Glúten e tireoide – A tempestade inflamatória e de sintomas

Glúten e tireoide – A tempestade inflamatória e de sintomas

A doença celíaca é uma doença autoimune que requer renunciar ao glúten por toda a vida.

Embora se propaga que 1% da população mundial tenha doença celíaca, é muito provavelmente que esse número seja maior, pois existem muitos casos sub diagnosticados, pois de fato, apenas 10% das pessoas com a doença apresentam sintomas gastrointestinais óbvios.

Pesquisas sugerem agora que a doença celíaca pode se apresentar também, estritamente como um problema neurológico.

Problemas relacionados ao glúten

Problemas relacionados ao glúten

Mas a doença celíaca é apenas umas das desordens (no caso, autoimune) do espectro do glúten.

Muitas pessoas podem ter sensibilidade ao glúten (intolerância) e esse assunto é um dos temas de saúde mais controversos atualmente.

Porém é real! existe diversos estudos recentes apontando para os problemas relacionados ao glúten. 

Estudos sobre a influência do glúten na saúde

Um estudo publicado na Clinical Gastroenterology and Hepatology, estudou pessoas que “achavam” que o glúten estava causando problemas digestivos.

O padrão-ouro para a pesquisa é o chamado teste cruzado, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo.

Estudo com glúten e placebo

Durante uma semana, os participantes receberam uma pequena quantidade de glúten ou uma pílula de amido de arroz.

Após apenas uma semana, aqueles que estavam tomando as pílulas de glúten relataram um aumento significativo nos sintomas em comparação com aqueles que tomaram pílulas de placebo sem glúten.

Outro estudo recente de controle randomizado compartilhou resultados semelhantes. 

Estudo com dietas com e sem glúten

Agora falando na tempestade glúten e tireoide, um estudo italiano focado em pessoas que apresentavam hipotireoidismo subclínico (tireoide levemente hipoativa), doença de Hashimoto e doença celíaca, mas que não seguiam uma dieta sem glúten.

O estudo descobriu que, quando a maioria das pessoas com hipotireoidismo subclínico eram submetidas a uma dieta sem glúten, sua função tireoidiana melhorava em 71% dos participantes com a dieta durante um ano.

Além disso, 19% das pessoas que seguiram a dieta sem glúten foram capazes de normalizar seus anticorpos da tireoide, deixando de ter um resultado positivo para o de Hashimoto (remissão).

Estudo relação Hashimoto e Doença Celíaca

Em outro estudo envolvendo 104 pacientes com Hashimoto, os pesquisadores descobriram que 50% dos pacientes com Hashimoto também possuíam genes específicos para doença celíaca.

Esses mesmo genes também podem ser encontrados em pessoas com sensibilidade ao glúten não celíaca.

São diversos sintomas e doenças que podem não serem atribuídos ao glúten

  1. Erupções cutâneas na forma de eczema, herpes labial ou acne;
  2. Fadiga crônica;
  3. Dor articular inexplicável crônica (ou artrite reumatoide, outra doença autoimune);
  4. Indigestão, inchaço, gases, azia ou outros sintomas gastrointestinais;
  5. Constipação;
  6. Diarreia;
  7. Congestão durante ou depois de comer;
  8. Mau-humor ou irritabilidade;
  9. Dores de cabeça crônicas ou enxaquecas;
  10. Confusão mental;
  11. Fibromialgia;
  12. Depressão;
  13. Ansiedade.

Glúten e tireoide – As doenças autoimunes não aparecem do nada

Eles tendem a ocorrer ao longo do tempo começando com poucos sintomas e progredindo até que estejam bastante avançadas e diagnosticáveis.

A maioria dos casos de hipotireoidismo está relacionado a autoimunidade (doença de Hashimoto).

E isso pode ser provocado, entre outros, pelo glúten.  

Por que o glúten é o vilão?

Por que o glúten é o vilão?

Quando o sistema imunológico ataca por engano a glândula da tireoide, o glúten é um dos principais culpados.

O glúten é a proteína encontrada no trigo e em alguns outros grãos e, quando passa pelo revestimento intestinal (barreira intestinal) e entra na corrente sanguínea, o sistema imunológico identifica o “invasor “(glúten) com anticorpos para a sua destruição.

Mas os tecidos da tireoide são confundidos com glúten devido a uma semelhança na aparência das moléculas.

Temos dois pontos aqui de como o glúten pode sim ser um perigoso vilão para quem tem doença na tireoide:

  1. Além dele ser confundido com o tecido da tireoide e ser também atacado pelo sistema imunológico, ainda, o glúten antes disso;
  2. Abre a barreira intestinal causando hiper permeabilidade intestinal.

Baixe gratuitamente meu e-book sobre saúde intestinal

Relação entre o glúten e hiper permeabilidade intestinal

Foi demonstrado em estudos que o glúten aumenta os níveis da proteína zonulina no intestino, o que leva à hiper permeabilidade intestinal devido aos seus efeitos nas junções estreitas do revestimento intestinal.

Essa hiper permeabilidade intestinal permite que proteínas alimentares não digeridas (incluindo o próprio glúten) e endotoxinas bacterianas passem para a corrente sanguínea, ativando uma resposta imune inflamatória no organismo.

Conclusões da relação glúten e tireoide

Muito provável que pessoas com tireoidite de Hashimoto tenham sensibilidade ao glúten e uma boa parte delas, podem ter doença celíaca.

Inclusive no próprio protocolo do SUS está indicado que pessoas com Tireoidite de Hashimoto devem investigar Doença celíaca.

O ideal é que você faça exames completos para descartar a doença celíaca.

Já a sensibilidade ao glúten não celíaca é muito mais difícil de se confirmar, no exterior existem exames mais específicos, mas aqui ainda não temos.

Alguns testes podem ajudar, mas não conseguem dar o parecer final. 

Fontes:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4772047/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25701700/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11280546/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28381563/
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22238404/

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista. Além dos aspectos tradicionais de uma consulta médica, busco avaliar a sua vida como um todo, para entender onde seus hábitos de vida (sejam esses alimentares, de exercícios ou níveis de estresse) estão contribuindo para o seu atual estado de saúde.

Mais Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

Rins intoxicados – Quais seriam os sintomas?

Rins intoxicados - Quais seriam os sintomas? A principal função dos rins é filtrar as substâncias tóxicas que circulam pelo seu corpo e reabsorver tudo...

MTHFR e relação com Hashimoto

MTHFR e relação com Hashimoto Você já ouviu falar de uma mutação genética chamada MTHFR (Metilenotetrahidrofolato redutase)? Este gene codifica a enzima MTHFR que converte...

Usos do Açafrão – 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas!

Usos do Açafrão - 12 usos para saúde, pele e cabelo, guia com receitas Dicas de 12 usos do açafrão da terra para saúde, pele,...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect