Homens com peitinhos? Conheça a ginecomastia e como tratar

Homens com peitinhos? Conheça a ginecomastia e como tratar

Apesar de que as mulheres tenham um desenvolvimento muito maior das mamas, o que permite que elas amamentem após o parto, os homens também tem tecido mamário porém bem menos desenvolvido.

Em algumas condições ele pode se desenvolver causando o aparecimento da ginecomastia. Acompanhe esse vídeo para descobrir as causas e como tratar.

A ginecomastia acontece basicamente como consequência de um desequilíbrio entre os hormônios testosterona e estrogênio dentro do corpo masculino.

Nos homens, a testosterona geralmente é o hormônio dominante e controla características como massa muscular e quantidade de pelo corporal.

No entanto, se a testosterona cair e ao mesmo tempo subir o estrogênio, então traços femininos podem surgir – como o crescimento dos seios, ou mamas.

A ginecomastia leve e sem sintomas é bem comum em bebês devido a exposição ao estrogênio da mãe, não necessita de tratamento e some sozinho.

Também é muito frequente em adolescentes, também na forma leve e sem maiores sintomas, podendo aparecer apenas em um dos lados de cada vez, e costuma durar entre 6 meses e 2 anos.

Geralmente também some sozinho e não requer maiores tratamentos. Algumas vezes se o adolescente é obeso ou exposto a outros fatores feminizantes, a ginecomastia pode persistir e exigir tratamento hormonal ou cirurgia.

Mais quais são os sinais e sintomas?

O primeiro sinal é um nódulo aumentado sob o mamilo que é sensível ao toque. A aréola também pode crescer em diâmetro.

Se for uma forma acentuada do problema pode até crescer uma pequena mama mesmo, como se fosse o seio de uma menina de 12 a 14 anos de idade.

E as causas da ginecomastia?

Infelizmente hoje estamos imersos em um Mundo cheio de substancias que imitam o estrogênio, já falamos sobre esse assunto em vários vídeos.

O nome delas são xenoestrógenos. Os ftalatos, as dioxinas, o PCB, o BPA; esses derivados da indústria do petróleo e derivados plásticos.

A soja transgênica, o uso excessivo de álcool e especialmente cerveja, além de vários medicamentos diferentes.

Assista meu vídeo Efeitos da cerveja na saúde feminina

No mundo fitness especialmente comum é a ginecomastia como consequência do uso de anabolizantes, isso porque o excesso de uso de testosterona vai virar estrogênio e provocar o surgimento de peitinhos.

Remédios para a próstata, para tratamento de úlcera, antibióticos e antidepressivos são apenas algumas dos remédios que podem induzir a ginecomastia.

A própria obesidade vai facilitar muito a ginecomastia, isso porque o excesso de tecido gorduroso ajuda a converter exageradamente a testosterona em estrogênio.

Alguns tumores e a cirrose do fígado também são causas.

E como podemos tratar?

1 – Camisas de compressão

Uma solução temporária é o uso de camisas de compressão, o que comprime e oculta as mamas aumentadas.

Isso pode ser importante em um primeiro momento até que os outros tratamentos façam efeito.

2 – Fazer musculação

Fazer musculação dos peitorais e os exercícios HIIT vão te ajudar a aumentar os níveis de testosterona e reduzir o tecido gorduroso que aumenta os estrogênios do corpo.

3 – Fazer uma dieta low carb

Fazer uma dieta low carb e antiinflamatória, rica em vegetais de cores variadas e sem alimentos processados.

Tente comer orgânico, porque os pesticidas e herbicidas também podem ter efeito xenoestrógeno.

Assista meu vídeo Dieta low carb prejudica seu ganho de músculos?

4 – Tente eliminar os fármacos

Tente eliminar o máximo possível os fármacos da sua vida, especialmente os “prazóis” e os antidepressivos, lógico que sempre com o aval e acompanhamento médico.

5 – Evite usar plásticos

Não utilize recipientes plásticos para esquentar comida no microondas ou guardar comida na geladeira. Utilize de vidro.

Mais dicas para tratar

As substâncias naturais com efeito anti-aromatase, ou seja, que vão impedir que a testosterona vire estrogênio, são o zinco, o boro, a crisina, o pygeum africanum, o resveratrol e a urtica dióica.

O magnésio, apesar de não ter efeito anti-aromatase vai dar suporte a formação de testosterona.

Existem várias drogas bastante potentes no mercado com ação anti-aromatase, como o anastrozol, mas isso foge ao escopo desse vídeo.

Essas drogas devem ser reservadas para casos mais graves. Existe também a cirurgia de mastectomia simples, que como qualquer cirurgia pode ter complicações, então este é o último recurso.

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

Mais Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Muita fibra causa problemas? O lado negro das fibras

Muita fibra causa problemas? O lado negro das fibras Olá pessoal, tudo bem? Se você fica constipada ou constipado, com muitos gases ou com inchaço...

Tapioca – Quem pode comer e qual o melhor jeito de consumir

Tapioca - Quem pode comer e qual o melhor jeito de consumir Posso comer tapioca todos os dias? E quem não deve comer tapioca? Existe alguma dica...

Biotina – Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência

Biotina - Propriedades, benefícios e problemas com insuficiência A Biotina (vitamina B7) faz parte do complexo de vitaminas B - um grupo de nutrientes essenciais necessários...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect