Novos Estudos da Ivermectina no combate ao COVID-19

Novos Estudos da Ivermectina no combate ao COVID-19

Novos estudos da Ivermectina, mostram uma meta-análise abrangendo 11 estudos controlados randomizados, conclui que o tratamento com Ivermectina pode cortar a duração da doença COVID-19 pela metade!

Bem como reduzir o risco de morte para pacientes com COVID-19 hospitalizados em até 80%.

O virologista e professor Andrew Hill, docente e investigador na Universidade de Liverpool, no Reino Unido, foi incumbido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de avaliar a Ivermectina contra a Covid-19, reporta o jornal The Times.

Num ensaio clínico, foi aleatoriamente administrado a voluntários um placebo ou Ivermectina.

De acordo com os cientistas, os pacientes envolvidos no ensaio recuperaram da Covid-19 em metade do tempo habitual, que para a maioria dos indivíduos é aproximadamente duas semanas.

Dos doentes que tomaram Ivermectina, 8 morreram, enquanto 44 morreram no grupo placebo.

11 ensaios clínicos e novos estudos da Ivermectina

Os investigadores analisaram no total 11 ensaios clínicos com mais de 1.400 pacientes, experiências essas que foram realizadas sobretudo em países desenvolvidos.

Os dados apurados também revelaram que a droga barata reduziu as mortes por SARS-CoV-2 até 80% em pessoas internadas em hospitais.

Depuração viral mais rápida

Além disso, um dos ensaios egípcios que estudou o uso da droga em casos de pacientes com COVID-19 leve revelou depuração viral mais rápida (em média em cinco dias).

O jornal Daily Mail informa que o Dr. Hill deve ter mais resultados com base em alguns ensaios clínicos latino-americanos dentro de um mês ou mais para uma discussão mais aprofundada.

Segundo Dr. Hill, a Ivermectina paralisa o vírus SARS-CoV-2, oprimindo o caminho do patógeno para a sua replicação – essencialmente “interrompendo uma infecção em seu caminho”.

Destruição total do SARS-CoV-2

Alguns meses atrás, a Universidade de Monash iniciou a investigação pré-clínica sobre a ivermectina em uma cultura de células de laboratório, demonstrando que, pelo menos naquele ambiente controlado com doses maiores, a droga destruiu totalmente o SARS-CoV-2.

Desde então, uma série de estudos em humanos começaram (totalizando 56, pelo menos) em todo o mundo, com resultados positivos.

Redução mais rápida dos sintomas e de atividade do vírus

Também um estudo búlgaro sobre a Ivermectina acabou e os resultados são encorajadores, disse o cirurgião cardíaco Prof. Ivo Petrov.

É importante notar que esse estudo foi conduzido em pacientes com sintomas leves a moderados nos estágios relativamente iniciais da doença.

E em tais pacientes a Ivermectina tem um efeito benéfico em termos de redução mais rápida dos sintomas e de atividade do vírus, eliminação mais rápida do vírus dos fluidos biológicos, entre 4-5 dias, ao contrário do grupo de controle, em que há redução dos fatores inflamatórios foram a partir do 7º dia ”, explicou o Prof. Ivo Petrov.

Ele acrescentou que há evidências de que em todas as fases da infecção o medicamento tem alguns efeitos benéficos, mas os mais definitivos são os dados na fase inicial dos sintomas.

“A principal vantagem desse medicamento é que seu efeito é nas células. Ele protege nossas células da penetração do vírus”, explicou Prof. Ivo Petrov.

Até agora 100% dos estudos com a Ivermectiva, mostram resultados positivos. Isso realmente é bem animador.

FONTES E ARTIGOS

Novos Estudos da Ivermectina em TEMPO REAL

https://c19ivermectin.com/i#early

https://covid.us.org/ivermectin/

Meu vídeo comentando sobre críticas da TV a respeito de tratamento precoce

Outros links

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

Mais Artigos Relacionados

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Rins intoxicados – Quais seriam os sintomas?

Rins intoxicados - Quais seriam os sintomas? A principal função dos rins é filtrar as substâncias tóxicas que circulam pelo seu corpo e reabsorver tudo...

MTHFR e relação com Hashimoto

MTHFR e relação com Hashimoto Você já ouviu falar de uma mutação genética chamada MTHFR (Metilenotetrahidrofolato redutase)? Este gene codifica a enzima MTHFR que converte...

Usos do Açafrão – 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas!

Usos do Açafrão - 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas Dicas de 12 usos do açafrão da terra para saúde, pele,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect