Colchicina – Medicamento que pode ajudar no tratamento do COVID-19

Colchicina – Medicamento que pode ajudar no tratamento do COVID-19

Você vai conhecer o potencial papel do medicamento antigo conhecido como Colchicina, utilizado para gota e reumatismo, utilizado no tratamento do COVID-19.

Assista ao vídeo ou leia o artigo

Colchicina no tratamento do COVID-19

Eu vou comentar aqui a respeito de alguns estudos falando de um possível papel do medicamento colchicina no tratamento do COVID-19.

Essa droga seria adequada para pacientes moderados e graves nas fase 2 e 3 da doença.

O que é a Colchicina e para que serve?

O que é a Colchicina e para que serve?

A colchicina é uma droga anti-inflamatória muito usada para doenças reumáticas, gota e inflamação da camada externa do coração, a pericardite.

Uma das coisas que ela faz dentro do organismo, que é inclusive parecido com a hidroxicloroquina, é de aumentar o pH dentro da célula, deixar mais alcalino.

Esse aumento de pH é um dos mecanismos que impedem que o vírus se ligue ao receptor ACE que permite ele entrar dentro da célula.

Ou seja, pH mais alcalino dentro da célula protege contra o vírus. Outro efeito significativo da colchicina é de inibir o inflamasoma NRLP3 e combater assim a cascata inflamatória.

Porém o efeito da colchicina em aumentar o pH dentro da célula é limitado e temporário.

O efeito de redução da carga viral da colchicina pode ser bastante fraco, uma vez que a colchicina não pode aumentar fortemente o pH como acontece com a hidroxicloroquina.

Uso da colchicina no COVID-19

Recentemente, foi sugerido que a colchicina pode ser eficaz na infecção pelo coronavírus e reduzir a tempestade de citocinas observada durante na COVID-19.

Essa tempestade de citocinas é uma forma de inflamação acentuada e fora de controle, e que é na maioria das vezes é a causa de morte pelo vírus.

Essa tempestade ocorre frequentemente em pacientes com doenças crônicas associadas ao COVID-19, como idade avançada, hipertensão, diabetes, obesidade e tabagismo.

Estudos do que já foi observado na prática

Um estudo realizado na Lombardia e publicado em Maio na revista Clinical Immunology, faz o relato de 9 pacientes de COVID-19 tratados em casa com colchicina, e eles tinham em média 8 dias de evolução da doença com sintomas febris e respiratórios.

Nesse estudo a colchicina foi efetiva para pacientes na fase 2 da doença, e o efeito colateral observado foi somente diarreia leve e tolerável.

Um outro artigo italiano publicado no mês passado, na revista Dermatologic Therapy, fez um relato de caso de uma moça de 19 anos com COVID-19, vermelhão na pele e dor no peito por inflamação no pericárdio.

Os autores do estudo usaram colchicina e observaram uma regressão rápida das lesões de pele e da inflamação no coração.

Outro relato de caso de um homem de 36 anos com febre familiar do mediterrâneo, uma doença autoimune em tratamento com colchicina, acabou pegando COVID-19 no meio do tratamento e de forma interessante desenvolveu poucos sintomas do coronavírus.

Outro paciente de 42 anos, acompanhado no Irã, teve COVID-19 associado a crise de gota e melhorou muito rápido das duas doenças usando a colchicina.

A visão contrária de que a colchicina pode não ser uma boa

A visão de um artigo publicado no Clinical Rheumatology em Maio desse ano por autores turcos é de que não seria uma boa medicação.

Primeiro ponto contra

O primeiro ponto contra foi o que eu falei agora há pouco, o efeito de aumento de pH dentro da célula que tem efeito protetor contra o vírus, não é forte o suficiente no caso da colchicina.

Uma das causas mais comuns de morte no COVID-19 é a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA).

O problema é que doses tóxicas de colchicina afetam as células pulmonares, atrapalhando a função dos pulmões e causando a síndrome do desconforto respiratório.

Mesmo em doses terapêuticas habituais, a colchicina poderia atrapalhar o funcionamento dos pulmões.

É comum observar falha em múltiplos órgãos e coagulação intravascular disseminada durante formas de infecção grave por COVID-19.

Doses altas e tóxicas de colchicina também poderiam causar falha de múltiplos órgãos e essa coagulação exagerada.

O uso de colchicina em pacientes com COVID-19 poderia aumentar o risco de desconforto respiratório e coagulação disseminada.

Segundo ponto contra

A colchicina também interage com a azitromicina e alguns agentes antivirais usados para tratar COVID19 e poderia aumentar seus níveis no sangue, o que pode não ser bom, devido ao aumento de toxicidade das drogas.

Conclusão

A colchicina poderia não ser benéfica em pacientes com COVID-19, já que seus efeitos de aumentar o pH das células e prevenir as tempestades de citocinas seriam supostamente muito fracas.

A colchicina poderia teoricamente aumentar o desconforto respiratório e aumentar a chance de falhas de múltiplos órgãos.

Por isso é que alguns pesquisadores sugerem que a colchicina não seja usada no COVID-19.

OPINIÃO FINAL

Dentro do meu conhecimento quatro estudos randomizados e duplo cegos de alto nível científico estão em andamento, um em Montreal e outro na Argentina.

O resultado vai verificar quem está certo nessa questão e se a colchicina de fato será uma boa droga ou não no armamentário contra o COVID-19.

Por enquanto eu não recomendo que ninguém compre e use colchicina para o COVID-19, até que mais dados estejam disponíveis, apesar de vários relatos de casos dizerem que essa droga é útil na doença.

Eu vou deixar os links dos estudos abaixo, caso tenham interesse.

Live com Dr. Sandro Augusto

Fontes de estudos:

https://ard.bmj.com/content/annrheumdis/early/2020/06/05/annrheumdis-2020-217882.full.pdf
https://accp1.onlinelibrary.wiley.com/doi/pdfdirect/10.1002/jcph.1645
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7261351/pdf/main.pdf
https://onlinelibrary.wiley.com/doi/pdf/10.1111/dth.13891
https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/s10067-020-05144-x.pdf
https://academic.oup.com/ehjcvp/advance-article-pdf/doi/10.1093/ehjcvp/pvaa033/33130736/pvaa033.pdf
https://www.tandfonline.com/doi/pdf/10.1080/08820139.2020.1789655?needAccess=true&

36ba000bbef6eff0bba1f0259a77102f?s=96&r=g
Dr. Alain Dutrahttps://artigos.alainuro.com
Dr. Alain Dutra é médico urologista e aplica a Medicina Funcional, Integrativa e de Estilo de vida e princípios ortomoleculares.

More from author

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Últimos artigos

O que é Alergia e Rinite Alérgica?

O que é Alergia e Rinite Alérgica? A principal função do nosso sistema imunológico é nos proteger de antígenos (substâncias estranhas ao organismo que desencadeiam...

Incontinência urinária – 6 tipos mais comuns e tratamentos

Incontinência urinária - 6 tipos mais comuns e tratamentos A incontinência urinária afeta 23-31% da população idosa e estima-se que afete 50-65% de ambos os...

Hormônios e ligação com Artrite

Hormônios e ligação com Artrite As doenças autoimunes são mais comuns em mulheres do que em homens e as condições inflamatórias autoimunes artríticas têm tendência...

Assine nosso newsletter e receba as últimas notícias direto em seu e-mail

spinner
loading...
error icon
redirect