desconforto;
  9. Fraqueza;
  10. Fadiga;
  11. Náusea;
  12. Alterações no apetite;
  13. Perda de peso.

Mas atenção, muitos desses sintomas afetam quase todo mundo às vezes, então só vai ser realmente preocupante se isso permanecer por várias semanas.

Muitas doenças, algumas comuns, podem imitar o câncer de cólon, como verminoses, outras infecções, retocolite, Doença de Crohn, e síndrome do intestino irritável, portanto não se desespere se tiver sintomas e procure assistência médica para investigação por exames, especialmente a colonoscopia.

Os fatores de risco para o surgimento do câncer de cólon

Falando dos fatores de risco, a redução de consumo de fibras é um dos principais. Quanto mais uma sociedade se industrializa, mais casos aparecem, devido ao processamento e refinamento dos alimentos.

Por isso é que tem muito mais casos nos Estados Unidos e Europa do que na África.

Por mais inacreditável que possa parecer, o aumento dos casos de câncer intestinal tem muito a ver com o crescimento econômico de um país.

A industrialização dos alimentos, vida moderna cheia de estresse e falta de exposição solar são todos fatores agravantes.

Mas quais são algumas das funções importantes das fibras?

Elas age como se fossem uma vassourinha que varre e limpa toda a sujeita que se acumula no cólon, o intestino grosso.

Também servem de alimento para bactérias boas que moram nos intestinos e produzem várias substâncias benéficas para manter nossa saúde.

Então, uma das causas do câncer colorretal é uma dieta muito pobre em fibras e o aumento do consumo de produtos industrializados e ricos em grãos processados.

Assista meu vídeo NÃO TOME MAIS FIBRAS ANTES DE VER ESSE VÍDEO! [⚠️GASES, INCHAÇO E CONSTIPAÇÃO] 

Outras causas

Outras causas incluem tabagismo, consumo abusivo de álcool, sedentarismo e obesidade, principalmente quando você tem aquela gordurinha dentro da barriga, chamada de gordura visceral.

Olha que interessantíssimo pessoal, outro fator que pode provocar câncer intestinal é uma saúde bucal precária porque existe uma bactéria na boca que favorece o desenvolvimento desta doença.

Um estudo recente realizado por cientistas da Escola de Odontologia de Columbia, em Nova York, descobriu que uma bactéria na boca chamada Fusobacterium nucleatum está associada com o crescimento desse tipo de câncer.

Por isso cuide bem da saúde bucal para não ter problemas no futuro.

Prevenção de câncer de cólon e os alimentos que você deve evitar

De um modo geral, existem alguns alimentos ou toxinas que já sabemos que são cancerígenas.

Pesticidas ou Agrotóxicos

Um dos vilões são os pesticidas ou agrotóxicos que estão presentes tanto no solo quanto em nossa água. Para se livrar deste problema, tente comprar alimentos orgânicos com produtores locais.

Muita gente não sabe, mas são comuns pequenos sítios ou chácaras que possuem plantações orgânicas mais baratas.

Mas esse pessoal não é bom de marketing. Caso não seja possível comprar orgânicos, tente ao máximo tirar esses agrotóxicos.

Assista meu vídeo A MELHOR MANEIRA DE REMOVER AGROTÓXICO DE SUAS FRUTAS E VERDURAS

Consumo excessivo de açúcar

O consumo excessivo de açúcar também pode causar câncer, bem como os aditivos alimentares, como é o caso de corantes, conservantes e outros processos industriais que podem agravar a inflamação intestinal.

Assista meu vídeo Meus cinco segredos para se livrar do vício em açúcar em apenas 10 dias.

Pasteurização

A pasteurização é um processo de aquecimento rápido usado para conservar os alimentos e aumentar sua vida útil.

Vários alimentos como leite, iogurte, suco de frutas, recebem este aquecimento que tem a finalidade de matar as bactérias.

Isso pode destruir nutrientes e gerar radicais livres no corpo que podem contribuir para o câncer.

Carne processada

Um alimento polêmico e que você deve evitar é a carne processada, que é uma carne tratada, alterada ou conservada para melhorar o sabor e conservar suas propriedades.

Posso citar como exemplo os nuggets, salsicha, presunto, bacon, linguiça e alguns frios.

Tente comer isso no máximo duas vezes por semana, ou até cessar se possível.

Assista meu vídeo NUNCA consuma esses 8 ALIMENTOS PERIGOSOS e INFLAMATÓRIOS | O último é o PIOR!

Alimentos fritos ou queimados

Para manter sua saúde em dia, tente manter distância de alimentos fritos, queimados e muito cozidos, o que inclui carne muito passada ou queimada, batata frita, pães e biscoitos.

Todo alimento frito ou cozido em altas temperaturas por muito tempo forma uma toxina chamada acrilamida, que é sabidamente cancerígena, pessoal.

O que você pode fazer para reduzir o risco de desenvolver um câncer de cólon?

Além de evitar algumas das causas que mencionei, você pode aumentar o consumo de fibras, isso significa comer fibras moderadamente, e consumir antioxidantes, evitando alimentos que aumentem a inflamação.

Os melhores alimentos que contém fibras são:

Uma excelente fonte de fibra que é super protetora para seu cólon é o psyllium, especialmente se você tem intestino sensível, constipação ou doença inflamatória intestinal.

Principais alimentos que combatem o câncer e diminuem a inflamação

Existem vários alimentos protetores contra o câncer, inclusive de cólon.

Mas, os principais alimentos que combatem e ajudam na prevenção de câncer de cólon e diminuem a inflamação são:

  1. Frutas cítricas;
  2. Verduras como couve e espinafre;
  3. Cogumelos;
  4. Cenouras;
  5. Cacau;
  6. Chá verde;
  7. Azeite de oliva;
  8. Óleo de coco;
  9. Tomates;
  10. Pimentões;
  11. Alho cru;
  12. Açafrão;
  13. Gengibre;
  14. Manjericão;
  15. Orégano;
  16. Salsa;
  17. Salmão ou sardinha.

Os peixes contêm ômega 3 que são gorduras saudáveis que aparentemente melhoram a taxa de sobrevivência de pacientes com câncer de cólon, embora mais estudos sejam necessários para confirmar este achado.

Mais dicas para a Prevenção de câncer de cólon

Existem várias coisas que você ainda pode fazer para minimizar este risco e melhorar sua saúde.

Tome Sol e aumente sua vitamina D.

Eu considero muito importante manter um nível de vitamina D entre 60 ng/mL e 70 ng/mL no sangue, para otimização da saúde e prevenção de câncer de cólon.

Uso da curcumina

A curcumina encontrado na cúrcuma, é um anti-inflamatório natural e tem sido estudada pelos seus efeitos protetores contra o câncer, especialmente no câncer colorretal.

Assista meu vídeo COMBATA A INFLAMAÇÃO COM A CÚRCUMA, VEJA COMO! [SUPLEMENTO X TEMPERO]

Uso do Selênio

Outro nutriente importante que se destaca, é o mineral selênio.

Um estudo de coorte de base populacional publicado no International Journal of Cancer descobriu que as pessoas com níveis mais elevados de selênio no sangue tiveram um risco significativamente menor de desenvolver câncer de cólon.

Em resumo para uma completa prevenção de câncer de cólon

  1. Pessoal, faça jejum para realizar um detox no seu organismo e se livrar de todas as toxinas.
  2. Beba água de qualidade e corretamente, a hidratação é muito importante e um potente remédio.
  3. Consuma antioxidantes e fitonutrientes para combater os radicais livres, dando especial atenção para a vitamina C e o Ômega 3 e os já falados, selênio, vitamina D e cúrcuma.
  4. Tenha uma ingestão adequada de vegetais que contém mais fibras, isso é poderosíssimo.
  5. Faça mais exercícios físicos;
  6. Inclua os probióticos em sua dieta para melhorar sua microbiota, coisa que você pode fazer consumindo alimentos fermentados, como é o caso do chucrute ou do kimchi.
  7. Não posso deixar de falar sobre o estresse crônico pode afetar o sistema imunológico e aumentar a inflamação no corpo, o que pode aumentar o risco de câncer.
  8. Além disso, o estresse pode levar a hábitos alimentares ruins e falta de atividade física, o que também pode aumentar o risco de câncer de cólon. É importante encontrar maneiras de gerenciar o estresse e praticar uma vida equilibrada em todos os sentidos.

Referências e estudos

  1. https://www.osul.com.br/brasil-deve-registrar-45-mil-novos-casos-de-cancer-de-colon-por-ano/
  2. https://www.youtube.com/watch?v=F3wZU3FWIvc
  3. https://draxe.com/health/late-stage-colon-cancer-on-rise-in-young-adults/
  4. https://draxe.com/health/colon-cancer-symptoms/
  5. https://www.youtube.com/watch?v=cykHj0Un3fI
  6. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30623420/
  7. https://aacrjournals.org/cebp/article/31/2/334/678485/Shifts-in-the-Proportion-of-Distant-Stage-Early
Dr. Alain Dutra
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

Mais Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

6 remédios naturais baratos que realmente funcionam

6 remédios naturais baratos que realmente funcionam Olá! Vivemos tempos em que economizar é essencial, mas sem jamais comprometer a qualidade do cuidado com nossa...

Os incríveis benefícios de tomar vinagre de maçã antes de dormir

Os incríveis benefícios de tomar vinagre de maçã antes de dormir Você está cansado de sentir refluxo, principalmente quando deita a noite ou está cansado...

8 alimentos que destroem seu intestino

8 alimentos que destroem seu intestino Hoje vamos falar sobre aquelas comidas que realmente estão destruindo sua saúde intestinal. Lembra quando eu sempre digo aqui no...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

loading...